Célula Animal

Além do núcleo, as células animais possuem organelas que realizam funções específicas para o funcionamento celular.

A célula é a unidade básica da vida. Todos os organismos são constituídos por células (ou, em alguns casos, uma única célula). A maioria das células são muito pequenas, sendo invisíveis sem a utilização de um microscópio. São cobertas por uma membrana celular e podem apresentar formatos diferentes.

Célula animal. Ilustração: Todo Estudo
Célula animal. Ilustração: Todo Estudo

As células animais são células eucarióticas, ou seja, com um núcleo ligado à membrana. Ao contrário das células procariotas, o DNA em células animais está alojado no interior do núcleo.

“Bactérias e cianófitas (algas cianofíceas) são procariontes. Os procariontes, nos anos mais recentes, foram desvinculados da natureza de animais e vegetais e classificados num reino especial só deles, que é o Reino Monera.” (SOARES, 1997, p.38)

Além de ter um núcleo, células animais também contêm outras organelas ligadas à membrana que realizam as funções específicas necessárias para o funcionamento celular. O surgimento dessas organelas foi essencial para a evolução da célula, com cada compartimento realizando uma função definida.

“Essa divisão de trabalho permitiu que cada função se realizasse com maior eficiência, propiciando também o aparecimento de seres vivos maiores, pluricelulares, que consomem mais energia e dependem de sistemas mais eficientes tanto para captar energia e alimento como para distribuí-los para toda a célula.” (LINHARES, 1998, p.96)

Essas organelas têm uma ampla gama de funções, como por exemplo a produção de hormônios e enzimas para fornecer energia para as células animais. Os organismos procariontes, mais primitivos, não apresentam organelas membranosas, sendo essa uma característica exclusiva dos seres procariontes.

1. Célula Animal x Célula Vegetal

Diferenças entre células animal e vegetal. Ilustração: Reprodução
Diferenças entre células animal e vegetal. Ilustração: Reprodução

As células animais são semelhantes às células vegetais, sendo ambas células eucarióticas e com a presença de organelas semelhantes. As células animais são, geralmente, menores do que as células de uma planta. Enquanto as células animais têm 8998vários tamanhos e tendem a ter formas irregulares, as células vegetais são mais semelhantes em tamanho e são geralmente retangulares ou em forma de cubo.

“É bem verdade que existem algumas diferenças notáveis entre células animais e células vegetais. Mas, grosso modo, a arquitetura e o padrão geral de funcionamento são os mesmos para todas as células.” (SOARES, 1997, p.39)

Uma célula vegetal também contém estruturas que não são encontradas em uma célula animal. Algumas delas incluem uma parede celular, um grande vacúolo, e plastídios. Os plastos, tais como os cloroplastos, auxiliam no armazenamento e recolhimento de substâncias necessárias para a planta. Células animais contêm também estruturas como centríolos, lisossomos, cílios e flagelos que não são normalmente encontrados em células vegetais.

2. Célula animal: organelas e componentes

Abaixo informamos alguns exemplos de estruturas e organelas que podem ser encontradas em células animais típicas:

  • Membrana plasmática: fina membrana semipermeável que envolve o citoplasma de uma célula, delimitando o seu conteúdo;
  • Centríolos: estruturas cilíndricas que organizam a montagem de microtúbulos durante a divisão celular;
  • Citoplasma: substância semelhante a gel dentro da célula, onde ficam imersas as organelas;
  • Retículo endoplasmático: extensa rede de membranas compostas de duas regiões, uma associada aos ribossomos (RE rugoso) e outra sem ribossomos (RE liso);
  • Complexo Golgiense: também chamado de aparelho de Golgi, esta estrutura é responsável pela fabricação, armazenamento e transporte de determinados produtos celulares, estando altamente associada ao papel de secreção;
  • Lisossomas: sacos de enzimas que digerem macromoléculas celulares, tais como ácidos nucleicos;
  • Microtúbulos: hastes ocas que funcionam principalmente para ajudar a apoiar e forma da célula;
  • Mitocôndrias: componentes celulares que geram energia para a célula e são o local de ocorrência da respiração celular;
  • Núcleo: estrutura que contém a informação hereditária da célula, o DNA;
  • Nucléolo: estrutura de dentro do núcleo que ajuda na síntese de ribossomos;
  • Nucleoporo: pequeno furo no interior da membrana nuclear permite que os ácidos nucleicos e as proteínas se locomovam para dentro e para fora do núcleo;
  • Ribossomas: responsáveis pela montagem de proteínas.

Células animais ainda contém outras estruturas celulares que não estão representadas na ilustração acima. Algumas destas estruturas são:

  • Citoesqueleto: rede de fibras ao longo do citoplasma da célula que dá o suporte às células e ajuda a manter a sua forma;
  • Cílios e flagelos: agrupamentos de microtúbulos que se projetam a partir de algumas células e auxiliam na locomoção celular;
  • Peroxissomas: contém enzimas que ajudam a desintoxicar o álcool, formar ácidos biliares e quebrar as gorduras.

Você sabia que?

Organismos animais podem ser compostos por trilhões de células. Estas células vêm em todas as formas e tamanhos e a sua estrutura se adapta à sua função. Por exemplo, as células nervosas do corpo, os neurônios, tem uma forma e função muito diferentes do que as hemácias do sangue. As células nervosas conduzem impulsos elétricos ao longo do sistema nervoso. Elas são alongadas e finas, com projeções que se estendem para fora para se comunicar com outras células nervosas, a fim de conduzir e transmitir os impulsos nervosos. O principal papel dos glóbulos vermelhos é transportar oxigênio para as células do corpo. Sua forma de disco pequeno, flexível, lhes permite manobrar através de pequenos vasos sanguíneos para fornecer oxigênio para órgãos e tecidos.

Referências

LINHARES, S. & GEWANDSZNAJDER, F. Biologia hoje: volume 1. São Paulo, Ed. Ática. 1998. 406p.
SOARES, J.L. Biologia: volume único. São Paulo, Ed. Scipione. 1997. 509p.

Juliana Pacheco
Por Juliana Pacheco

Graduada em Ciências Biológicas (USU), Especialista em metodologia do Ensino da Biologia (Universidade Gama Filho), Mestre em Biologia Parasitária (FIOCRUZ) e Doutoranda em Zoologia (UFRJ)

Como referenciar este conteúdo

Pacheco, Juliana. Célula Animal. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/celula-animal. Acesso em: 18 de January de 2022.

Teste seu conhecimento

1. [UNICAMP/2014] Considere os seguintes componentes celulares:

I. parede celular
II. membrana nuclear
III. membrana plasmática
IV. DNA

É correto afirmar que as células de:

a) fungos e protozoários possuem II e IV.
b) bactérias e animais possuem I e II.
c) bactérias e protozoários possuem II e IV.
d) animais e fungos possuem I e III.

 2. [UFF/2011] As células animais, vegetais e bacterianas apresentam diferenças estruturais relacionadas às suas características fisiológicas. A tabela a seguir mostra a presença ou ausência de algumas dessas estruturas.

Estruturas Animal Vegetal Bacteriana
Centríolos + - -
Citoplasma + + +
Membra citoplasmática + + +
Núcleo + + -
Parede celular - + +
Plastos - + -

Legenda: (+) presente (-) ausente

a) tanto os vegetais quanto as bactérias são autótrofos devido à presença da parede celular.
b) o citoplasma de todas as células são iguais.
c) as bactérias não possuem cromossomos por não possuírem núcleo.
d) a célula animal é a única que realiza divisão celular com fuso mitótico com centríolos nas suas extremidades.
e) todos os plastos estão envolvidos na fotossíntese.

1. [A]

Os fungos e protozoários são organismos eucariontes, cujas células apresentam membrana nuclear envolvendo o material genético constituído pelo DNA cromossômico.

2. [D]

A presença dos centríolos envolvidos pelo áster é característica típica de células animais vegetais superiores e bactérias não apresentam centríolos em suas células.

Compartilhe

TOPO