Futsal

O futsal é uma adaptação do futebol de campo, em termos de local e número de praticantes, e um desdobramento do futebol de salão, com relação às regras e fundamentos.

O futsal é uma adaptação do futebol de campo, alterando-se o local da prática e o número de jogadores. No início, era chamado “Futebol de Salão”, porém, ao filiar-se à FIFA, adquiriu as características que o configuram como atualmente conhecemos. Para esclarecer essa configuração, esta matéria aborda sua história, seus fundamentos e suas regras. Acompanhe!

História do Futsal

Há duas versões a respeito da criação do futsal: uma a atribui ao Brasil, em 1930, e outra ao Uruguai, em 1933. Em ambas, o futsal se apresenta como uma adaptação do futebol de campo. As narrativas que constituem essas versões contam que as primeiras partidas de futsal foram realizadas por alunos da Associação Cristã de Moços (ACM) de ambos os países, sediadas em São Paulo e em Montevidéu, respectivamente.

Desse modo, essas versões possuem elementos em comum. De acordo com elas, os alunos das ACMs jogavam o futebol em quadras esportivas, como a de basquetebol, e com número reduzido de jogadores em relação ao futebol de campo (de 5 a 7). Essas adaptações decorriam da dificuldade de encontrarem campos livres para a prática do futebol “clássico” e do número insuficiente de jogadores para completar dois times com 11 membros.

A versão mundialmente aceita para a criação do futsal é a do Uruguai, atribuída ao professor de educação física Juan Carlos Ceriani, responsável pela organização da prática na Asociación Cristiana de Jóvenes (ACJ). Conforme essa narrativa, o nome inicialmente atribuído à prática foi Indoor-Football. Portanto, apenas em 1935 teria ocorrido no Brasil o primeiro jogo do então renomeado “futebol de salão”, realizado pela ACM de São Paulo.

Desdobramentos no Brasil

Em 1952, foi fundada, em São Paulo, a primeira instituição de que se tem registro em relação ao futsal no Brasil: a Liga de Futebol de Salão da ACM. Dois anos depois, foi criada a Federação Metropolitana de Futebol de Salão. Essas duas entidades tornam a década de 1950 bastante significativa, uma vez que, nesse período, foram formuladas as primeiras regras do futebol de salão.

O primeiro livro de regras foi criado por Luiz Gonzaga e João Havelange, em 1956. Desse momento até o fim da década de 1990, federações foram criadas em todas as regiões do Brasil, entre elas a Federação Brasileira de Sports. Essa federação teve seu nome alterado para Confederação Brasileira de Desportos (CBD) e, em 1979, foi oficializada como Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Em 1971, a CBF se filiou à Federação Internacional de Futebol de Salão (FIFUSA) e, posteriormente, à Associação Mundial de Futsal (AMF). A partir de 1990, a CBF se desliga da FIFUSA e da AMF e filia-se à Federação Internacional de Futebol e Associações (FIFA). Assim, o futsal adquire fundamentos mais demarcados, com regras que o distinguem do futebol de salão, regulamentado pela FIFUSA e pela AMF.

Fundamentos do futsal

O jogo de futsal ocorre em duas partidas de 20 minutos cada, mediadas por 10 minutos de intervalo. Nesse período de tempo, as duas equipes buscam realizar gols em seus adversários. Para isso, baseiam suas jogadas nos seguintes fundamentos: recepção, condução, drible, passe e chute. A seguir, veja em que consiste cada um desses fundamentos:

  • Recepção: receber a bola em boas condições para uma próxima jogada.
  • Condução: progredir com a bola pelo espaço de jogo.
  • Drible: se livrar da marcação adversária mantendo a posse de bola.
  • Passe: enviar a bola a um companheiro de equipe em melhores condições.
  • Chute: finalizar a bola para marcar o gol.

Principais regras do futsal

As regras oficiais do futsal são organizadas pela FIFA em dezessete eixos. De modo geral, tais eixos discorrem a respeito da duração e dos momentos do jogo, da quadra, da bola, dos árbitros e suas funções, dos jogadores e suas funções e das situações penalizadas no jogo. Veja as regras fundamentais:

Quadra

iStock

A quadra do futsal é delimitada por duas linhas laterais, de 25 metros cada, e por duas linhas de fundo, de 16 metros. Ela possui também uma linha central que comunica as duas linhas laterais, formando os dois campos em que os jogadores se organizam. Sobre essa linha, se encontra o círculo central, com raio de 6 metros, onde a bola é posicionada em todo início e reinício de jogo.

Além disso, na linha lateral localizada próximo à mesa de arbitragem, se encontra a zona de substituição. Essa zona é um espaço de 5 metros da linha lateral que é reservado para a entrada e a saída dos jogadores durante a partida. Por esse espaço, os árbitros conseguem acompanhar as alterações de jogadores e registrar na súmula da partida.

A linha da meta é outra demarcação de espaço da quadra de grande importância no jogo. Ela sinaliza a área penal, onde acontecem as cobranças de tiro direto. A distância do gol até a marcação de tiro direto (onde a bola é posicionada para a cobrança) é de 10 metros. Também se localizam nessa área as linhas do tiro de canto, onde são cobrados os escanteios.

Jogadores

O futsal é jogado por cinco jogadores de cada equipe, sendo quatro de linha e um goleiro, que também pode atuar na linha. Isso geralmente ocorre em fases ofensivas do jogo, para compensar a ausência de algum jogador expulso durante a partida. Além disso, cada equipe pode ter até nove jogadores de reserva no banco, para substituições livres no decorrer da partida. Conheça as posições e funções desses jogadores:

  • Goleiro: responsável por defender o gol do seu time dos ataques do time adversário.
  • Fixo: é o jogador mais próximo ao goleiro. É responsável por defender seu campo e o gol dos avanços da equipe adversária. Além disso, atua na organização do sistema tático do jogo.
  • Alas: são os jogadores laterais. Eles organizam as jogadas de ataque e de defesa e, em geral, são os atletas mais velozes do time.
  • Pivô: é o jogador posicionado mais próximo do centro da quadra e do campo adversário. É o principal jogador de ataque, geralmente o mais forte e ágil do time.

Faltas

iStock

A cobrança lateral é a falta mais comum no jogo. Ocorre quando um jogador toca a bola e ela sai inteiramente do limite da linha lateral. Então, a bola é recolocada em jogo pela equipe adversária, que deve realizar um passe a algum dos companheiros de equipe.

Além dessa, outra cobrança é a de tiro de canto. Essa cobrança é sinalizada quando um jogador toca a bola e ela sai inteiramente do limite da linha de fundo, sendo cobrada, também, com um passe.

Há ainda o pênalti, uma falta característica do futsal. Um pênalti é marcado quando uma falta é cometida por um jogador sobre o adversário dentro da própria área (em seu campo de defesa), sendo concedida à equipe adversária a cobrança de um tiro livre direto. Além dessas, outras faltas são marcadas quando se infringe alguma regra do jogo, como usar força excessiva ou tocar a bola com as mãos.

Punições

Em caso de faltas graves, de jogadas antiesportivas ou avaliadas pelo árbitro como imprudentes, os jogadores são punidos com expulsão ou com advertência. Assim, cada jogador pode receber até duas advertências em uma partida, sendo elas sinalizadas com cartões amarelos.

O cartão vermelho, por sua vez, sinaliza a expulsão imediata do jogador, tanto da partida atual quanto de futuras, no caso de campeonatos. Desse modo, o cartão vermelho deve ser aplicado quando um jogador já possui duas infrações, mas também pode ser sinalizado diretamente em uma infração grave.

Com isso, a equipe do jogador que recebe uma expulsão deve permanecer com um jogador a menos em quadra pelo tempo de dois minutos cronometrados, ou até a equipe sofrer um gol. Depois, outro jogador deve entrar para substituir o jogador expulso.

Vale ressaltar que, caso um time fique com menos de três jogadores em campo em função de expulsões, encerra-se a partida e a equipe adversária é considerada vencedora. Outro aspecto a ser ressaltado em relação às regras é que, diferente do futebol de campo, não há a regra de impedimento no futsal.

Vídeos sobre regras e jogadas do futsal

Para entender melhor o conteúdo abordado nesta matéria, confira, a seguir, vídeos a respeito das regras e organização de jogo do futsal:

Como explicar a história do futsal?

Esse vídeo didático ilustra a história do futsal, com animações e fotografias, apresentando a explicação geral dada à criação desse esporte, conforme abordado na matéria. Acompanhe!

Posições e funções no futsal

Esse vídeo ilustra e explica, de forma didática, as posições dos jogadores de futsal em quadra, contribuindo para compreender a dinâmica de deslocamento dos jogadores durante as partidas.

Regras do futsal

Esse vídeo demonstra, por meio de ilustrações, os principais aspectos das regras do futsal, conforme abordados nesta matéria, dando uma dimensão dos espaços e das ações de jogo. Confira!

Regras do futsal 2020

Esse vídeo comenta sobre as regras do futsal, apresentando e explicando as mudanças anunciadas pela FIFA para o ano de 2020. Pegue essa dica e fique por dentro das novas regras!

O futsal possui regras e fundamentos bem demarcados, o que contribui para compreendê-lo. Desse modo, não deixe de exercitar o conteúdo aprendido respondendo às questões desta matéria e conferindo suas respostas. Aproveite também para conhecer os esportes disputados nos Jogos Olímpicos de Inverno e de Verão, listados na nossa matéria sobre as Olimpíadas.

Referências

A transição do futebol de salão para o futsal: um percurso histórico no Rio Grande do Sul (2015) – Paulo Renato Vicari

Futsal: ensino e prática (2004) – Carlos Alberto Tenroller

Futsal: princípios técnicos e táticos (2001) – Rogério da Cunha Voser

João Paulo Marques
Por João Paulo Marques

Bacharel em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Pesquisador integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL/UEM/CNPq) e do Grupo de Estudos Foucaultianos (GEF/ UEM/CNPq). Pesquisas focalizando Cultura Física, Discurso, Corpo e Subjetividade.

Como referenciar este conteúdo

Marques, João Paulo. Futsal. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/educacao-fisica/futsal. Acesso em: 22 de September de 2020.

Exercícios resolvidos

1.

Quando a bola pode ser considerada fora de jogo no futsal?

a) Quando ela sai pela linha lateral ou pela linha de fundo.
b) Quando o árbitro marca o impedimento.
c) Quando o jogador ala faz um drible.
d) No início do jogo.

A resposta correta é “a) Quando ela sai pela linha lateral ou pela linha de fundo.”

2.

Em relação à expulsão de jogadores e à inclusão de um novo jogador em quadra, reconstituindo o número total de atletas, analise as seguintes assertivas:

I) A equipe pode incluir um jogador após dois minutos cronometrados.
II) A equipe pode incluir um jogador após sofrer um gol.
III) Nenhum atleta pode voltar após uma expulsão.
IV) A equipe pode incluir um jogador após dois minutos cronometrados ou sofrer um gol.

Estão corretas as assertivas:
a) I, III e IV
b) I, II e IV
c) II, III e IV
d) I, II e III

A resposta correta é “b) I, II e IV”

3.

Identifique a situação em que é cobrado o tiro de meta:

a) O tiro de meta é cobrado quando a bola ultrapassa inteiramente os limites laterais da quadra.
b) O tiro de meta é cobrado quando a bola é chutada pelo adversário e faz gol.
c) O tiro de meta é cobrado quando o adversário sofre pênalti.
d) O tiro de meta é cobrado quando a bola é chutada pelo adversário e o goleiro defende.

A resposta correta é “c) O arremesso de meta é cobrado quando o adversário sofre pênalti.”

Compartilhe

TOPO