Futebol americano

Futebol americano é um esporte coletivo de contato disputado entre duas equipes de 11 jogadores em campo gramado medido em jardas.

O futebol americano é um esporte coletivo de contato de grande prestígio, nacional e internacionalmente. Conheça os aspectos históricos dessa modalidade, assim como suas regras fundamentais, a distinção entre esse esporte e o rugby e outras curiosidades. Acompanhe:

Origens

O futebol americano é uma modalidade coletiva de contato que começou a se desenvolver em meados do século XIX, nos Estados Unidos, adequando-se com o passar dos anos até adquirir uma estrutura mais elaborada. De acordo com a narrativa histórica mais aceita a respeito de suas origens, a organização esportiva dessa modalidade teve início com uma partida disputada entre as universidades de Harvard e Yale.

Nesse jogo, os times encontraram conflitos em relação às regras utilizadas, visto que um se baseava nas regras do rugby enquanto outro se fundamentava no soccer (futebol europeu). Desse modo, as equipes buscaram integrar suas regras, sobretudo em relação à corrida com a bola e à atribuição de pontos, para realizar o jogo.

Posteriormente os representantes dessas equipes, juntamente com times das universidades de Columbia e Princeton, se uniram e fundaram a Intercollegiate Football Association, primeira organização voltada à regulamentação do esporte. Desse modo, as regras do rugby foram inicialmente usadas para a formulação de regras próprias do que nós brasileiros conhecemos como o futebol americano (para eles, apenas football).

Com isso, entre os anos finais do século XIX e os iniciais do século XX, a modalidade recebeu um conjunto de novas regras, entre elas, a que mais se destaca: o passe para a frente. Isso porque, por se inspirar nas regras do rugby, os passes eram realizados até então para trás, tal como nessa modalidade.

Desdobramentos

Por ser uma modalidade de esporte universitário, o futebol americano se popularizou rapidamente nas universidades dos Estados Unidos, embora quase tenha sido extinto na década de 1960, devido aos crescentes casos de violência e morte causados pela prática. Apesar disso, essa modalidade era tratada de forma séria, o que potencializou seu processo de esportivização e profissionalização.

Desse modo, foi fundada em 1920 a primeira confederação dessa modalidade, denominada American Professional Football Association. Posteriormente, em 1922, foi criado o National Football League (NFL), campeonato nacional da modalidade que veio a enfrentar rivalidade com a American Football League (AFL), criada em 1960. Contudo, a fusão dessas duas competições deu origem ao Superbowl, evento em que competem os finalistas das conferências de cada uma dessas duas competições.

Futebol americano no Brasil

No Brasil o esporte é regido pela Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), fundada em 2013 para substituir a Associação Brasileira de Futebol Americano, que regulamentava a modalidade no país desde 2000. Contudo, ele é conhecido nacionalmente desde a primeira transmissão da NFL, televisionada pela TV Tupi em 1969. Após essa transmissão a modalidade só voltou a ser televisionado na década de 1980, pela Rede Bandeirantes.

Essas transmissões foram fundamentais para a constituição de equipes e ligas do esporte no país, pois tornou a modalidade aceita e conglomerou interessados em diversas regiões. Desse modo, disputas de ligas começaram a ser organizadas, a exemplo da Carioca Bowl, realizada no Rio de Janeiro a partir de 2000.

O jogo mais marcante na história da modalidade no país, no entanto, ocorreu em 2008, quando as equipes Barigui Crocodiles e Brown Spiders realizaram o primeiro jogo utilizando equipamentos completos. Apesar da vitória do Brown Spiders (33 x 10), o maior ganho dessa disputa foi o incentivo à prática da modalidade nacionalmente. No ano seguinte seleções de diferentes estados foram até a cidade de Sorocaba (SP) disputar o Torneio Touchdown.

Com isso, essas mesmas equipes se reuniram em 2010 e fundaram a Liga Brasileira de Futebol Americano (LBFA), da qual se originou a CBFA. Atualmente a modalidade apresenta diversas equipes no país, entre elas: Corinthians Steamrollers (SP), Palmeiras Locomotives (SP), Vasco da Gama Patriotas (RJ), Recife Pirates (PE), Flamengo F. A. (RJ), Cuiabá Arsenal (MT), Coritiba Crocodilles (PR) e Galo F.A. (MG).

Como se joga?

O futebol americano é um jogo de disputa por território, ou seja, o intuito das equipes é avançar no campo de jogo e chegar à zona defendida pela equipe adversária, chamada end zone. Portanto, o objetivo desse esporte consiste em chegar o maior número de vezes possível na end zone adversária para somar pontos.

Cada partida possui, então, 4 quartos de 15 minutos cada, com intervalo de 12 minutos entre o segundo e o terceiro tempo. Desse modo, as rodadas da partida são constituídas por ataques e defesas alternadas, ou seja, enquanto um time ataca o outro apenas defende. Dito isso, veja a seguir as regras fundamentais desse esporte.

Iinício de jogo

  • Cada equipe/time de futebol americano possui onze jogadores, os quais se dividem em três grupos: atacantes, defensores e times especiais (responsáveis por jogadas de bola parada).
  • O jogo começa com um sorteio de moeda para definir quem fica com a posse de bola. Assim, após a definição é realizado o chute oficial (kickoff) que dá início ao jogo.
  • O kickoff é realizado pelo kicker (chutador) da equipe sem a posse de bola, na linha de 35 jardas, em direção à end zone adversária.
  • Assim, um jogador da equipe com a posse de bola (o retornador) se posiciona na end zone de sua equipe para recepcionar a bola chutada pelo kicker.
  • Ao receber a bola, o retornador pode tentar fazer um retorno e avançar pelo campo de jogo, buscando uma boa posição inicial, ou se ajoelhar na end zone com a posse de bola. Neste caso sua equipe inicia o jogo na linha de 25 jardas do campo defensivo.

Progressão pelo campo

  • O time atacante deve transportar a bola pelo campo de jogo até o limite do território do time adversário, na região chamada de end zone.
  • As medidas atuais oficiais do campo de futebol americano são de 91,5 metros de comprimento por 48,8 metros de largura, correspondendo à marcação de 100 jardas.
  • Assim, para chegar à end zone adversária as equipes devem atravessar as 100 jardas do campo. Contudo, há formas variadas para que o deslocamento aconteça.
  • De modo geral, há duas maneiras para que a equipe de ataque avance com a bola pelas jardas do campo: correndo com ela ou a lançando para outro jogador.
  • Em cada rodada do jogo o time atacante possui quatro chances para avançar 10 jardas com a bola, sendo cada chance dessa chamada de descida.
  • Durante o jogo é permitido apenas 1 passe de bola para a frente por descida, ou seja, a equipe pode realizar apenas 4 passes por rodada.
  • Desse modo, a cada 10 jardas avançadas a equipe recebe 4 descidas para tentar avançar mais 10 jardas, visando atravessar o campo e marcar o touchdown.
  • Sempre que um time chega à end zone ele realiza um touchdown (aterragem), cujo valor é de 6 pontos.

Jogadas na quarta descida

  • Caso uma equipe chegue à quarta descida sem ter avançado as 10 jardas correspondentes à rodada ela pode optar entre três opções: uma descida, um punch ou um field goal.
  • A primeira opção, portanto, é fazer a última tentativa. Assim, caso a equipe não ultrapasse a linha das 10 jardas para renovar suas descidas, deve devolver a bola para a equipe de defesa, para que ela passe então para o ataque e inicie suas descidas a partir da jarda em que se encontram.
  • A segunda opção consiste na realização do punch, ou seja, de um chute para longe das jardas avançadas pela equipe de ataque. Nesse caso, a equipe defensiva se desloca para recuperar a bola, adquirindo uma desvantagem em relação à distância da end zone adversária ao iniciar a sua rodada de ataque.
  • A terceira opção é tentar o field goal, que consiste em chutar a bola da jarda em que se encontra em direção às traves do “Y” gigante, disposto na end zone. Assim, a equipe conquista três pontos caso acerte o chute entre as traves. Do contrário, a equipe de defesa passa para o ataque a partir das jardas em que se encontram, sem acréscimo de pontos.

Pontuação bônus

  • Quando o time entra na end zone com a bola sob controle ele marca um touchdown, contabilizando 6 pontos. Nesse caso, o time ganha direito a uma tentativa de pontuação.
  • Os jogadores podem tentar a bonificação de duas formas: com o chute curto no “Y” (valendo 1 ponto) ou com o mini tuchdown (chance única de entrar na end zone a partir da linha de 2 jardas, valendo 3 pontos).

Pontuação da equipe defensiva

  • A equipe defensiva possui duas formas para pontuar: interceptando uma jogada de ataque ou derrubando o adversário na end zone.
  • Para pontuar interceptando uma jogada de ataque os jogadores da equipe podem agarrar um passe lançado pela equipe de ataque e correr até a end zone dessa equipe para fazer um touchdown.
  • Outra forma de interceptação é recuperando a bola de um jogador de ataque que esteja correndo com ela. Assim, o jogador defensor que recupera a bola pode correr até a end zone e realizar um touchdown.
  • Uma terceira forma que a equipe de defesa tem para pontuar é realizando um safety, ou seja, derrubando o jogador atacante dentro da end zone. Nesse caso, essa equipe (que derrubou o jogador) ganha dois pontos e também a posse de bola.

Equipamentos

Os principais equipamentos de proteção utilizados pelos jogadores de futebol americano são os capacetes e os protetores de ombros, peito, costelas, quadril, virilha, coxas e joelhos. Vale ressaltar que esses equipamentos, feitos para a absorção e distribuição de impacto durante a partida são produzidos sob medida para cada jogador, de modo a garantir sua segurança nas disputas.

Os capacetes são produzidos com almofadas infláveis em seu interior, para que, após ajustados na cabeça do jogador, as espumas possam ser estufadas, para fixar-se ainda mais. Além disso, é importante notar que esse equipamento é composto por outras peças, como as partes que protegem o crânio, a face (grade), o queixo e a boca.

Os protetores de ombros, peito e costelas são chamados de ombreira, de modo geral, e consiste em uma unidade de peças (tal como o capacete) utilizadas por baixo da camiseta do uniforme. Essas peças também são feitas de plástico e almofadadas para a absorção e distribuição de impacto, produzidas sob medida para cada jogador.

Os protetores de quadril, virilha, coxas e joelhos são organizados em uma peça de roupa inferior, utilizado por baixo do uniforme e em contato direto com o corpo do jogador. São peças feitas com tecidos especiais e almofadadas, também voltadas à absorção e distribuição de impactos, minimizando os efeitos no organismo do jogador.

Além desses equipamentos, os jogadores também devem utilizar protetor bucal, caneleiras, luvas, calça elástica, meias, chuteiras, calça e camiseta do uniforme. Ao final desta matéria você encontra um vídeo comentando de modo mais detalhado a respeito das características de cada equipamento, assim como quais jogadores o usam e como. Assista e entenda melhor sua função.

Essas são, em termos gerais, as regras fundamentais do futebol americano. Para saber mais sobre elas confira ilustrações no vídeo disponibilizado ao final da matéria a respeito do funcionamento da modalidade.

Futebol americano X rugby

Embora sejam esportes comumente confundidos, as diferenças entre o rugby e o futebol americano são inúmeras. Por exemplo, enquanto no futebol americano disputam duas equipes de 11 jogadores, no rugby existem duas categorias: rugby union (15 jogadores por equipe) e sevens (7 jogadores por equipe). Outra diferença é o tempo de duração do jogo, que é de dois tempos de 40 minutos no rugby.

Outra diferença a ser mencionada entre esses esportes é em relação à substituição dos jogadores. Ao todo, o time de futebol americano possui 53 jogadores (titulares e reservas), enquanto o rugby 15, por exemplo, permite apenas 7 suplentes. Além disso, as bolas utilizadas nas partidas também se distinguem, sendo a de rugby maior, mais pesada, mais arredondada e com costura diferenciada em relação à de futebol americano.

Times e jogadores

Todos os times e jogadores oficiais de futebol americano são filiados a uma liga esportiva. Nesse sentido, a National Football League (NFL) é a principal liga representante da modalidade, sendo a mais reconhecida e também a mais rica do setor. Desse modo, veja a seguir os principais times e atletas vinculados a essa liga.

Times

  • Dallas Cowboys
  • New England Patriots
  • New York Gigants
  • Los Angeles Rams
  • San Francisco 49ers

Jogadores

  • Tom Brady
  • Jerry Rice
  • Lawrence Taylor
  • Jim Brown
  • Joe Montana

Para saber mais sobre os melhores times e jogadores de futebol americano confira o top 100 melhores jogadores da NFL de todos os tempos.

Saiba mais sobre o futebol americano

Confira a seguir vídeos complementares a respeito do futebol americano para obter mais detalhes sobre a modalidade.

Futebol Americano no Brasil

Esse vídeo apresenta dados a respeito do envolvimento do Brasil com o futebol americano, comentando a respeito de competições, ligas, divisões e times no país. Confira para acompanhar a evolução do esporte em sua prática pelos brasileiros.

Como funciona o futebol americano

Esse vídeo apresenta de forma sintética e detalhada os aspectos que perpassam o jogo e as disputas de futebol americano. Assista para reforçar o conteúdo apresentado nesta matéria e complementá-los com outras informações a espeito do esporte, como as ligas e conferências.

Equipamentos do futebol americano

Esse vídeo comenta a respeito das características e das condições de uso dos equipamentos de proteção que compõem o uniforme de jogo do futebol americano. Portanto, assista para complementar as informações apresentadas nesta matéria.

Agora que você compreendeu as características e a história do futebol americano, continue aprendendo sobre as modalidades esportivas de contato conferindo a matéria sobre o Rugby. Aproveite para conhecer mais a respeito das distinções entre essas modalidades.

Referências

Confederação Brasileira de Futebol Americano [On-line] – Disponível em: https://cbfabrasil.com.br/. Acesso em: 21 jan. 2021.

National Football League [On-line] – Disponível em: https://www.nfl.com/. Acesso em: 21 jan. 2021.

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Professor de Educação Física graduado pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Pesquisas focalizando corpo, subjetividade, discurso e cultura física.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Futebol americano. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/futebol-americano. Acesso em: 04 de March de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [IAOCP-2019]

Assistindo pela primeira vez uma partida de futebol americano, Alice ouviu os narradores e comentaristas dizendo que o time precisa correr com a bola “10 jardas” para fazer um “touchdown”, isto é, marcar 6 pontos. Entretanto, ela nunca tinha ouvido falar dessa unidade de medida e resolveu fazer uma pesquisa. Descobriu, então, que uma jarda equivale a 0,9144 metros. Portanto as 10 jardas que o time precisava correr equivalem a:

A) 91,44 metros.
B) 0,09144 metros.
C) 9,144 metros.
D) 914,4 metros.

A resposta correta é a alternativa C.

10 X 0,9144 = 9,144.

2.

A respeito da prática do futebol americano analise as seguintes afirmações:

I) Possui regras iguais ao rugby, podendo ser comparado a ele.
II) É disputado por duas equipes de 11 jogadores em campo gramado medido em jardas.
III) Pode ser jogado com as mãos e com os pés e a bola pode ser passada para a frente e para trás.
IV) Possui um único campeonato da modalidade, denominado Superbowl.

É correto o que se afirma em:
A) Apenas em I.
B) Apenas em II.
C) Apenas em III.
D) Apenas em IV
E) Todas as alternativas estão incorretas.

A resposta correta é a alternativa B.

A alternativa A é incorreta, pois, rugby e futebol americano possuem regras e formas de jogar essencialmente distintas, embora sejam modalidades esteticamente parecidas.

A alternativa C é incorreta, pois, embora o futebol americano tenha momentos em que seja jogado com o pé (bola parada), permite que a bola seja passada ou lançada apenas para a frente, sentido a end zone adversária.

A alternativa D é incorreta, pois, o Superbowl é um evento de fase final de dois campeonatos americanos, o NFL e o AFL. Além disso, são realizados campeonatos fora do cenário americano, a exemplo dos promovidos no Brasil.

A alternativa E é incorreta, pois, a alternativa B está correta.

Compartilhe

TOPO