Bossa Nova

A música brasileira que nasceu do samba e do jazz e conquistou muitos ouvintes pelo mundo.

A Bossa Nova é um gênero musical brasileiro, considerado movimento de ruptura na música, que se iniciou no país em meados da década de 50, se desenvolvendo nos anos 60 e influenciando os movimentos musicais por vir. Conheça a história desse movimento e veja suas principais características e artistas.

História da Bossa Nova

A Bossa Nova, gênero musical genuinamente brasileiro, é considerada um movimento de ruptura na trajetória da música popular brasileira. Marcada pela reconciliação da música erudita e da música popular, estabeleceu uma sonoridade sofisticada e popular ao mesmo tempo. É considerada uma fusão entre o samba brasileiro e fortes influências do jazz americano. João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes são precursores e grandes nomes do gênero.

Contexto histórico

A Bossa Nova se instaura no cenário brasileiro em meados do década de 50, durante a presidência de Juscelino Kubitschek, no mesmo período em que se percebe avanços da industrialização, grande crescimento da urbanização e, com a inauguração da televisão aberta no país, a formação da cultura popular. O movimento se desenvolve na cidade do Rio de Janeiro, levantando questões sociais a partir da dualidade sócio-econômica e cultural das zona norte (representada pelo samba) e sul (representada pelo jazz norte-americano).

Após a Era de Ouro no Rádio e com a dualidade cultural apresentada no cenário carioca, atribuiu-se a João Gilberto esse movimento de ruptura musical, que propõe uma sonoridade despojada e racionalista que dialogava com outras manifestações culturais do período.

Mas por que “Bossa Nova”?

A palavra bossa, na década de 30, fazia parte do vocabulário carioca, significando “jeito” ou “tendência a”. Dessa forma, foi utilizada como nome do gênero para expressar uma nova forma de se tocar samba.

Características da Bossa Nova

  • Harmonização: compositores como Tom Jobim adicionaram a sofisticação harmônica apresentada no jazz norte-americano à nova estrutura rítmica.
  • O modo falado de cantar: em oposição ao modo de interpretação operístico usado pelos cantores do rádio, a voz ganha um aspecto mais contido e próximo da fala.
  • A voz do violão: é atribuída a João Gilberto a batida da Bossa Nova, que apresenta uma nova leitura rítmica para o samba. Mais marcadas e espaçadas, as construções musicais dão voz ao violão e o transformam num interlocutor da voz cantada.
  • Linguagem coloquial: sem grandes apuros eruditos, a linguagem e a temática se afastam da simplicidade do samba de barracão, ganhando um certo lirismo, mas com uso de expressões coloquiais e acessíveis.

A Bossa Nova tem suas características fundadas na fusão musical de diferentes gêneros no Brasil. Vale destacar que o gênero apresenta características semelhantes nos anos 50 e 60. Na década de 60, porém, as temáticas das canções demonstram maior posicionamento político, devido à Ditadura Militar.

Principais artistas

A Bossa Nova surge da união de um grupo de artistas cariocas, entretanto existem alguns nomes que se destacam na formação e na disseminação do estilo musical. Conheça alguns deles:

João Gilberto

Fonte: Estadão

João Gilberto (1931-2019) foi cantor, compositor e violonista carioca. É referenciado como o criador da batida da Bossa Nova, fortemente influenciada pelo jazz. A sua rítmica tocada no violão ganhou o apelido de “Violão Gago”, devido ao jeito espaçado de tocar o ritmo do samba. Seu violão acompanhou a canção Chega de Saudade, que apresentou a batida da Bossa para outros artistas no lançamento do disco Canção do Amor Demais. Também tocou a canção Desafinado, que marca o gênero.

Tom Jobim

Fonte: Jornal GGN

Antônio Carlos Jobim (1927-1994), conhecido como Tom Jobim, foi compositor, cantor, arranjador e violinista. Foi o produtor do disco Canção do Amor Demais, onde apresentou a composição das músicas Chega de Saudade e Outra Vez. Tom Jobim foi um grande parceiro do escritor Vinicius de Moraes, com quem, posteriormente, lançou a icônica canção Garota de Ipanema. Compôs com Newton Mendonça a canção Desafinado, considerada um marco para a Bossa Nova. Jobim possibilitou compreender a batida do violão como síncope da canção, mesclando o jazz e o samba.

Vinicius de Moraes

Fonte: Abril Imagem

Vinicius de Moraes (1913-1980), também carioca, foi compositor de música popular, cronista, poeta e crítico. Na Bossa Nova, foi grande parceiro de Tom Jobim, sendo responsável pela composição de canções como Garota de Ipanema, Chega de Saudade e Eu Sei que Vou te Amar.

Outros nomes que vale conhecer

  • Edu Lobo: compositor, arranjador, instrumentista e cantor, compôs a canção Só me Fez Bem em parceria com Vinicius de Moraes. Trabalhou, durante e depois da Bossa Nova, com grandes nomes da música popular brasileira.
  • Nara Leão: foi uma cantora de alto grau de instrução. Em seu apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, aconteceram grandes reuniões com personalidades influentes da música, como os grandes nomes da Bossa Nova.

Esses são alguns dos diversos nomes envolvidos na Bossa Nova. Vale lembrar que outros artistas, como Gilberto Gil e Chico Buarque, também estiveram envolvidos com o gênero e tiveram suas criações influenciadas por ele, mas não são considerados seus representantes.

Vídeos sobre a belíssima Bossa brasileira

É possível identificar as características da Bossa Nova ouvindo suas canções. Veja os vídeos e conheça um pouco mais sobre o contexto desse marco da música popular brasileira que avançou pelo mundo inteiro.

Chega de Saudade

Ouça a canção Chega de Saudade na voz de João Gilberto e compreenda a tão famosa batida da Bossa Nova.

Um documentário sobre a Bossa Nova

Veja trechos do documentário “Coisa Mais Linda – Histórias e Casos da Bossa Nova” (2005), dirigido por Paulo Thiago, que conta o surgimento e desenvolvimento do gênero musical.

A Bossa Nova é considerada um marco na música pela sua repercussão mundial, sua estruturação e características inovadoras. Conheça o trabalho de outros artistas que marcaram a história da arte brasileira, como Tarsila do Amaral, com obras que reverberaram em seu período e depois dele.

Referências

EDU Lobo. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Verbete da Enciclopédia.

JOÃO Gilberto. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Verbete da Enciclopédia.

NARA Leão. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Verbete da Enciclopédia.

NAVES, Santuza Crambaia. Da Bossa Nova à Tropicália: contenção e excesso na música popular.REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS – VOL. 15 N.43. 2000.

TOM Jobim. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Verbete da Enciclopédia.

TEIXEIRA, Pedro Bustamante. Do Samba à Bossa Nova: uma invenção de Brasil. Juíz de Fora, UFJF: Dissertação de Mestrado, 2011.

VINICIUS de Moraes. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Verbete da Enciclopédia.

Por Vanderlei Bachega Junior
Exercícios resolvidos

1. [SEDUC-RJ]

A Bossa Nova, com uma proposta diferente na poética, na rítmica, na harmonia e na forma de cantar, foi um movimento artístico musical que projetou a MPB no exterior.

De uma perspectiva histórica, a Bossa Nova foi criada por:
A) Vinicius de Moraes, Carlos Lyra e Tom Jobim
B) João Gilberto, Tom Jobim e Caetano Veloso
C) Elizeth Cardoso, Tom Jobim e Edu Lobo
D) João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes
E) Tom Jobim, Baden Powell e João Gilberto

Resposta: D

2. [UEMG]

Chega de Saudade

Composição: Tom Jobim e Vinícius de Moraes

Vai minha tristeza
E diz a ela que sem ela não pode ser
Diz-lhe numa prece
Que ela regresse
Porque eu não posso mais sofrer

Chega de saudade
A realidade é que sem ela
Não há paz não há beleza
É só tristeza e a melancolia
Que não sai de mim
Não sai de mim
Não sai

Mas, se ela voltar
Se ela voltar que coisa linda!
Que coisa louca!
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos
Que eu darei na sua boca(…)

http://www.vagalume.com.br/tom-jobim/chega-de-saudade.html.Acesso em: 19/9/2015.

A Letra da música acima é normalmente apresentada como a precursora da Bossa Nova. Ela apareceu pela primeira vez em 1958 no LP, com o mesmo nome da música, do cantor João Gilberto, que, a partir desse momento, inovava a música brasileira com uma nova “batida” de violão. A chamada Bossa Nova foi produto do intuito de um grupo de jovens que desejavam renovar a música brasileira, já que o que era tocado no rádio não representava o novo estilo de vida da juventude do período.

A Bossa Nova, como movimento, tinha características que estavam em consonância com o momento político vivido pelo Brasil, pois

a) apresentava a vida no campo, a terra e os animais como temáticas principais. Nesse período os governos brasileiros levavam a cabo a reforma agrária e a defesa da agricultura familiar.

b) percebe-se uma incisiva defesa da democracia e das liberdades individuais, já que, vivia-se uma ditadura que usava da repressão e censura para calar o meio artístico.

c) suas letras demonstravam o engajamento político de jovens de esquerda que defendiam um golpe comunista contra o Governo Jango, que era completamente subserviente aos EUA.

d) era uma música moderna com novos arranjos harmônicos e novos temas que se associavam a urbanização e a industrialização que marcaram o governo Juscelino Kubitschek.

Resposta: D

Compartilhe nas redes sociais

TOPO