Pop Art

Movimento artístico que usava elementos da indústria e da cultura popular para incitar reflexões sobre o cotidiano.

O Pop Art foi um movimento artístico que trabalhou com símbolos e produtos da indústria. Os artistas do movimento visavam criar leituras críticas sobre a vida cotidiana e a cultura de massa. O movimento representa a relação entre o cotidiano e arte.

O que é Pop Art?

O Por Art foi um movimento que se difundiu nos Estados Unidos em meados da década de 60. O movimento tomou grande proporção e se popularizou no mundo inteiro. Os artistas que compunham o movimento tinham como fonte de inspiração o dia a dia e procuravam representar na suas criações o rompimento entre a vida e arte que era produzida até então.

O nome do movimento tem sentido de “arte popular”, os recursos de criação estavam ligados a comunicação de massa, cinema e publicidade. Nas obras do movimento é possível visualizar uma interpretação crítica dos artistas sobre o que era definido como cultura popular.

Características do movimento

  • Combinação de técnicas de criação, como a pintura e fotografia;
  • Temática sobre a indústria cultural;
  • Referências a grandes nomes e marcas da mídia;
  • Reflexão sobre o desenvolvimento tecnológico do período;
  • Uso de cores fortes, puras, brilhantes e fluorescentes.

A quantidade de técnicas e materiais disponíveis na indústria permitiu que os artistas do Pop Art usasse desses recursos para questionar os conceitos e princípios da cultura popular. Por isso, é possível perceber diferentes características nos trabalhos dos artistas, mas é possível pontuar semelhanças.

Pop Art no Brasil

Com a profusão do movimento pelo mundo, o Pop Art também chega ao Brasil em meados da década de 60, porém, é importante destacar que nesse período ascende no país a Ditadura Militar. Esse fato influenciou diretamente a produção dos artistas, tomando um cunho político e condição de protesto. As produções do período foram marcadas pela assimilação da cultura pop, uso de técnica de serigrafia, cores fortes, contraste de imagem e alteração de formatos.

O movimento influenciou outras áreas artísticas, como a Tropicália, que também usava de ícones e símbolos da cultura de massa em suas músicas. Os grandes nomes do movimento no Brasil são: Antonio Dias, Rubens Gerchman, Vick Muniz e Helio Oticica.

Principais artistas e obras

O Pop Art alcançou grande repercussão mundial, por isso é possível encontrar diversos artistas pelo planeta. Conheça agora alguns desses nomes e seus trabalhos.

Andy Warhol

Marilyn, 1967. Fonte: Wikiart.

Andy Warhol foi um artista estadunidense que se destacou nas décadas de 50 e 60 pelas sua habilidades gráficas e ações no movimento Pop Art, questionando os ícones da indústria cultural e o desenvolvimento da publicidade.

Warhol foi um artista que misturou técnicas de serigrafia, fotografia e colagem, e ficou conhecido pela sua série de obras com as sopas enlatadas Campbell. Fez diversas obras com personalidades famosas do mundo todo, como Marilyn Monroe, Elvis Presley, Che Guevara e Pelé. Warhol pensava sobre o quanto a imagem das celebridades era manipulada para o consumo do grande público.

Roy Lichtenstein

Moça com bola, 1961. Fonte: WikiArt.

Lichtenstein foi um artista estadunidense, também considerado do movimento Pop Art, que se destacou pela crítica a indústria cultural utilizando os clichês das histórias em quadrinhos.

O artista usava os próprios recursos de linguagem das histórias em quadrinhos e os modos de impressão e produção de materiais impressos, questionando o avanço das tecnologias de impressão. Por isso, é possível visualizar o uso de pontos em suas obras.

Rubens Gerchman

Che Guevara, 1967. Fonte: Itaú Cultural.

Rubens Gerchman foi um pintor, desenhista, escultor e gravador carioca, considerado por alguns críticos como representante brasileiro do movimento Pop Art.

Suas temáticas carregavam certa crítica ao contexto social brasileiro na época. Teve diferentes fases em sua carreira, mas em um determinado, optou por representar contextos como jogos de futebol, concursos de beleza e histórias em quadrinhos. Fazia uso de cores fortes, traços grossos e tinha uma aproximação a linguagem dos Hq’s e do neo-expressionimo.

O movimento e os pintores influenciaram de forma tão efetiva e concreta a produção em arte que até nos dias atuais é possível reconhecer a importância do período.

Vídeos para contextualizar o Pop Arte pelo mundo

Para compreender melhor um movimento artístico é sempre bom observar mais de uma imagem e diferentes fontes sobre o mesmo assunto. Acompanhe agora algumas contextualizações sobre o período histórico do Pop Art e as sua relação com as criações dos artistas.

O que tava rolando?

Esse vídeo contextualiza o Pop Art no contexto do seu surgimento, esclarece as relações entre a vida cotidiana e o consumo da arte.

Richard Hamilton, mais um artista do Pop Art

Conheça mais um artista do Pop Art e entenda as diferentes combinações entre técnicas utilizadas pelos artistas.

Aquele resumo rápido

Um vídeo rápido e objetivo para revisar todo o assunto estudado até agora.

O Pop Art foi um movimento questionador da arte em relação a sociedade. Um exercício da arte se apropriando da vida cotidiana para provocar reflexão. Confira outro movimento que também se propôs a questionar o conceito de arte, o Dadaísmo.

Referências

Enciclopédia Itaú Cultural.
PROENÇA, Graça. História da Arte. 17ª ed. São Paulo: Editora ABDR, 2012.

Por Vanderlei Bachega Junior
Como referenciar este conteúdo

Bachega Junior, Vanderlei. Pop Art. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/artes/pop-art. Acesso em: 16 de July de 2020.

Exercícios resolvidos

1. [UEL]


Considerando as figuras e o universo da Arte Pop, é correto afirmar que:
a) No Brasil, Antonio Dias e Wesley Duke Lee produziam obras cujos temas eram mais ingênuos e, devido ao atraso tecnológico, não utilizavam as mesmas técnicas que os americanos.
b) A temática da Arte Pop era inspirada em imagens futuristas europeias, pois eram utilizadas as cores primárias chapadas e o traço era duro e simplificado.
c) Os estereótipos da pintura contemporânea, além de constituírem o universo pop, atestam a influência da visualidade oriental com seus tons saturados e temática política.
d) Apresentam um tipo de figuração própria dos meios de comunicação de massa, que, repetida inúmeras vezes, pode ser reconhecida sem ser observada.
e) No repertório plástico dos artistas vinculados à Arte Pop, observa-se forte carga subjetiva, traduzida pelo gesto lírico-dramático cuja influência vem do expressionismo abstrato.

d) Apresentam um tipo de figuração própria dos meios de comunicação de massa, que, repetida inúmeras vezes, pode ser reconhecida sem ser observada.

2. [UFMG]


Andy Warhol foi um dos representantes da art pop, surgida na Inglaterra e nos Estados Unidos na década de 1950. A imagem apresentada traduz a concepção desse movimento artístico, quando
a) escolhe uma personalidade feminina para tema, associando a arte à luta do movimento feminista.
b) apresenta um único rosto em sequência, demonstrando a singularidade dos indivíduos celebrados.
c) transforma imagens veiculadas na indústria cultural, ampliando as possibilidades de relação com a arte.
d) fortalece o mito do american way of life, utilizando-se de personagens icônicas.
e) critica o padrão de beleza feminina, expondo o elitismo das produções cinematográficas.

c) transforma imagens veiculadas na indústria cultural, ampliando as possibilidades de relação com a arte.

Compartilhe

TOPO