Isaac Newton

Isaac Newton foi um importante nome da História da Ciência, e trouxe muitas descobertas significativas para a física, astronomia, matemática e ótica.

Astrônomo, físico e matemático inglês, Isaac Newton foi um dos nomes mais famosos e mais importantes da História da Ciência, trazendo descobertas não apenas para a física, mas também para a matemática, astronomia e ótica.

Biografia

Isaac Newton nasceu no dia 4 de Janeiro de 1643 em Woolsthorpe-by-Colsterworth, Lincolnshire. Seu pai, me mesmo nome, faleceu antes de ele nascer, então viveu com sua mãe, Hanna Ayscough Newton até ela se casar novamente, quando passou a morar com os avós. Sua personalidade fechada e conflituosa pode ter sido influenciada por esse fator, que poderia ter feito dele uma criança triste e solitária. No ano de 1665 obteve sua graduação no Trinity College de Cambridge, onde passou a ter contato com obras de muitos autores que tiveram influência em seu trabalho, como Euclides, Galileu, Kepler, Descartes, entre outros.

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Pouco tempo depois de sua formação, o colégio fechou em decorrência da Peste Negra, quando Isaac Newton foi para a sua terra natal, tendo um excelente momento para descobertas, tendo sido as mais marcantes a natureza das cores, a lei da gravitação universal, o cálculo e o teorema binominal. Durante esse período, inclusive, que teria vindo a história, provavelmente falsa, a respeito da queda da maçã em sua cabeça, fazendo, segundo conta a lenda, com que pensasse a respeito da lei da gravitação.

No ano de 1668, Newton desenvolveu o Telescópio refletor que, até aquela data, eram todos refratores, ou seja, tinham sua parte ótica construída somente por lentes. A objetiva do modelo de Newton, era um espelho, e não uma lente, o que resolvia satisfatoriamente o problema com a aberração cromática. Esse tipo de telescópio ficou conhecido pelo nome de telescópio newtoniano. No ano seguinte, ele formulou a teoria das cores com a refração da luz. Isso foi ao observar que quando o raio de sol passava por um prisma de vidro, este sairia do outro lado como um feixe com diferentes cores, semelhante a um arco-íris. O que Newton fez, foi fazer com que esse raio de luz passasse por um segundo prisma, onde as cores se uniria e fariam um novo feixe de luz branca. Essa descoberta o fez entender que a refração luminosa acabava limitando a eficiência dos telescópios que existiam no período.

No ano de 1671, Newton começou a dar aulas na Universidade de Cambridge, dando aula de matemática, e no ano seguinte foi eleito para a Royal Society. No ano de 1684, recebeu a visita de Edmond Halley para responder a respeito sobre o movimento dos planetas, o que fez com que Newton retomasse suas reflexões a respeito da mecânica celeste. Em 1687, produziu uma de suas mais importantes obras, assim como da história da ciência, o “Philosophiae Naturalis Principia Mathematica”, ou seja, “Princípios Matemáticos de Filosofia Natural” em três volumes, contendo a fundamentação da mecânica clássica, como as três leis de Newton e a lei da gravitação universal, por exemplo. Em 1696 foi nomeado para a Superintendência da Casa da Moeda quando se mudou para Londres, e em 1703, se tornou presidente da Royal Society.

Obras e descobertas

Isaac Newton trouxe grandes descobertas para a ciência, contribuindo de forma bastante intensa para outras descobertas que viriam a seguir. O seu principal livro, tratava da lei da gravitação universal, generalizou e ampliou as constatações de Kepler, tratando principalmente de física, astronomia e mecânica.

Além disso, descobriu o binômio de Newton, o cálculo diferencial e integral, o primeiro telescópio de reflexão no ano de 1668, a dispersão luminosa (refração, reflexão e dispersão), a lei da gravitação universal e a terceira lei da dinâmica.

Newton ficou conhecido ainda por algumas de suas frases, que circulam até os dias atuais pela web. Entre elas, estão:

“Virtude sem caridade não passa de nome”
“A verdadeira filosofia nada mais é do que o estudo da morte”
“Eu consigo calcular o movimento dos corpos celestiais, mas não a loucura das pessoas”
“O tempo é uma ilusão produzida pelos nossos estados de consciência à medida em que caminhamos através da duração eterna”
“Nenhuma grande descoberta foi feita jamais sem um palpite ousado”
“Construímos muitos muros e poucas pontes”
“Se fiz descobertas valiosas, foi por ter mais paciência do que qualquer outro talento”

Referências

A vida de Isaac Newton – RS Westfall

Isaac Newton: uma biografia – J Gleick

Por Natália Petrin
Teste seu conhecimento

01. [FUNCAB] A epistemologia é a teoria do conhecimento. Na história da epistemologia, há duas grandes orientações da teoria do conhecimento: o racionalismo e o empirismo. É correto afirmar que:

A) O empirismo se baseia inteiramente nos dados da experiência sensível, descartando a razão como parte do processo de conhecimento.
B) O racionalismo utiliza o método dedutivo a priori, enquanto o empirismo utiliza o método indutivo a posteriori.
C) Sensação e reflexão formam a base das ideias, segundo a doutrina racionalista.
D) As ideias são imutáveis e iguais em todos os homens, para o empirismo.
E) A escola racionalista tem como principais expoentes René Descartes e Isaac Newton.

02. [FAAP-SP] Um carro com massa 1000 kg partindo do repouso, atinge 30m/s em 10s. Supõem-se que o movimento seja uniformemente variado. Calcule a intensidade da força resultante exercida sobre o carro.

01. [B]

02. [Primeiro existe a necessidade de se calcular a aceleração, e faremos isto usando a função horária da velocidade, pois se trata de um movimento uniformemente variado.

v = v◦+ a.t
30 = 0 + a .10 (isolando a variável aceleração)
30 = 10.a
30 ÷ 10 = a
a = 3m/s²

Agora sim, podemos calcular a força.
F = m.a
F = 1 000 . 3
F = 3 000 N]

Compartilhe nas redes sociais

TOPO