Teoria de Lamarck

Lamarck foi o primeiro pesquisador a questionar o fixismo e propor a ideia de adaptação dos seres vivos. Neste texto, conheça a teoria de Lamarck e a sua importância para evolução.

O processo evolutivo dos seres vivos é um assunto que gera muito debate. Isso porque a evolução é discutida desde a antiguidade e não é um processo linear. Além disso, diversos pesquisadores contribuíram com importantes ideias sobre a evolução. O primeiro a formular uma hipótese sobre a evolução foi Jean-Baptiste Lamarck. Neste texto, vamos conhecer mais sobre a sua teoria.

Índice do conteúdo:

O que é a Teoria de Lamarck?

A teoria de Lamarck ou lamarckismo dizia que os organismos se transformavam em indivíduos mais complexos por conta do meio em que estavam inseridos. Ou seja, as mudanças ocorriam de acordo com a necessidade do indivíduo.

Para Lamarck, as formas de vida mais simples surgiam a partir de matéria inanimada por geração espontânea e se transformavam para um estágio de maior complexidade. Além disso, ele defendia que o processo evolutivo seria baseado em duas leis. Veja, a seguir, mais sobre as leis de Lamarck.

Leis de Lamarck

O lamarckismo foi publicado em 1809 no livro Filosofia Zoológica. Ele se baseava em duas leis principais: a lei do uso e desuso e a lei da transmissão dos caracteres adquiridos. Então, confira a seguir as principais características de cada uma das leis.

Lei do uso e desuso

A lei do uso e desuso afirmava que partes do corpo se desenvolviam mais se fossem usados frequentemente. Enquanto as partes menos usadas ficavam atrofiadas. Um exemplo dessa lei é o pescoço das girafas. Elas teriam a necessidade de alcançar as folhas mais altas nas árvores. Assim usavam mais o seu pescoço, resultando em uma musculatura desenvolvida e aumentando seu tamanho.

Lei da transmissão dos caracteres adquiridos

A lei da transmissão dos caracteres adquiridos complementa a lei anterior. Para Lamarck, as características adquiridas eram transmitidas para as gerações futuras. Dessa forma, as espécies ficavam mais adaptadas ao ambiente. No exemplo das girafas, aquelas que aumentavam o pescoço para se alimentar passavam essa característica para a sua prole.

Desse modo, ao longo das gerações, os animais tornavam-se mais complexos. As novas características adquiridas estariam mais adaptadas ao ambiente. As ideias de Lamarck foram um choque na época por ir contra ao fixismo ou criacionismo. Mas foram muito importantes para o processo evolutivo que conhecemos atualmente.

Teoria de Lamarck e Teoria de Darwin

Embora a teoria de Lamarck seja muito importante para o desenvolvimento do processo evolutivo, ela apresentava algumas falhas que foram explicadas posteriormente por Darwin. Apesar dos dois pesquisadores tentarem entender os mecanismos da evolução dos seres vivos, eles tinham ideias diferentes. Então, confira a seguir, as principais diferenças entre as teorias de Lamarck e de Darwin.

  • Ação do meio: Lamarck acreditava que o meio era capaz de induzir os organismos a mudarem seu comportamento e criar adaptações. Enquanto Darwin defendia a seleção natural, em que o meio selecionava apenas os mais aptos a sobreviver;
  • Novos caracteres: Lamarck defendia que novos caracteres eram adquiridos pela lei do uso e desuso. Já Darwin falava que cada indivíduo tinha suas características que possibilitariam a sua sobrevivência, caso fossem os mais aptos;
  • Transmissão de caracteres: para Lamarck, os novos caracteres eram transmitidos para os descendentes. De maneira oposta, Darwin acreditava que os indivíduos mais aptos ao ambiente eram capazes de viver mais e assim reproduziam mais. Dessa forma, acabavam passando suas características aos descendentes.

O principal erro da teoria de Lamarck é a falha ao explicar como as características adquiridas são passadas aos descendentes. Porém, é importante ressaltar a sua contribuição para a evolução, já que foi o primeiro a questionar o fixismo e introduzir a ideia de adaptação dos organismos.

Vídeos sobre a teoria de Lamarck

Para te ajudar na compreensão do conteúdo, selecionamos alguns vídeos aulas sobre o assunto. Então, aproveite os vídeos para tirar todas as suas dúvidas e revisar sempre achar necessário. Acompanhe:

Teoria evolutiva de Lamarck

Selecionamos um vídeo para você conhecer um pouco mais sobre a história de Lamarck. Entenda como foi a vida desse importante autor e como ele foi construindo a ideia de evolução. Além disso, revise as diferenças entre as leis do uso e desuso e de transmissão dos caracteres adquiridos.

Comparação entre as principais teorias evolutivas

Esse vídeo faz um comparativo entre as principais teorias evolutivas: o Darwinismo e o Lamarckismo. Veja, através de exemplos, como é a interpretação de cada teoria, além de compreender a importância de cada uma para o processo evolutivo.

Lamarckismo

Aqui, temos mais uma aula sobre o assunto. Confira as principais características do Lamarckismo, as suas leis e exemplos de forma rápida e simplificada. Não deixe de conferir o vídeo e faça uma revisão sobre o conteúdo.

Em resumo, a teoria de Lamarck dizia que os seres vivos adquiriam novos caracteres por meio da lei do uso e desuso e transmitiam esses caracteres para a sua prole. Sabemos que a evolução não é um processo tão simples assim, mas as ideias de Lamarck foram muito importantes. Para continuar aprendendo sobre biologia evolutiva, leia mais sobre a evolução humana.

Referências

HICKMAN, Cleveland P.; ROBERTS, Larry S.; KEEN, Susan L. Princípios integrados de zoologia. 16º Edição, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016.
RIDLEY, Mark. Evolução. 3º Edição, Artmed Editora, 2009.

Gabriela Naomi
Por Gabriela Naomi

Acadêmica de último ano de Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Possui experiência na área de limnologia, com ênfase em ecologia de zooplâncton pela mesma universidade.

Como referenciar este conteúdo

Tanaka Santos, Gabriela Naomi. Teoria de Lamarck. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/teoria-de-lamarck. Acesso em: 03 de August de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [UFRGS]

s princípios a seguir relacionados referem-se à teoria da evolução das espécies.

I. Adaptação ao meio.

II. Seleção natural.

III. Mutação.

IV. Lei do uso e desuso.

V. Herança dos caracteres adquiridos.

Lamarck, em sua teoria, considerou:

a) I, II e III.

b) II, III e IV.

c) I, IV e V.

d) II, IV e V.

e) II, III e V.

A alternativa correta é c) I, IV e V.

Em sua teoria, Lamarck falava que o meio exercia uma influência sobre os seres vivos. Além disso, sua teoria é embasada em dois princípios: a lei do uso e desuso e a lei da transmissão dos caracteres adquiridos.

2. [ENEM - 2016]

Darwin, em viagem às Ilhas Galápagos, observou que os tentilhões apresentavam bicos com formatos diferentes em cada ilha, de acordo com o tipo de alimentação disponível. Lamarck, ao explicar que o pescoço da girafa teria esticado para colher folhas e frutos no alto das árvores, elaborou ideias importantes sobre a evolução dos seres vivos.

O texto aponta que uma ideia comum às teorias da evolução, propostas por Darwin e por Lamarck, refere-se à interação entre os organismos e seus ambientes, que é denominada de

a) mutação.

b) adaptação.

c) seleção natural.

d) recombinação gênica.

e) variabilidade genética.

A alternativa correta é b) adaptação.

Tanto Lamarck quanto Darwin defendiam que o meio exerciam influências sobre os organismos. Porém, apresentavam divergências em relação à explicação dessa influência.

Para Lamarck o meio induzia os seres vivos a mudarem seu comportamento, resultando em novos caracteres. Já Darwin falava que o meio selecionava os mais aptos a sobreviver (seleção natural).

Compartilhe

TOPO