Biribol

Biribol é um esporte aquático, com rede divisória, disputado entre duas equipes de quatro jogadores em partidas definidas por sets.

O biribol é um esporte genuinamente brasileiro, nascido no estado de São Paulo, na década de 1960. É caracterizado como um esporte aquático, disputado entre equipes em um espaço de jogo demarcado pela piscina e por uma rede divisória. Portanto, confira nesta matéria informações que preparamos para você conhecer melhor essa modalidade. Acompanhe.

História

O biribol foi criado pelo professor Dario Miguel Pedro, no município de Birigui (SP), em 1936. A princípio, foi proposto como uma prática de recreação coletiva, visando estimular as pessoas a utilizarem o espaço da piscina para a prática de esportes em dias quentes. A partir disso foram criadas e adaptadas regras para que a prática do jogo pudesse ocorrer de forma organizada, baseando-se, principalmente, nas regras do voleibol.

O esporte conta, atualmente, com uma Liga Nacional, a qual organiza etapas da Copa Brasil em diversas cidades. O esporte também compõe os Jogos Abertos do Interior de São Paulo. Nesse movimento, vale pontuar que a Liga Nacional de Biribol foi o primeiro campeonato da modalidade realizado, em 1976. Desde então, iniciou-se um movimento de difusão e estabelecimento da modalidade no estado e nas demais regiões do país.

Como se joga biribol?

O biribol é disputado em uma piscina retangular (8 m x 4 m) com profundidade de 1,30 m. Assim, a piscina é dividida ao meio por uma rede fixada e por dois mastros dispostos em suas laterais. Com isso, estabelece-se a altura da rede em 2,62 m para disputas masculinas e 2,40 m para disputas femininas.

Para as disputas, as equipes são compostas por um mínimo de 04 e um máximo de 08 jogadores, além dos demais integrantes (técnico, assistente técnico, preparador físico, médico e massagista). Contudo, apenas 4 jogadores participam da disputa, efetivamente. As partidas, portanto, têm duração de dois ou quatro sets (tempos) de 21 pontos cada. Dito isso, veja, a seguir, as regras básicas da modalidade.

Regras

  • A modalidade possui uma bola específica, produzida somente pela Cambuci AS
    em conformidade com o que propõe a Liga Nacional, a Federação Paulista e a Confederação Nacional de Biribol;
  • Os jogadores reservas devem permanecer fora da piscina, no banco de reservas ou na área de aquecimento;
  • Os equipamentos utilizados são roupas de banho (sunga, maiô) e toucas de natação, as quais devem ser enumeradas de 1 a 8, para identificação dos jogadores;
  • Os jogadores podem realizar até três toques na bola antes de buscar finalizá-la no campo adversário;
  • A equipe pontua sempre que: a) finalizar a bola no lado do campo oponente da piscina, b) a equipe oponente cometer uma falta ou c) receber uma penalização;
  • As bordas da piscina e a rede do jogo são neutras, ou seja, caso a bola toque nessas áreas ainda é considerada em jogo, podendo ser desenvolvidas jogadas pelas equipes sem interrupções;
  • Em caso de empate de pontos (20 a 20) o set é prorrogado até que se estabeleça uma diferença de 2 pontos entre as equipes;
  • Em caso de empate de sets um terceiro ou quinto set é jogado para definir a equipe vencedora. Nesse caso, o limite é de 20 pontos, observando a diferença de dois pontos entre as equipes;
  • Ganha a equipe que vencer dois sets (em partidas no formato melhor de três) e três sets (em melhor de cinco).

Essas são as regras básicas que configuram e regulamentam a prática esportiva do biribol, propostas para a modalidade pela Confederação Nacional de Biribol (CNBi). Para conferir o documento na íntegra clique aqui.

Benefícios do biribol

Agora que você já sabe como praticar o biribol, veja alguns benefícios que essa modalidade proporciona a seus praticantes.

  • É um esporte que mobiliza toda a estrutura física para ser praticado. Logo, promove o desenvolvimento de capacidades físicas, como musculoesqueléticas e cardiorrespiratórias, por exemplo. Portanto, possui grandes benefícios para a saúde do organismo.
  • Além das capacidades físicas, esse esporte também promove adaptações neurocognitivas, em função do desenvolvimento e aprimoramento das habilidades esportivas inerentes à prática. Com isso, auxilia em aptidões como memória, foco e raciocínio, por exemplo.
  • Outro benefício que pode ser destacado em relação à modalidade é seu potencial contributivo para o bem-estar psíquico dos praticantes, uma vez que sua prática constitui um tempo-espaço de socialização, de momentos de prazer e ludicidade, entre outros aspectos.
  • Por ser uma modalidade aquática, promove menor impacto na estrutura óssea dos praticantes, além de permitir seu fortalecimento. Sendo assim, é considerada uma modalidade com potencial contributivo na redução de sintomas de quadros como osteoporose e reumatismo, por exemplo.
  • Por se tratar de uma prática de atividade física, o biribol contribui para que seus praticantes se envolvam com um estilo de vida fisicamente ativo. Com isso, há ganhos significativos para a prevenção de doenças crônicas nos praticantes, sobretudo devido à redução de fatores de risco aos quais possam estar sujeitos no decurso da vida.

Esses são alguns dos benefícios promovidos pela prática do biribol, seja ela com finalidade esportiva ou recreativa. Logo, é possível observar que seus praticantes podem melhorar aspectos relacionados à saúde física e mental, além de favorecer a sensação de bem-estar, estimular a socialização e o desenvolvimento de estruturas cognitivas, bem como uma variedade de fatores relacionados acima.

Liga Nacional de Biribol

A Liga Nacional de Biribol (LNBi) foi fundada em 1999, com o objetivo de se constituir como entidade representante desse esporte no Brasil. Desse modo, essa entidade esportiva se atribui do estabelecimento e da fiscalização quanto à aplicação das regras da modalidade. Além disso, fica incumbida de promover e gestar campeonatos em todo o território nacional, além de buscar sua internacionalização.

A fundação dessa entidade foi encabeçada por Edgar Marão, Eduardo Modesto e José Dante, sendo de grande importância para a popularização e profissionalização do esporte. Desde então, a modalidade progrediu e se difundiu grandemente, buscando novos espaços e também equipes para integrar suas competições e somar à sua expansão. Atualmente, a Liga conta com mais de 80 equipes espalhadas pelo território nacional.

Curiosidades

  • Devido à profundidade da piscina, não é preciso que seus praticantes saibam nadar e/ou flutuar, necessariamente, dado que conseguem permanecer em pé e em constante contato com o solo durante a prática.
  • Como as bordas da piscina são consideradas zonas neutras, os jogadores podem, inclusive, apoiar-se nelas para realizar as jogadas durante as partidas de biribol.
  • O nome inicialmente pensado para esse esporte por Dario Miguel foi “frescobol”. Entretanto, como esse nome já era patenteado, o inventor nomeou e patenteou sua criação esportiva como biribol, em 1968, nome atribuído pela similaridade à região de Birigui.
  • O esporte se tornou algo tão marcante na vida de Dario que ele projetou a construção de seu túmulo com uma estrutura que o representasse. Assim, a arquitetura conta com oito pilares que representam as duas equipes de jogadores, quatro em cada lateral do túmulo, tendo uma bola de biribol centralmente posicionada entre essas estruturas.
  • O primeiro campeonato da modalidade realizado foi a Liga Nacional de Biribol (LNB), tendo como participantes equipes paulistanas e paranaenses. Essa competição era faseada, compondo a Copa Brasil de Biribol. Ao final de cada etapa, as equipes recebiam uma pontuação que era somada e definia a equipe campeã ao término de todas as etapas.

Destacamos essas curiosidades para que você conheça melhor a modalidade e também aspectos relacionados, como seu criador e os campeonatos em que é disputada. Nesse sentido, saiba mais sobre o biribol conferindo alguns vídeos que separamos para você.

Saiba mais sobre o biribol

A seguir são apresentados alguns vídeos que separamos para você conhecer melhor o biribol, reforçando e complementando o conteúdo apresentado nesta matéria a seu respeito. Confira para saber mais.

O que é o biribol?

Nesse vídeo, o presidente da CNBi, Fabiano de Souza, comenta brevemente a respeito das características e das regras básicas desse esporte. Assista para entender melhor como essa modalidade se configura e o porquê de ser conhecida como “voleibol de piscina”.Aproveite para conhecer mais sobre o esporte e essa entidade conferindo os vídeos no canal da Confederação no YouTube. Por meio dos vídeos do canal você pode compreender melhor a organização esportiva, as regras e também curiosidades desse esporte e dessa entidade. Explore-os para saber mais.

Partida de biribol

Esse vídeo da CNBi apresenta imagens de uma partida de biribol realizada com finalidade recreativa, disputada entre duas equipes femininas. Assista para observar a dinâmica de funcionamento da disputa. Ao assistir o vídeo, busque identificar os aspectos ressaltados nesta matéria acerca das regras da modalidade, assim você também exercita seu conhecimento a respeito do esporte.

Biribol é um esporte aquático genuinamente brasileiro, nascido e criado no estado de São Paulo. Atualmente, os esforços da CNBi e de Dario Miguel se dão no sentido de difundi-lo pelo país e torná-lo um esporte internacional, assim como olímpico, futuramente. Nesse sentido, saiba mais sobre os esportes que compõem o quadro de modalidades olímpicas, conferindo a relação disponibilizada na matéria sobre as Olimpíadas.

Referências

Confederação Nacional de Biribol [On-line] – Disponível em: https://biribol.com.br/. Acesso em: 01 mar. 2021.

Liga Nacional de Biribol [On-line] – Disponível em: https://liganacionaldebiribol.com.br/. Acesso em: 01 mar. 2021.

Federação Paulista de Biribol [On-line] – Disponível em: https://www.facebook.com/Federa%C3%A7%C3%A3o-Paulista-De-Biribol-118527046217258/?ref=page_internal. Acesso em: 01 mar. 2021.

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Professor mestrando em Educação Física formado pela Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Temáticas estudadas envolvem corpo, subjetividade, discurso, cultura e saúde.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Biribol. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/biribol. Acesso em: 03 de August de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [CNBi]

Quem inventou o Biribol?

A modalidade foi instituída no município de Birigui, interior de São Paulo, no ano de 1968, pelo professor e empresário Dario Miguel Pedro.

2. [CNBi]

Como é praticado o Biribol?

É praticado dentro de uma piscina com 4 m x 8 m x 1,30 (profundidade) com rede (a 2,62 metros de altura para o masculino e 2,40 metros para o feminino), bola (Penalty oficial) específica e postes de sustentação. Duas equipes de duas ou quatro pessoas. No biribol, utiliza-se grande parte dos músculos do corpo, proporcionando um bom condicionamento físico.

3. [SESC/MA-2020]

Caso o jogador tenha feito uma recepção de bola e ela tenha tocado na borda da piscina, é considerado ponto para a equipe oponente.
( ) Verdadeiro.
( ) Falso.

Falso, pois as bordas da piscina, assim como a rede, são neutras. Logo, nesse caso, a equipe poderia dar prosseguimento às ações de jogo, observando o limite de três toques na bola.

Compartilhe

TOPO