Niels Bohr

Niels Bohr foi um físico dinamarquês responsável pela proposição de um modelo atômico que leva seu nome. Esse modelo é capaz de explicar fenômenos como o efeito fotoelétrico.

Niels Bohr foi um físico nascido na Dinamarca, na segunda metade do século XIX. Sua principal contribuição para a Ciência foi a proposição de um modelo atômico. Esse modelo é o atualmente aceito pela comunidade científica e sua importância foi tão grande que Bohr ganhou o prêmio Nobel de Física. Veja a biografia, frases do cientista e muito mais.

Índice do conteúdo:

Biografia

Bohr em 1922. Fonte: Wikimedia

Niels Bohr, cujo nome completo é Niels Henrik David Bohr, nasceu em Copenhague, dia 7 de outubro de 1885. Esse cientista foi o segundo de três irmãos. Sua família possuía privilégios sociais e financeiros. Por exemplo, o pai, Christian Bohr, era professor de fisiologia na Universidade de Copenhague. Por sua vez, a mãe, Ellen Adler Bohr, era descendente de uma família judia abastada.

Durante a virada acadêmica, Bohr estudou Física desde a graduação até o doutorado. O qual concluiu em 1911. Após a aquisição do título de doutor em Física, o cientista mudou-se para a Inglaterra e trabalhou com J. J. Thomson.

No que diz respeito à sua vida pessoal, o cientista dinamarquês, casou-se com Margrethe Nørlund. O casal teve seis filhos. Um deles, Aage, também se dedicou à Física e, assim como o pai, foi laureado com o prêmio Nobel.

Bohr faleceu em sua cidade natal, Copenhague, na Dinamarca, em 18 de novembro de 1962, vítima de uma trombose.

A maior contribuição de Niels Bohr

O contexto histórico e científico de Bohr é importante ser destacado. Afinal, esse cientista teve o ápice de sua carreira acadêmica em um período em que a teoria atômica e a teoria quântica estavam em pleno desenvolvimento.

Dessa maneira, a principal contribuição de Bohr para a Ciência foi seu modelo atômico. Essa proposição teórica lhe renderia o maior prêmio dado a um cientista. Ou seja, o prêmio Nobel.

O modelo atômico de Bohr consistia em uma ideia de que os elétrons deveriam girar ao redor do núcleo em órbitas bem determinadas. Porém, quando houvesse uma perturbação elétrica no átomo, alguns elétrons poderiam mudar e órbita e liberar energia para voltar à posição original.

Apesar de o modelo atômico ser conhecido como o átomo de Bohr, é importante ressaltar que o trabalho não foi individual. Existem diversas outras pessoas que contribuíram para que Bohr chegasse a essa conclusão. Além disso, todo o contexto histórico, social e científico da época era propício para este tipo de estudo teórico.

7 frases de Niels Bohr

Assim como outras importantes figuras históricas, as frases desse cientista ficaram famosas. Contudo, é preciso atenção porque algumas delas podem ter sua autoria trocada ou podem ser tiradas de contexto. Dessa forma, veja sete frases desse notório cientista:

  1. Se a mecânica quântica não te chocou profundamente, você ainda não a entendeu.
  2. Tudo que nós chamamos de real é feito de coisas que não podem ser provadas reais.
  3. O oposto a um fato é a falsidade. Porém, o oposto a uma profunda verdade pode, muito bem, ser outra profunda verdade.
  4. Um físico é apenas a maneira de um átomo olhar para si mesmo.
  5. A melhor arma de uma ditadura é o sigilo. Mas a arma de uma democracia deve ser a arma da transparência.
  6. Não, você não está pensando. Você só está sendo lógico.
  7. É errado pensar que a tarefa da Física é descobrir como é a Natureza. A Física diz respeito ao que dizemos sobre a Natureza.

As frases de uma personagem histórica devem ser compreendidas e interpretadas em seu contexto. Por isso, é importante conhecer mais sobre a biografia e os desenvolvimentos científicos.

Vídeos sobre Niels Bohr

Para compreender mais sobre esse cientista, é preciso consumir mais material que fale de sua vida e de sua carreira acadêmica. Por isso, assista aos vídeos selecionados e conheça mais sobre a vida de Bohr.

Bioagrafia de Niels Bohr

Niels Bohr é um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento e pela consolidação da Física Moderna. Por isso, o canal O Mundo da Ciência, conta brevemente como foi a vida desse importante cientista. Ao longo do vídeo, são tratados os feitos pessoais e acadêmicos de Bohr.

O modelo atômico de Bohr

Não é possível observar um átomo a olho nu. Contudo, os cientistas elaboram modelos matemáticos que podem explicar os fenômenos físicos. Um desses modelos foi proposto por Niels Bohr. Para compreender as bases teóricas dessa proposição, assista ao vídeo do canal Ciência Todo Dia.

Uma breve história do átomo

Ao longo da história da humanidade, o ser humano quis entender do que é feita a matéria. Isso levou ao conceito de átomo. Porém, a concepção e os modelos atômicos mudam ao longo do tempo. Isso acontece por diversos motivos. Pedro Loos, do canal Ciência Todo Dia, conta brevemente sobre como essa concepção mudou ao longo dos anos.

Conhecer sobre a História da Ciência é importante. Aliado a isso, é importante aprender sobre os feitos dos cientistas por trás da história. Dessa forma, veja mais sobre o modelo atômico de Bohr.

Referências

Harmony and Unity: : The Life of Niels Bohr (1988)- Niels Blaedel. [sem link]
Niels Bohr: The Man, His Science, and the World They Changed (1966)- Ruth Moore. [sem link]
Suspended in Language: Niels Bohr’s Life, Discoveries, and the Century He Shaped (2004) – Jim Otaviani, Leland Purvis [sem link]

Hugo Shigueo Tanaka
Por Hugo Shigueo Tanaka

Divulgador Científico e co-fundador do canal do YouTube Ciência em Si. Historiador da Ciência. Professor de Física e Matemática. Licenciado em Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM). Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática (PCM-UEM).

Como referenciar este conteúdo

Tanaka, Hugo Shigueo. Niels Bohr. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/fisica/niels-bohr. Acesso em: 27 de November de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [UFPR]

Segundo o modelo atômico de Niels Bohr, proposto em 1913, é correto afirmar:

A) No átomo, somente é permitido ao elétron estar em certos estados estacionários, e cada um desses estados possui uma energia fixa e definida.
B) Quando um elétron passa de um estado estacionário de baixa energia para um de alta energia, há a emissão de radiação (energia).
C) O elétron pode assumir qualquer estado estacionário permitido sem absorver ou emitir radiação.
D) No átomo, a separação energética entre dois estados estacionários consecutivos é sempre a mesma.
E) No átomo, o elétron pode assumir qualquer valor de energia.

Alternativa correta: A
Já que esse foi o fato principal que distinguia a teoria de Bohr da teoria de Rutherford.

2. [UFGRS]

Uma moda atual entre as crianças é colecionar figurinhas que brilham no escuro. Essas figuras apresentam em sua constituição a substância sulfeto de zinco. O fenômeno ocorre porque alguns elétrons que compõem os átomos dessa substância absorvem energia luminosa e saltam para níveis de energia mais externos. No escuro, esses elétrons retornam aos seus níveis originais, liberando energia luminosa e fazendo a figurinha brilhar. Essa característica pode ser explicada considerando-se o modelo atômico proposto por:

a) Dalton.

b) Thomson.

c) Lavoisier.

d) Rutherford.

e) Bohr.

Alternativa correta: E

O modelo atômico de Bohr propõe que o elétron, ao passar de uma órbita para outra, absorve ou emite um quantum de energia. Essa energia é emitida, geralmente, na forma de luz.

Compartilhe

TOPO