Radiação ultravioleta

A radiação ultravioleta é aquela que está localizada entre 100 nm e 400 nm. Ela tem comprimento de onda menor e mais energia que a luz visível. Esse tipo de radiação é muito usada na indústria.

Radiação ultravioleta é um dos diversos tipos de radiação eletromagnética existentes. Esse tipo possui mais energia que a luz visível, porém menos energia que os raios X. A luz UV está presente nos raios solares e em outros lugares. Veja a seguir o que é, sua importância, os tipos e suas aplicações.

O que é a radiação ultravioleta

A radiação ultravioleta, ou UV, é um tipo de radiação eletromagnética. Ela possui comprimento de onda menor que a luz visível, mas seu comprimento de onda é maior que os raios X. Além disso, essa grandeza e a energia são inversamente proporcionais, então a energia da radiação UV é maior que a luz visível e menor que os raios X.

Essa radiação, apesar de a energia ser maior que a luz visível, não chega a ser ionizante. Ou seja, as ondas UV não possuem energia suficiente para alterar a estrutura molecular da matéria, porém essa radiação pode causar problemas aos seres vivos. A exposição prolongada aos raios ultravioletas podem causar danos que não podem ser revertidos, por exemplo, no caso dos humanos, ela pode gerar câncer de pele.

A importância da radiação ultravioleta

Apesar dos danos causados aos seres vivos, os raios ultravioletas são importantes para diversas coisas. Dentre elas, a visão é estimulada por alguns comprimentos de onda dessa radiação. Além disso, ela pode ser usada na esterilização de alimentos. Apesar de receber apenas uma nomenclatura, a radiação ultravioleta possui diversos tipos. Os quais são classificados a partir do comprimento de onda.

Tipos de radiação ultravioleta

As radiações conhecidas pelo ser humano estão separadas no espectro eletromagnético. Assim, como o próprio nome diz, a diferenciação entre os tipos de radiação existentes é sutil. Além disso, cada faixa de frequência possui sub-classificações, por exemplo, na luz visível é possível delimitar as cores observadas. Dessa forma, a radiação UV também pode ser dividida em outros tipos.

  • UVC: o ultravioleta C possui comprimento de onda entre 100 nm e 280 nm;
  • UVB: as ondas do ultravioleta B medem entre 280 nm e 315 nm;
  • UVA: já o ultravioleta A tem comprimento de onda entre 315 nm e 400 nm.

Além dessas classificações, existem outras mais específicas. Essas classificações são voltadas mais para cientistas em suas pesquisas.

As vantagens e desvantagens da radiação ultravioleta

Existem vantagens e desvantagens relacionadas à luz UV. A seguir você verá quais são os principais pontos positivos e pontos negativos dessa faixa de frequência da radiação eletromagnética:

Vantagens

  • Esterilização de alimentos;
  • Bronzeamento;
  • Influência no metabolismo humano;
  • Estimulação da produção de vitamina D.

Desvantagens

  • Lesões oculares;
  • Câncer de pele;
  • Queimaduras na pele;
  • Inflamação de vasos sanguíneos.

Como é possível ver, essa radiação possui lados bons e ruins, por isso, é preciso cautela ao ter contato com ela. Boa parte da radiação presente na superfície terrestre é composta pelos raios UV, então é preciso sempre se proteger com filtro solar e óculos com filtro UV.

Aplicações e usos da radiação violeta

Esse tipo de radiação é muito usado na indústria alimentícia e no entretenimento. Veja abaixo os principais usos e aplicações da radiação UV:

  • Luz negra: algumas lâmpadas emitem ondas próximos ao visível, são as chamadas luzes negras e interagem com materiais fluorescentes;
  • Esterilizante: a luz UV tem um grande efeito bactericida e é usado na indústria alimentícia;
  • Polimerização: os raios UV aceleram os processos de polimerização de alguns compostos, por exemplo, a resina epóxi;
  • Memória EPROM: um tipo específico de memória de computador pode ser apagado quando exposto à radiação UV;
  • Fluorescência: alguns materiais ficam fluorescentes quando entram em contato com a luz UV.

Além dessas aplicações, existem diversas outras, pois esse tipo de radiação consegue interagir com a matéria sem alterar sua estrutura molecular.

Radiação ultravioleta e infravermelha

Apesar de serem tratadas como sinônimos em diversos lugares, as radiações são muito diferentes. A radiação infravermelha possui uma energia menor que a luz visível. Além disso, no espectro eletromagnético, ela está localizada antes da luz vermelha, daí o seu nome.

Entretanto, a radiação UV possui mais energia que a luz visível. Dessa forma, no espectro eletromagnético, essa radiação está localizada depois da luz violeta, por isso seu nome é ultravioleta.

Vídeos sobre radiação ultravioleta

Para que seus estudos sejam radiantes, é importante aprofundar o conhecimento. Assista os vídeos abaixo sobre o tema para se preparar ainda mais para provas de grande escala, como vestibulares e Enem:

O que é luz negra

A luz negra é uma aplicação direta dos raios UV. Isso pode ser relacionado com os conceitos de ondulatória e ondas eletromagnéticas. Para entender melhor, veja o vídeo do professor Marcelo Boaro. Ao fim do vídeo, o docente resolve um exercício de aplicação.

Como a radiação mata

Algumas radiações podem ser nocivas para o ser humano. Dentre elas, está a longa exposição à luz UV, por isso, Pedo Loos, do canal Ciência Todo Dia, conta como a radiação pode causar danos aos seres vivos. Ele também explica o que é radiação ionizante. Confira!

Experimento com luz negra

A luz negra emite ondas próximas à radiação visível, mas emite também no ultravioleta. Então, alguns materiais só podem ser vistos se são excitados por essa radiação mais energética. O canal Manual do Mundo explica como fazer um experimento ótimo para feiras de ciências.

Estudar o espectro eletromagnético é muito importante, pois os raios luminosos emitidos pelo Sol são responsáveis por tudo aqui na Terra. Além disso, a sociedade contemporânea existe devido ao uso de tecnologias como a esterilização com radiação ultravioleta. Aproveite e veja mais sobre as ondas eletromagnéticas.

Referências

Física IV: Óptica e física moderna (2016) – YOUNG, H. D. et al.
Física: Volume 4 (2008) – HALLIDAY, D. et al.
Curso de Física Básica: Volume 4 (2014) – NUSSENZVEIG, H. D.

Hugo Shigueo Tanaka
Por Hugo Shigueo Tanaka

Divulgador Científico e co-fundador do canal do YouTube Ciência em Si. Historiador da Ciência. Professor de Física e Matemática. Licenciado em Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM). Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM).

Como referenciar este conteúdo

Tanaka, Hugo Shigueo. Radiação ultravioleta. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/fisica/radiacao-ultravioleta. Acesso em: 22 de September de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [Enem]

Alguns sistemas de segurança incluem detectores de movimento. Nesses sensores, existe uma substância que se polariza na presença de radiação eletromagnética de certa região de frequência, gerando uma tensão que pode ser amplificada e empregada para efeito de controle. Quando uma pessoa se aproxima do sistema, a radiação emitida por seu corpo é detectada por esse tipo de sensor.

WENDLING, M. Sensores. Disponível em: www2.feg.unesp.br. Acesso em: 7 maio 2014 (adaptado).

A radiação captada por esse detector encontra-se na região de frequência:

A) da luz visível.
B) do ultravioleta.
C) do infravermelho.
D) das micro-ondas.
E) das ondas longas de rádio.

Alternativa correta: C

O corpo humano emite radiação eletromagnética majoritariamente na região do infravermelho.

2. [PUC - RS]

Em 1895, o físico alemão Wilheim Conrad Roentgen descobriu os raios X, que são usados principalmente na área médica e industrial. Esses raios são:

a) Radiações formadas por partículas alfa com grande poder de penetração.

b) Radiações formadas por elétrons dotados de grandes velocidades.

c) Ondas eletromagnéticas de frequências maiores que as das ondas ultravioletas.

d) Ondas eletromagnéticas de frequências menores do que as das ondas luminosas.

e) Ondas eletromagnéticas de frequências iguais as das ondas infravermelhas.

Alternativa correta: C

Os raios X são ondas eletromagnéticas com frequências maiores que as das ondas ultravioletas.

Compartilhe

TOPO