Flamenco

Flamenco é uma expressão artística associada ao estilo de vida de povos ciganos da índia que migraram para a Espanha. Refere-se à dança flamenca, bem como à música e à guitarra.

O Flamenco é uma importante manifestação corporal e social, expressando a história e cultura de povos ciganos e também processos de transformação artística a eles relacionados. Assim como as danças folclóricas, o Flamenco é um produto histórico-cultural conversa diretamente com a linguagem da população cigana indiana ao emigrar para Espanha.

História

Embora se refira amplamente a uma dança típica da Espanha, o Flamenco também consiste em uma forma de canto e música. Essa dança, mundialmente conhecida, sobretudo, por sua presença em filmes de romance, possui influência de diferentes civilizações, como árabe, judaica, cigana e hindu-paquistã. Além disso, possui fortes vínculos com regiões da Espanha como o município de Múrcia e as comunidades autônomas Andaluzia e Estremadura.

Acredita-se que essa manifestação cultural tenha se originado em bairros pobres de ciganos (gitaneiros, em catalão) da índia, os quais migraram para a Espanha entre os séculos IX e XIV. Entretanto, sua origem é frequentemente associada, na literatura, ao contexto da inquisição espanhola. Nesse período de perseguições violentas, as danças e músicas performadas pelos ciganos eram representadas com emoção, orgulho e arrebatamento, expressando emoções decorrentes desse momento vivido.

A “Era Dourada” (Gilded Age) vivida entre os séculos XVI e XVII (não há consenso quanto às datas) configurou um importante cenário para o Flamenco, devido a shows realizados nos “Cafés Cantantes”. Com isso, essa expressão artística ganhou espaço e prestígio social e, com o tempo, foi se aprimorando e incorporando outros elementos (palmas, instrumentos, sapateado), incluindo outros estilos musicais, como jazz, blues e ritmos latino-americano, árabes e africanos.

A incorporação desses diferentes estilo e também de instrumentos como piano, sax, flauta e baixo fez com que essa expressão ganhasse diferentes formatos. Assim, o destaque e a importância dessa expressão artística fez com que, em 2010, fosse eleito um Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Classificações do Flamenco

Diferentes ritmos compõem o Flamenco, atualmente, sendo eles agrupados em famílias (ou classificações). Esse agrupamento se dá conforme a estrutura, a melodia e a temática do Flamenco. Desse modo, são três as suas principais classificações: jondo (ou cante jondo), chico e intermédio. Veja brevemente o que caracteriza essas famílias.

  • Flamenco Jondo: essa forma é a mais tradicional, tendo significado e caráter profundo, denso. Isso tem relação com os primeiros cantes e com o contexto de lutas e resistências dos quais emergem, como indicado acima. Além disso, vale pontuar que muios cantes das origens do Flamenco perduram e são reproduzidos até hoje.
  • Flamenco Chico: geralmente descrito como um estilo mais moderno, o Flamenco chico é menos denso e complexo do que o jondo e envolve palos alegres, como bulerias, rumbas e tangos. Portanto, caracteriza o “espírito festeiro” do flamenco.
  • Flamenco Intermédio: essa família refere-se às formas de Flamenco que não se classifiquem pelas anteriores, encontrando-se entre elas.

Além dessas três classificações, o Flamenco também pode ser distinguido por subdivisões feitas a partir de suas estruturas musicais, chamadas de palos. Assim, temos como palos do Flamenco: soleá, malagueña, bulerias, rumbas, sevillanas, jaberas, tientos e tarantas, entre outros.

Vestimenta

As vestimentas inicialmente usadas nessa manifestação eram simples, como as roupas de camponeses. As mulheres também usavam flores nos cabelos e bijuterias, incluindo brincos e colares. Com o tempo, o figurino passou a incluir cores alegres e vibrantes, principalmente o vermelho. Além disso, os vestidos possuem diversos babados na barra e nas mangas, em alguns casos. Também passaram a ser usados leques, lenços, xales e acessórios de cabelo específicos.

Já a roupa utilizada pelos homens na dança geralmente consiste em peças sociais básicas. Assim, faz-se uso de calças e camisas, podendo ser ambas estampadas ou apenas as camisas, que também podem incluir elementos como babados ou outros complementos. Além disso, também podem ser utilizados lenços de pescoço, de cintura ou colares.

O Flamenco no Brasil

O Flamenco começa a ser praticado no Brasil por volta de 1950, por imigrantes espanhóis que chegavam ao país. Atualmente, apresenta mais de quatro gerações de artistas Flamencos originalmente brasileiros. Assim, apesar da falta de incentivo e das dificuldades de artistas brasileiros, essa manifestação cultural vem crescendo e se consolidando no país, sobretudo, pela riqueza de ritmos e da harmonia da música brasileira.

Saiba mais sobre o Flamenco

Veja a seguir alguns vídeos complementares ao conteúdo apresentado na matéria. Os vídeos tratam de técnicas relacionadas à dança e contém apresentações para exemplificá-la e auxiliar na distinção de seus estilos e de suas características. Assista para compreender melhor essa manifestação artística e cultural, e complementar seus estudos sobre ela.

Técnica de dança

Veja nesse vídeo da professora Izabel Moratti algumas explicações a respeito da dança flamenca. No vídeo, Izabel comenta a respeito do sapato da dana, assim como da postura e da técnica básica do Flamenco, chamado golpe (pisada com o pé inteiro no chão). Assista e confira!

Performances

Nesse vídeo da Cia de Dança Alegria Cigana você confere duas apresentações de dança flamenca. Essas apresentações exemplificam o Flamenco jondo (primeira performance) e o Flamenco chico (segunda performance), conforme apresentados acima. Assista para conferir e entender melhor essa expressão artística.

Adagio Flamenco

Confira nesse vídeo da Escuela de Danza Noemí Alcázar uma apresentação de adágio Flamenco. O adágio refere-se a um conjunto de passos de dança preparados com finalidade demonstrativa, priorizando a graciosidade, a beleza estética e a harmonia dos movimentos. Assim, é uma boa indicação para analisar as gestualidades da dança flamenca. Não deixe de conferir!

A dança flamenca é uma manifestação artística e cultura rica em simbologias e composições. Nesta matéria, foram apresentadas algumas características relacionadas, envolvendo, precisamente, sua história e categorias. Continue estudando sobre o universo das danças conferindo a matéria sobre dança do ventre.

Referências

A dança flamenca: uma experiência de ensino-aprendizagem (2008) – Erika Leticia Hernández Barberena.

O corpo na dança flamenca (2014) – Maria Isabel Saczuk Camargo.

Raies – Escola de Dança Flamenca (On-line) – Disponível em: http://raies.com.br/. Acesso em: 17 de jul. de 2021.

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Professor mestrando em Educação Física formado pela Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Temáticas estudadas envolvem corpo, subjetividade, discurso, cultura e saúde.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Flamenco. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/flamenco. Acesso em: 21 de September de 2021.

Exercícios resolvidos

1.

A respeito do Flamenco, analise as alternativas a seguir:

a) Trata-se de uma forma de manifestar a dança de povos da Espanha. Portanto, o termo Flamenco refere-se exclusivamente a um estilo de dança.

b) Na dança flamenca, cores fortes na composição do figurino, como roxo e vermelho, e estruturas musicais vigorosas podem ser citados como traços característicos.

c) No Flamenco dançam homens e mulheres. Geralmente os homens enfatizam movimentos realizados com os pés, como sapateados e passadas, enquanto gestos mais expressivos com as mãos, braços e troncos são tipicamente realizados pelas mulheres.

d) É uma dança de estilo tipicamente espanhol, embora apresente traços de diferentes ritmos em sua composição, como o samba de gafieira e o balé.

Estão corretas as seguintes alternativas:
I) A e B
II) C e D
III) B e C
IV) B e D

A resposta correta é III) B e C. A alternativa A está incorreta, pois se trata de uma manifestação cultural e artística expressa na forma de dança, mas também de cantos e instrumentos. Já a alternativa D é incorreta, pois o Flamenco apresenta, sim, influência de diferentes ritmos em sua composição. Contudo, samba de gafieira e balé não são estilos que o influenciam. Nesse sentido, podem ser citados como aluns estilos as rumbas (estilo de dança popular afro-cubana) e os tangos (tipicamente argentinos).

2.

A respeito das classificações do Flamenco, é incorreto o que se afirma em

a) Apresenta três grandes categorias, que se referem a estilos mais tradicionais, com profundidade e densidade nas letras e melodias, a estilos mais alegres e festivos, e a estilos intermediários de Flamenco.

b) Apresentam diferentes subdivisões, chamadas de jondos. Os jondos definem a estrutura do Flamenco.

c) Podem ser divididas conforme a estrutura, melodia ou a temática do Flamenco.

d) Podem ser subdivididas a partir das composições de sua estrutura, as quais envolvem diferentes ritmos que influenciam na composição do Flamenco.

É incorreto o que se afirma em b, pois o jondo é uma das classificações do Flamenco. As estruturas às quais a alternativa se refere são chamadas de palos. Os palos podem se referir tanto a subdivisões do Flamenco quanto a elementos que as constituem, como os ritmos (compasso, escala, acordes, temas).

Compartilhe

TOPO