Cianobactérias

As cianobactérias são microrganismos fotossintetizantes que desempenham muitas funções importantes.

As cianobactérias são microrganismos peculiares, pois, apesar de serem organismos fotossintetizantes, elas fazem parte do grupo das bactérias. Nesta matéria, vamos entender suas principais características e importância ecológica, além de conferir videoaulas e exercícios resolvidos sobre o assunto. Acompanhe:

Características das cianobactérias

As cianobactérias, ou algas azuis, são microrganismos procariontes com estrutura celular semelhante à da célula bacteriana. São organismos fotossintetizantes que, diferente das plantas, não apresentam fotossistemas I e II organizados em cloroplastos. A seguir, listamos as principais características das cianobactérias:

  • São importantes produtores primários;
  • Colonizam diferentes tipos de ambientes, desde ambientes aquáticos de água doce ou salgada até ambientes terrestres e locais úmidos;
  • Surgiram há cerca de 3 milhões de anos e foram fundamentais para a produção de oxigênio acumulado na atmosfera primitiva;
  • Possuem outros tipos de pigmentos além da clorofila, como ficocianinas e ficoeritrinas;
  • Têm alta capacidade de adaptação às condições extremas, por isso seu grande sucesso evolutivo;
  • Muitas espécies vivem em simbiose com outros organismos;
  • Possuem a bainha de mucilagem, uma estrutura externa responsável pela proteção contra a dessecação;
  • Apresentam células especializadas – como os heterocistos, responsáveis pela fixação de nitrogênio, e os acinetos, células resistentes a condições ambientais estremas que podem ser comparadas aos esporos.

Apesar de serem classificadas em um filo dentro do reino das bactérias, muitos ecólogos agrupam as cianobactérias com as algas, por conta do estilo de vida semelhante.

Como vivem as cianobactérias

iStock

Veja, a seguir, como é o ciclo de vida das cianobactérias nos ambientes:

Onde vivem

As cianobactérias podem ser encontrados em diferentes ambientes. Geralmente, vivem em ambientes aquáticos – principalmente em água doce, como lagos e rios, mas também estão presentes nos mares. Ainda, algumas espécies vivem associados a outros animais, podendo ser encontrados em superfícies como árvores, telhados, rochas, etc. Essa associação é chamada de simbionte e os organismos vivem uma relação benéfica: por exemplo, os líquens são uma relação simbiótica entre fungos e cianobactérias.

Como se alimentam

As cianobactérias são seres fotossintetizantes. Por conta disso, elas produzem seu próprio alimento por meio da luminosidade. Diferente das plantas, esses microrganismos possuem outros pigmentos além da clorofila. São eles as ficocianinas (pigmento azulado) e as ficoeritrinas (pigmento vermelho).

Além disso, apresentam morfologia bastante diversa e incluem formas unicelulares, filamentosas ou em colônias.

A importância das cianobactérias

Esse grupo é muito importante para a manutenção da vida na Terra. Além de serem importantes produtores primários, também participam do ciclo do nitrogênio. Isso porque possuem células especializadas, chamadas heterocistos, que fixam nitrogênio, convertendo-o em amônio, e contribuem para a fertilidade do solo e da água.

Além disso, a espirulina (um tipo de cianobactéria) é uma fonte rica em proteína e com ação antioxidante e anti-inflamatória muito usada no controle de colesterol e diabetes.

Cianotoxinas

Algumas espécies de cianobactérias produzem compostos tóxicos muito nocivos aos animais. O maior problema dessa toxicidade é quando ocorre uma multiplicação excessiva desses organismos em ambiente aquáticos. Dessa maneira, formam-se as florações que criam nata verde sobre a água.

A principal causa disso é o excesso de nutrientes como fósforo e nitrogênio, que resulta na perda de biodiversidade do local. Além disso, qualquer outro animal que entre em contato com essas florações podem ir a óbito dependendo do tempo de exposição.

Cianobactérias X algas

iStock

As algas são um agrupamento para os organismos de diferentes origens que fazem fotossíntese e possuem ciclo de vida em meio aquático. Por isso, podem ser eucariontes ou procariontes, diferentes da cianobactérias. Estas são procariontes originárias de uma bactéria, formando, assim, um filo dentro do domínio Bacteria.

Saiba mais sobre as cianobactérias

Selecionamos vídeos para te ajudar a aprofundar seus conhecimentos. Então, não deixe se conferir nossa seleção!

Importância das cianobactérias

Nessa aula, o professor Guilherme explica a importância evolutiva das cianobactérias. Ainda, aborda as principais características desses organismos e as suas diferenças em relação às algas e bactérias.

Mais características das cianobactérias

Essa outra videaoula apresenta mais informações sobre as cianobactérias. Aqui, o professor Davi mostra também imagens desses microrganismo e do meio onde vivem. Acompanhe!

Evolução das cianobactérias

Nesse vídeo, veja como as cianobactérias deram origem à vida e, atualmente, se tornaram um grande problema ambiental. Não deixe de conferir!

Em conclusão, as cianobactérias são importantes organismos para a manutenção dos ecossistemas. Porém, podem causar grandes problemas ambientais devido à sua excessiva multiplicação e toxicidade. Continue seus estudos de biologia e entenda também o processo de fotossíntese!

Referências

A Economia da Natureza (2003) – Robert E. Ricklefs
Cianobactérias: um problema de saúde pública (2020) – Jornal UFG
Fundamentos de Limnologia (1988) – Francisco A. Esteves

Gabriela Naomi
Por Gabriela Naomi

Acadêmica de último ano de Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Integrante do grupo de pesquisa na área de limnologia, com ênfase em ecologia de zooplâncton na mesma universidade.

Como referenciar este conteúdo

Tanaka Santos, Gabriela Naomi. Cianobactérias. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/cianobacterias. Acesso em: 25 de November de 2020.

Exercícios resolvidos

1. [Mack-2005]

As cianobactérias têm sido motivo de preocupação, pois têm provocado problemas sérios para o ser humano. No tratamento da água servida à população, os gastos são enormes, em grande parte devido à contaminação por cianobactérias. A respeito desses organismos, é correto afirmar que são

a) procariontes e quimiossintetizantes.
b) procariontes e fotossintetizantes.
c) eucariontes e fotossintetizantes.
d) eucariontes e quimiossintetizantes.
e) eucariontes e heterótrofos.

A alternativa correta é b) procariontes e fotossintetizantes.

As cianobactérias formam um filo no domínio Bacteria.

2. [PUC RJ-2007]

As cianobactérias podem ser consideradas seres vivos autossuficientes porque são capazes de:

a) fixar tanto N2 quanto CO2 sob a forma de matéria orgânica.
b) absorver cálcio e nitrogênio diretamente das rochas.
c) fixar o H2 atmosférico sob a forma de matéria orgânica.
d) degradar qualquer tipo de matéria inorgânica ou orgânica.
e) disponibilizar o fósforo para outros seres vivos.

A alternativa correta é a) fixar tanto N2 quanto CO2 sob a forma de matéria orgânica.

As cianobactérias atuam na ciclagem do carbono e do oxigênio, além de fixar o nitrogênio atmosférico.

Compartilhe

TOPO