Ginástica laboral

A ginástica laboral é uma prática corporal voltada à prevenção de doenças osteomusculares relacionadas ao ambiente de trabalho.

A ginástica laboral é uma prática que promove exercícios benéficos para a prevenção de LER e DORT, complicações músculo-tendinosas relacionadas a atividades de rotina de trabalho. Confira, nesta matéria, a sua história, os tipos de ginástica propostos e os seus benefícios. Acompanhe:

Índice do conteúdo:

Breve história da prática

A ginástica laboral surgiu em 1925, na Polônia, a partir da necessidade de prevenção de LER (Lesão por Esforço Repetitivo) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Por essa razão, era chamada também de ginástica da pausa, pois se referia a alguns minutos em que os operários pausavam suas tarefas. Posteriormente, essa prática se difundiu pela Holanda, Rússia, Alemanha, Bélgica, Japão e Suécia, chegando aos EUA em 1968.

No Brasil, há relatos de ocorrência da prática na década de 1970, embora sem muita efetividade. Então, em 1987, com o reconhecimento da tenossinovite como doença profissional pelo Ministério da Previdência e Assistência Social, houve a exigência de medidas de enfrentamento às ameaças à saúde do trabalhador por parte dos empresários. Assim, o discurso emergente de promoção da saúde do trabalhador convergiu com o da “doença dos digitadores” (LER/DORT).

Tipos de ginástica laboral

A ginástica laboral objetiva a prevenção de LER e DORT, causados pela dinâmica própria da rotina de trabalho. Nesse sentido, é proposta principalmente em três tipos, conforme explicadas a seguir:

  • Ginástica preparatória: compreende exercícios de alongamento e/ou aquecimento que são realizadas entre 5 e 10 minutos antes de iniciar as atividades de trabalho.
  • Ginástica compensatória: integram exercícios de descontração e relaxamento da musculatura, sendo realizados ao longo do dia de trabalho, conforme a necessidade de cada pessoa.
  • Ginástica de relaxamento: é realizada ao final do dia de trabalho, com o intuito de aliviar as tensões musculares acumuladas no corpo ao longo do dia.

Essas são as formas fundamentais em que a ginástica laboral é proposta para o ambiente de trabalho. No entanto, outras dinâmicas podem ser pensadas, conforme a necessidade e as características de cada realidade.

Benefícios da ginástica laboral

Veja, a seguir, os benefícios que a ginástica laboral pode proporcionar quando incorporada à rotina de trabalho:

  • Melhora a circulação sanguínea, pois estimula o aumento da pressão arterial, além de estimular o fluxo para determinadas áreas do corpo.
  • Contribui para o alongamento da musculatura, evitando encurtamentos de tendões e perda de tônus muscular.
  • Estimula a correção postural, pois incita a mudança de postura quanto à habitual exigida pela rotina de trabalho. Assim, leva o organismo a se readequar em resposta à alteração dos grupamentos musculares.
  • Favorece o bom relacionamento entre os colegas de trabalho, pois constitui um espaço de descontração e relaxamento em grupo.
  • Melhora o ritmo de trabalho e a concentração nas tarefas, pois proporciona um momento em que se desvia a atenção das funções, contribuindo para limpar e relaxar a mente, gerando alívio e estímulo.

Além de prevenir complicações musculoesqueléticas, a prática também contribui para a qualidade das relações interpessoais e para a produtividade nas funções e tarefas, como demonstrado. Ficou interessado em saber mais sobre essa prática? Então confira os vídeos a seguir.

Saiba mais sobre a ginástica laboral

Na sequência, são apresentados vídeos complementares ao conteúdo abordado nesta matéria, para que você compreenda melhor o que é a ginástica laboral e a que ela se propõe e também para que possa praticá-la. Não deixe de conferir!

O que é a ginástica laboral?

Nesse vídeo, você confere características dessa prática, além de imagens de atividades propostas no ambiente de trabalho. Assista e conheça melhor como ginástica laboral e ambiente de trabalho são relacionados.

Tipos de ginástica

Esse vídeo comenta a respeito dos três tipos de ginástica laboral apresentados nesta matéria, abordando características e objetivos de cada um. Assista para compreender melhor!

Sugestão de exercícios

Aqui, apresenta-se uma sugestão de exercícios de alongamentos a serem realizados na ginástica laboral. O que acha de tirar uns minutinhos para realizá-los?

Esta matéria apresentou aspectos relacionados à história da ginástica laboral, bem como das propostas dessa prática e também seus benefícios aos trabalhadores. Continue estudando a respeito das formas de ginástica conferindo tudo sobre a ginástica artística!

Referências

Educação em saúde: programa ginástica laboral como atividade educativa (2008) – Marcia Winter
Ginástica laboral: prerrogativa do profissional de educação física (2015) – Antonio Eduardo Branco

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Professor mestrando em Educação Física formado pela Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Temáticas estudadas envolvem corpo, subjetividade, discurso, cultura e saúde.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Ginástica laboral. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/ginastica-laboral. Acesso em: 09 de October de 2021.

Exercícios resolvidos

1. [PA/AL-2019]

Consoante Oliveira (2007), a ginástica laboral é classificada em cinco tipos, dependendo do horário e do objetivo. Assinale a alternativa CORRETA:

A) Ginástica Laboral Preparatória: ministrada no início do expediente;
B) Ginástica Laboral Compensatória: aplicada no meio do expediente (pausa ativa após 3 ou 4 horas de trabalho);
C) Ginástica Laboral Relaxamento: aplicada nas pessoas que solicitam no setor de Recursos Humanos;
D) Ginástica Corretiva: pode ser executada durante ou fora do expediente de trabalho;
E) Ginástica Laboral de Manutenção: caracteriza-se por um programa de condicionamento físico que visa prevenir e/ou reabilitar as doenças crônicas degenerativas.

A resposta correta é a alternativa C.

A ginástica de relaxamento, realizada ao final do dia de trabalho, visa aliviar a tensão acumulada no decorrer do dia, podendo ser solicitada ao RH das empresas, quando se trata de locais em que há a contratação de profissionais especificamente direcionados ao desempenho dessa função.

2. [EBSERH-2015]

Um dos objetivos da Ginástica Laboral é

A) manter a estética corporal.
B) treinar todas as capacidades biomotoras.
C) treinar força máxima.
D) prevenir a fadiga muscular e lesões ocupacionais.
E) o desempenho esportivo.

A resposta correta é a alternativa D.

Prevenir a fadiga muscular e lesões ocupacionais, como LER e DORT, é o objetivo central da ginástica laboral.

3. [UECE/CEV-2016]

Assinale a opção que caracteriza a ginástica laboral.

A) Exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho.
B) Diminuição da obesidade através de programas de boas práticas nutricionais no trabalho.
C) Aumento da frequência cardíaca máxima por meio de exercícios ao ar livre.
D) Atividades físicas realizadas fora do ambiente de trabalho.

A resposta correta é a alternativa A.

A ginástica laboral caracteriza-se pela realização de exercícios físicos em ambiente de trabalho, com o intuito de prevenir complicações no organismo decorrentes da rotina de trabalho.

Compartilhe

TOPO