Osmose

Osmose é o movimento de água de um meio menos concentrado para o mais concentrado através de uma membrana semipermeável.

O movimento de moléculas de um meio menos concentrado para o mais concentrado através de uma membrana semipermeável é chamado de osmose. Esse é um importante processo que ocorre em diversas células do nosso organismo, mas também está muito presente no nosso dia a dia. Neste texto, vamos entender qual a sua importância e os efeitos causados na célula animal e vegetal.

Osmose: resumo

Osmose é o movimento de água (solvente) através de uma membrana semipermeável de um meio para outro. Esse movimento é ocasionado pela diferença de pressão osmótica entre os meios e não ocorre gastos de energia. Portanto é considerado um movimento passivo.

Todo Estudo

Esse processo acontece com a finalidade de igualar as concentrações de soluto dos meios. Assim, o movimento da água tende a mudar de acordo com a concentração de soluto de cada solução.

O que ocorre na osmose

Como dito anteriormente, na osmose o solvente (água) se movimenta para igualar a concentrações de soluto nas soluções (meios). Desta maneira, o solvente tende a se difundir através da membrana semipermeável, a favor do seu gradiente, ou seja, indo de uma solução menos concentrada para a mais concentrada. Dessa forma, iguala as concentrações dos solutos.

Tipos de soluções

As soluções são classificadas de acordo com a quantidade de soluto que elas apresentam. Veja a seguir como classificar as soluções.

Todo Estudo
  • Solução hipertônica: apresenta maior concentração de soluto e maior pressão osmótica. Nesse tipo de solução, as células tendem a encolher, ou seja, perdem água;
  • Solução isotônica: é quando a concentração de soluto e a pressão osmótica são iguais, ou seja, estão em equilíbrio;
  • Solução hipotônica: apresenta menor concentração de soluto e pressão osmótica. Assim, uma célula nesse tipo de solução tende a ganhar água, podendo inchar até se romper.

Célula animal

A célula animal reage de maneiras diferentes dependendo em qual solução ela se encontra. Uma hemácia, por exemplo, se encontra em um meio isotônico, a água flui entre a membrana plasmática na mesma proporção para dentro e para fora da célula. Desta forma ela mantém seu formato convencional.

Todo Estudo

Quando a hemácia está em um meio hipotônico, a água tende a entrar por osmose na célula, fazendo com que ela inche até que ocorra uma lise (rompimento da membrana). Por fim, em meio hipertônico, a hemácia tende a perder água por osmose para o meio e irá murchar.

Célula vegetal

Na célula vegetal, o princípio é semelhante ao da célula animal. Entretanto, a célula vegetal possui a parede celular, que é uma estrutura rígida e que garante o formato da célula. Dessa maneira, a parede celular impede que ocorre a lise quando a célula está em um meio hipotônico. Então, dizemos que as células estão turgidas.

Já na solução hipertônica, a célula perde água e dessa forma a membrana plasmática se desgruda da parede celular, chamamos esse evento de plasmolise. E por fim, quando a célula vegetal está em um meio isotônico chamamos de estado flácido.

Osmose reversa

A osmose reversa consiste no movimento de solvente no sentido inverso da osmose. Dessa forma, o solvente se difunde de uma solução mais concentrada para uma menos concentrada. Isso acontece por conta de uma aplicação de uma pressão muito maior que a pressão osmótica exercida pelas soluções.

Um exemplo de osmose reversa é o processo de dessalinização, onde a água salgada é transformada em água doce. Ao exercer uma pressão muito grande no compartimento que contém grande concentração de sal, a água tende a passar para o meio menos concentrado. Como a membrana semipermeável permite apenas a passagem do solvente (água), o soluto (sal) fica retido.

Osmose e difusão

Todo Estudo

Osmose e difusão são transportes passivos, ou seja, não há gasto de energia. Porém, a principal diferença entre os dois está em qual substância será transportada. Na difusão ocorre a passagem de solutos ou moléculas muito pequenas através da membrana. Assim, o soluto passa de um meio mais concentrado para um menos concentrado. Enquanto na osmose ocorre a passagem de solvente.

Osmose no dia a dia

A osmose está muito presente no nosso dia a dia em situações tão comuns que não paramos para pensar que ali está ocorrendo a passagem de solventes. Então veja a seguir exemplos de osmose no cotidiano.

  • Conservação de alimentos: o processo de salgar carnes para a sua conservação. Dessa forma, a carne perde água para o meio externo, fazendo com que aumente a sua validade;
  • Salada murcha: por conta do sal, as folhas de uma salada ficam murchas, pois elas perdem água do seu interior para o meio externo.

Saiba mais sobre osmose

Para que fique ainda mais claro, selecionamos videoalulas perfeitas para te ajudar a compreender o conteúdo. Não deixe de conferir nossa seleção abaixo:

O que é osmose?

Neste vídeo, você aprenderá o que é osmose e como ocorre a passagem de solvente entre as soluções. Com os exemplos e demonstrações, você entenderá a osmose de uma vez por todas!

Efeitos da osmose na célula animal e vegetal

Aqui temos uma aula completa sobre as diferentes efeitos que a osmose tem na célula animal e vegetal. A explicação é muito visual e didática!

Revisão – Osmose

Neste vídeo, você confere um resumo rápido sobre osmose. É uma ótima maneira de revisar o conteúdo e organizar tudo o que você aprendeu até aqui.

O movimento de solventes entre duas soluções separadas por uma membrana semipermeável é chamada de osmose. Esse processo é fundamental para manter as concentrações de soluções em equilibro e também é considerado um tipo de transporte passivo. Continue seus estudos de biologia e leia mais sobre o sistema imune do corpo humano.

Referências

NELSON, David L.; COX, Michael M. Princípios de Bioquímica de Lehninger-7. Artmed Editora, 2018.

Gabriela Naomi
Por Gabriela Naomi

Acadêmica de último ano de Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Integrante do grupo de pesquisa na área de limnologia, com ênfase em ecologia de zooplâncton na mesma universidade.

Como referenciar este conteúdo

Tanaka Santos, Gabriela Naomi. Osmose. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/osmose. Acesso em: 28 de November de 2020.

Exercícios resolvidos

1. [UFSC (adaptado)]

Ao colocar-se uma célula vegetal normal numa solução salina concentrada, observar-se-á que ela começará a “enrugar” e a “murchar”.

Sobre esse fenômeno, é incorreto afirmar:
a)A célula vegetal encontra-se num meio hipotônico em relação à sua própria concentração salina.
b)Há uma diferença de pressão, dita osmótica, entre a solução celular e a solução salina do meio.
c)Há um fluxo de solvente do interior da célula para a solução salina do meio.
d)O fluxo de solvente ocorre através de membranas semipermeáveis.

A alternativa correta é a)A célula vegetal encontra-se num meio hipotônico em relação à sua própria concentração salina.
Isso porque a célula vegetal encontra-se em um meio hipertônico.

2.

Quando uma célula vegetal é colocada em um meio hipotônico, ocorre uma migração da água para o interior da célula. Esse movimento de água faz com que a célula aumente consideravelmente de tamanho. Dizemos, nesse caso, que a célula está:
a) plasmolisada.
b) deplasmolisada.
c) túrgida.
d) lignificada.

A alternativa correta é c) túrgida.

3.

A osmose é um fenômeno que ocorre quando duas soluções são separadas por uma membrana semipermeável que permite o fluxo de solvente. O fluxo sempre ocorre do meio:
a) hipotônico para o hipertônico.
b) hipertônico para o hipotônico.
c) isotônico para o hipotônico.
d) isotônico para o hipertônico.

A alternativa correta é a) hipotônico para o hipertônico, ou seja, de um meio menos concentrado para um meio mais concentrado.

Compartilhe

TOPO