Radiação eletromagnética

Radiação eletromagnética é aquela que está relacionada à oscilação perpendicular de campos elétricos e magnéticos. Além disso, ela pode ser classificada de várias formas.

Radiação eletromagnética é um tipo de onda a qual é gerada a partir da oscilação de uma carga elétrica. Além disso, esse tipo de oscilação pode interagir com a matéria de diversas maneiras. Dessa maneira, veja o que são, os tipos e videoaulas sobre esse assunto.

Índice do conteúdo:

O que é radiação eletromagnética

Radiação eletromagnética, na teoria atualmente aceita, é gerada a partir da oscilação de campos elétricos e magnéticos. Essas oscilações são perpendiculares entre si e podem ser classificadas como ondas transversais. Ou seja, essas ondas possuem uma direção de propagação perpendicular à direção de oscilação. Além disso, diferentemente de ondas mecânicas, essas ondas podem se propagar no vácuo.

A radiação eletromagnética possui diversas funções. Isso acontece porque a classificação dessas ondas é muito grande. Isto é, essas oscilações são classificadas por meio de um espectro eletromagnético. Por exemplo, elas podem ser usadas para a transmissão de sinais de rádio ou, até mesmo, para a visualização de ossos sob a pele. Dessa maneira, cada uso desse tipo de onda eletromagnética será definido a partir da quantidade de energia e a frequência que cada uma carrega.

Tipos de radiação eletromagnética

Essa radiação pode ser classificada de acordo com a frequência da onda. Geralmente, classifica-se em ordem crescente de frequência. Isto é, da menor frequência para a maior frequência. Além disso, quanto maior a frequência, menor será o comprimento de onda e maior será a energia.

  • Ondas de rádio: possuem a menor energia e o maior comprimento de onda;
  • Microondas: seu comprimento de onda é menor que das ondas de rádio, porém, menor que o infravermelho;
  • Radiação infravermelha: esse tipo de radiação está relacionada à temperatura dos corpos. Além disso, está próxima à luz visível;
  • Luz visível: é capaz de sensibilizar o olho humano. Assim, é a única radiação visível para nós;
  • Ultravioleta: possui mais energia que a luz visível e, em alguns casos, pode alterar a matéria;
  • Raios X: essa radiação possui a energia elevada. Dessa forma, é ionizante de maneira indireta;
  • Raios Gama: é uma radiação altamente ionizante. Ou seja, pode alterar a estrutura da matéria. Isso acontece porque sua energia é alta.

As radiações que são nocivas ao ser humano são apenas aquelas que possuem a capacidade de alterar a estrutura da matéria. Ou seja, as radiações ionizantes. Por exemplo, os raios X e a radiação gama.

Vídeos sobre Radiação Eletromagnética.

Entender os conceitos relacionados às ondas eletromagnéticas pode ser complicado. Por isso, veja três vídeos sobre esse assunto. Assim, você brilhará em seus estudos, sem alterar a estrutura da matéria. Além disso, confira os vídeos selecionados:

O que é luz negra

O professor Marcelo Boaro explica como funciona a luz negra. Além disso, ele explica como esse tipo de luz se relaciona com as radiações e o espectro eletromagnético. Dessa maneira, ao fim da videoaula, Boaro resolve um exercício de aplicação sobre esse tema.

Como a radiação mata

Atualmente é comum usar protetor solar. Contudo, você já se perguntou os motivos pelos quais nos preocupamos com a radiação solar? Para responder a essa e outras perguntas, Pedro Loos, do canal Ciência Todo Dia, explica como a radiação pode matar.

Polarização da luz

A luz é um tipo de radiação. Além disso, sua propagação é transversal. Ou seja, o sentido de oscilação é perpendicular ao sentido de propagação. Dessa forma, é possível polarizar esse tipo de onda. Para demonstrar esse fenômeno, os professores Gil Marques e Claudio Furukawa realizam um experimento no qual usam filtros polarizadores.

A radiação e, também, as ondas eletromagnéticas podem ser relacionadas entre si em um espectro que depende de vários fatores. Esse conceito é o espectro eletromagnético.

Referências

YOUNG, H. D. et al. Física III: Eletricidade e magnetismo. São Paulo: Addison &; esley. 2016
HALLIDAY, D. et al. Física: Volume 3. Rio de Janeiro: Pearson. 2008
NUSSENZVEIG, H. D. Curso de Física Básica: Volume 3. Rio de Janeiro: Blucher. 2014

Hugo Shigueo Tanaka
Por Hugo Shigueo Tanaka

Divulgador Científico e co-fundador do canal do YouTube Ciência em Si. Historiador da Ciência. Professor de Física e Matemática. Licenciado em Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM). Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM).

Como referenciar este conteúdo

Tanaka, Hugo Shigueo. Radiação eletromagnética. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/fisica/radiacao-eletromagnetica. Acesso em: 20 de September de 2021.

Exercícios resolvidos

1.

O que é radiação ionizante?

a) aquela que possui a capacidade de alterar a estrutura da matéria.
b) aquela que não é capaz de alterar a matéria.
c) a radiação presente nos íons.
d) a radiação presente nos cátions.

Alternativa correta: A

A radiação ionizante é aquela que possui energia suficiente para tirar elétrons dos átomos. Ou seja, é capaz de ionizar átomos e, então, alterara estrutura da matéria.

2. [PUC]

Em 1895, o físico alemão Wilheim Conrad Roentgen descobriu os raios X, que são usados principalmente na área médica e industrial. Esses raios são:

a) Radiações formadas por partículas alfa com grande poder de penetração.

b) Radiações formadas por elétrons dotados de grandes velocidades.

c) Ondas eletromagnéticas de frequências maiores que as das ondas ultravioletas.

d) Ondas eletromagnéticas de frequências menores do que as das ondas luminosas.

e) Ondas eletromagnéticas de frequências iguais as das ondas infravermelhas.

Alternativa correta: C

Os raios X possuem frequência maior que os raios ultravioleta. Além disso, eles são um tipo de radiação eletromagnética.

Compartilhe

TOPO