Jiu-jitsu

O jiu-jitsu é uma modalidade esportiva de combate disputada em tatame entre dois lutadores.

Nesta matéria, serão apresentadas as regras e os golpes do jiu-jitsu, além de características históricas e das faixas desse esporte. Acompanhe e conheça essa modalidade de combate!

Índice do conteúdo:

História do jiu-jitsu

O jiu-jitsu, cuja tradução literal significa “arte suave”, é um esporte de combate de origem japonesa desenvolvido a partir da segunda metade do século XIX. Os golpes são caracterizados por torções, pressões e alavancas. O objetivo, portanto, é que o praticante derrube e domine o oponente, utilizando-se de tais golpes para isso.

Afirma-se que essa arte marcial tenha se desdobrado de técnicas de combate desarmado (ju jitsu) desenvolvidas por samurais japoneses após o fim do sistema feudal, em 1868. Nessa narrativa, a figura do professor Jigoro Kano é bastante emblemática, pois Kano estudou diversas formas de artes marciais de antigos samurais e, a partir delas, desenvolveu técnicas próprias. Dessas técnicas, nasceu o Kodokan Judô, em 1882.

Jiu-jitsu no Brasil

A configuração atual do jiu-jitsu no Brasil decorre de desdobramentos da prática do judô no país, introduzida por Sada Miyako em 1908, bem como por Mitsuyo Maeda, a partir de 1913. Desse modo, por intermédio desses dois judocas, o jiu-jitsu passou a ser ensinado em universidades e centros militares nacionais, expandindo-se pelo Brasil.

Atualmente, a entidade responsável pela regulação do esporte é a International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF).

Objetivo e regras do esporte

Como mencionado, o objetivo dos lutadores de jiu-jitsu (também chamados de jiujitsuoka, de modo mais formal, e jiujiteiro, de maneira mais coloquial) é derrubar e dominar o oponente através de golpes caracterizados por torções, pressões e alavancas. Assim, para preservar o caráter esportivo da prática, algumas regras são fundamentais. Veja-as a seguir!

Regras

A seguir, são apresentadas as regras fundamentais do jiu-jitsu. Confira:

  • As lutas de jiu-jitsu possuem duração de três minutos para os alunos (kyu) e de cinco minutos para os mestres (dan).
  • Todas as lutas devem obrigatoriamente ser realizados no tatame e na presença do árbitro.
  • Os golpes aplicados só são considerados válidos se o lutador que o aplicar estiver com, pelo menos, um dos pés dentro da área de combate.
  • São consideradas posições de pontuação e seus respectivos pontos: queda (2 pontos); joelho na barriga (2 pontos); raspagem (2 pontos); passagem de guarda (3 pontos); montada e montada pelas costas (4 pontos); pegada pelas costas (4 pontos).
  • As punições aplicadas aos lutadores podem gerar perdas de 1 a 4 pontos, variando conforme a gravidade da falta cometida.
  • A luta pode ser finalizada por desistência, desclassificação, interrupção, perda dos sentidos, placar de pontos, sorteio ou decisão do árbitro.

Agora que você já conhece algumas das regras básicas do jiu-jitsu, confira seus principais golpes na sequência.

Golpes

O jiu-jitsu apresenta grande variedade de golpes e aplicações técnicas. No entanto, nessa gama de movimentações, alguns golpes se destacam. Acompanhe:

  • Queda: movimento em que um dos lutadores projeta o oponente ao chão.
  • Montada: golpe em que, ao projetar o oponente ao chão, o lutador fica em cima dele, com joelhos e pés apoiados no solo.
  • Mata-leão: golpe de estrangulamento aplicado pelas costas do oponente. Esse golpe é aplicado com o bíceps do lutador pressionando o pescoço do oponente em uma alavanca.
  • Chave de braço: também chamado de arm lock, nesse golpe, o lutador posiciona o braço do oponente entre suas pernas, imobilizando seus punhos com as mãos e aplicando uma chave com o quadril para finalizar o oponente.
  • Joelho na barriga: nesse golpe, o atleta que está por cima mantém uma pegada no braço, na gola ou na faixa do oponente, assim como uma perna e um pé apoiados no solo. Com outra perna, então, ele aplica uma técnica de pressão contra a barriga do oponente.

Esses são os principais golpes realizados no jiu-jitsu. Entretanto, há diversas outras movimentações possíveis e técnicas próprias dessa modalidade. Você pode conferir a aplicação desses e de outros golpes no vídeo disponibilizado ao final da matéria.

Faixas

Conforme a Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), as graduações que sinalizam o aprendizado na modalidade seguem a seguinte progressão:

  • Branca ponta preta: para iniciantes, a partir de 4 anos de idade.
  • Branca ponta cinza: para iniciantes de 4 a 15 anos de idade.
  • Cinza ponta preta: para praticantes de 5 a 15 anos de idade.
  • Cinza ponta amarela: para praticantes de 5 a 15 anos de idade.
  • Amarela ponta preta: para praticantes de 6 a 15 anos de idade.
  • Amarela ponta laranja: para praticantes de 8 a 15 anos de idade.
  • Laranja ponta preta: para praticantes de 9 a 15 anos de idade.
  • Laranja ponta verde: para praticantes de 10 a 15 anos de idade.
  • Verde ponta preta: para praticantes de 10 a 15 anos de idade.
  • Verde ponta azul: para praticantes de 11 a 15 anos de idade.
  • Azul: para praticantes a partir dos 16 anos de idade.
  • Roxa: para praticantes a partir dos 18 anos de idade.
  • Marrom: para praticantes a partir dos 19 anos de idade.
  • Preta ponta branca: para praticantes a partir dos 20 anos de idade.
  • Preta ponta vermelha (Professor): somente para praticantes a partir de 21 anos de idade.
  • Coral – vermelha e preta (Mestre): por mérito de tempo e habilidade na modalidade. Corresponde ao VII grau.
  • Coral – vermelha e branca (Mestre): por mérito de tempo e habilidade na modalidade. Corresponde ao VIII grau.
  • Vermelha (Grão-Mestre): por mérito de competência e tempo na modalidade. Corresponde ao IX grau.
  • Vermelha ponta dourada (Grão-Mestre): por mérito de competência e tempo na modalidade. Corresponde ao IX grau.

Assim se configura o sistema formal de progressão de faixas no jiu-jitsu, conforme estabelecido pela CBJJE. Para saber mais sobre as progressões de faixas nesse esporte, veja o vídeo a seguir acerca do assunto.

Saiba mais sobre o jiu-jitsu

Confira, agora, alguns vídeos complementares ao conteúdo apresentado nesta matéria e saiba mais sobre o esporte:

História do jiu-jitsu

Esse vídeo comenta brevemente sobre a história do jiu-jitsu, abordando alguns aspectos de sua origem, assim como de sua trajetória no Brasil. Confira e entenda o panorama de constituição desse esporte.

Graduação no jiu-jitsu

Esse vídeo explica em detalhes como funcionam os exames e o processo de graduação e progressão de faixas na modalidade esportiva. Confira para saber mais!

Golpes de jiu-jitsu

Nesse vídeo, você confere os golpes apresentados na matéria, além de outras possibilidades de movimentações e técnicas do jiu-jitsu. Confira para entender como funciona a dinâmica de aplicação de golpes nesse esporte!

Esta matéria apresentou aspectos históricos e técnicos do jiu-jitsu, comentando também sobre suas regras, seus golpes e suas faixas. Continue estudando sobre os esportes de combate conferindo tudo sobre o boxe!

Referências

A biografia escrita por Reila Gracie e as fontes jornalísticas: revisando a história hegemônica (2017) – Riqueldi Straub Lise, Natasha Santos, Fernando Renato Cavichiolli e André Mendes Capraro

Primórdios do jiu‐jitsu e dos confrontos intermodalidades no Brasil: contestando uma memória consolidada (2018) – Riqueldi Straub Lise e André Mendes Capraro

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Professor mestrando em Educação Física formado pela Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Temáticas estudadas envolvem corpo, subjetividade, discurso, cultura e saúde.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Jiu-jitsu. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/jiu-jitsu. Acesso em: 17 de September de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [FCJ-2015]

Nos países ocidentais, o nome “Jiu-Jítsu” pode ser traduzido como:

a) Arte suave
b) Arte de ataque
c) Arte agressiva
d) Arte de combate

A resposta correta é a alternativa a) Arte suave.

Jiu significa flexibilidade, suavidade ou brandura, e jitsu signfica arte ou técnica. Desse modo, a tradução literal de jiu-jitsu é “arte suave”.

2. [FCJ-2015]

A família Gracie foi à responsável por perpetuar o Jiu-Jítsu no Brasil. A tradição da família iniciou-se no ano de 1914, com o primeiro membro da família a começar praticar a arte. O primeiro Gracie a praticar o Jiu-Jítsu foi:

a) Felipe Gracie
b) Bruno Gracie
c) Carlos Gracie
d) Bernardo Gracie

A resposta correta é a alternativa c) Carlos Gracie.

Carlos foi o primeiro membro da família Gracie a praticar o esporte (Jiu-Jitsu Japoês – Judô) no país, aprendendo-o diretamente com o Mestre Esai Maeda.

Compartilhe

TOPO