Anaximandro

Para Anaximandro, o ápeiron, um elemento ilimitado, é o que poderia dar origem a todas as coisas limitadas.

Os filósofos pré-socráticos inauguram a filosofia ocidental na tradição grega, no ano VII a.C. Dentre eles, estava Anaximandro, nascido em Mileto – além de figuras como Tales, Parmênides e Empédocles. Esse pensador viajou diversos locais em sua época, buscando formular ideias a respeito da origem da organização do universo. Saiba mais sobre esse filósofo a seguir.

Biografia de Anaximandro

Gravura representando Anaximandro
A relief representing Anaximander of Miletus, Domínio Público.

Anaximandro nasceu em Mileto, e viveu mais ou menos entre os anos 610 a 547 a.C, falecendo em sua cidade natal. Ele foi um dos primeiros filósofos pré-socráticos e também sucessor de Tales, assumindo a liderança de sua escola na cidade. Além disso, era companheiro de Anaxímenes.

Dentre os filósofos gregos, Anaximandro foi responsável por desenvolver o relógio de sol e formular um mapa geográfico, além de esboçar uma astronomia. Ainda, foi o primeiro a construir uma obra filosófica escrita, mas ela foi perdida no tempo.

Apesar de sua importância, restou de sua obra apenas um fragmento. Desse modo, as suas ideias são conhecidas hoje pelos registros de terceiros – dentre eles, Aristóteles. Mesmo sem a fonte original, seu pensamento continua importante na história da filosofia ocidental.

Teorias

Tales de Mileto foi o primeiro filósofo e postulou que a origem e a organização do universo se davam pela água. Ao contrário de seu mestre, Anaximandro defendeu que nenhum elemento limitado – como a água, o fogo ou o ar – poderia dar origem a todas as coisas.

Logo, segundo Anaximandro, o elemento originário chamava-se ápeiron: uma palavra grega que significa ilimitado ou infinito. Por mais que ele não tenha definido o que era exatamente o ápeiron, era esse “algo” que tinha em si a unidade de todas as coisas e originou tudo no universo.

Desse modo, o ápeiron em si não tinha uma origem. Nele, um eterno movimento teria gerado as coisas. Nesse sentido, ele segue a ideia de seu mestre, Tales de Mileto, ressaltando posteriormente o papel da água na formação do mundo.

Assim, a humanidade também se desenvolveu a partir de outros seres – incluindo os peixes –, já que os bebês humanos são dependentes e, caso tivessem nascido dessa forma, não teriam sobrevivido.

Por fim, Anaximandro também afirmava que a Terra possuía um formato cilíndrico, como um tambor. Na época, os gregos conheciam apenas partes da Europa, África e Ásia. Consequentemente, seu primeiro mapa também era limitado.

Obras

Embora Anaximandro seja conhecido como o primeiro filósofo a escrever sistematicamente suas ideias, suas obras não resistiram às circunstâncias temporais. Assim, além de um fragmento de seu escrito, restaram registros de outros autores sobre seu pensamento.

Um dos principais autores que escreveram sobre as ideias de Anaximandro foi Aristóteles, além de Teofrasto, seu pupilo. Desse modo, os livros aristotélicos acabam servindo também como uma espécie de história da filosofia grega, já que as obras originais não existem mais.

Essa condição de apagamento está presente em praticamente todos os filósofos pré-socráticos. Um livro conhecido em alemão, publicado por Hermann Diels e Walter Kranz, compilou os fragmentos das ideias desses autores: “Die Fragmente der Vorsokratiker”.

5 vídeos sobre as ideias de Anaximandro

Graças à escassez de registros do pensamento de Anaximandro, há menos conteúdo de suas ideias em comparação a outros filósofos. Assim, embora algumas teses pareçam simples, vale a pena revisar o seu pensamento. A seguir, confira alguns vídeos didáticos para essa tarefa:

Os filósofos de Mileto

Anaximandro faz parte do período pré-socrático e, particularmente, entre os primeiros pensadores desse momento – ou seja, ele é um dos filósofos que inaugura a história da filosofia ocidental. Saiba mais sobre como ele se insere nesse contexto.

Introduzindo o filósofo

Pouco se sabe sobre a vida de Anaximandro, bem como suas obras. No entanto, ele continua sendo um representante da filosofia de sua época, sendo relevante para entender algumas linhas de reflexão que perduram até hoje.

Um resumo das principais ideias

Antes de aprofundar mais no pensamento do autor, confira um resumo dos principais pontos de suas ideias. Com eles, será possível identificar algumas linhas argumentativas construídas pelo filósofo.

O ápeiron e a terra cilíndrica

Como já foi mencionado, o ápeiron é uma das categorias mais importantes no pensamento de Anaximandro. Além disso, a ideia de uma terra no formato cilíndrico também é curiosa. Saiba mais sobre como elas foram formuladas.

O infinito

Uma vez que um dos objetivos dos filósofos pré-socráticos era refletir sobre a origem e a organização do universo, alguns princípios foram pensados. Dentre eles, o “infinito” era uma ideia importante para Anaximandro.

Com vídeos didáticos, é possível ampliar o contato com o conteúdo e falar ou escrever sobre ele de modo mais eficiente posteriormente. Em relação às ideias de Anaximandro, pode ser bastante útil compará-las com os pensamentos de outros autores de sua época, como Tales de Mileto.

5 frases de Anaximandro

Como já foi explicado, não há registros de escritos diretos de Anaximandro, exceto um, apresentado na primeira frase da lista a seguir. Nas seguintes, pensadores de sua época atribuíram a autoria a Anaximandro. Confira:

  1. “Todas as coisas se dissipam onde tiveram a sua gênese, conforme a necessidade; pois pagam umas as outras castigo e expiação pela injustiça, conforme a determinação do tempo”.
  2. “O ilimitado é eterno”.
  3. “Pois tudo ou é princípio ou procede de um princípio, mas do ilimitado não
    há princípio: se houvesse, seria seu limite”.
  4. “O ilimitado é eterno e não envelhece. E abraça todos os cosmos.”
  5. “[…] o ilimitado é totalmente responsável pela gênese e pela dissolução do universo.”

Portanto, Anaximandro é uma parte importante do início da história tradicional da filosofia ocidental. A partir desse estudo, é possível ampliar a discussão para outras filosofias e formas de pensar que possuem origem em outras localidades.

Referências

Anaximander: greek philosopher – James Evans;

Os filósofos pré-socráticos – Gerd A. Bornheim;

Os pré-socráticos – José Cavalcante de Souza.

Mateus Oka
Por Mateus Oka

Cientista social pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), realiza pesquisas na área da antropologia da ciência.

Exercícios resolvidos

1. [UNIOESTE]

O que há em comum entre Tales, Anaximandro e Anaxímenes de Mileto, entre Xenófanes de Colofão e Pitágoras de Samos? “Todos esses pensadores propõem uma explicação racional do mundo, e isso é uma reviravolta decisiva na história do pensamento” (Pierre Hadot). Com base no texto e nos conhecimentos sobre as relações entre mito e filosofia, seguem as seguintes proposições:
I. Os filósofos pré-socráticos são conhecidos como filósofos da physis porque as explicações racionais do mundo por eles produzidas apresentam não apenas o início, o princípio, mas também o desenvolvimento e o resultado do processo pelo qual uma coisa se constitui.
II. Os filósofos pré-socráticos não foram os primeiros a tratarem da origem e do desenvolvimento do universo, antes deles já existiam cosmogonias, mas estas eram de tipo mítico, descreviam a história do mundo como uma luta entre entidades personificadas.
III. As explicações racionais do mundo elaboradas pelos pré-socráticos seguem o mesmo esquema ternário que estruturava as cosmogonias míticas na medida em que também propõem uma teoria da origem do mundo, do homem e da cidade.
IV. O nascimento das explicações racionais do mundo são também o surgimento de uma nova ordem do pensamento, complementar ao mito; em certos momentos decisivos da história da filosofia as duas ordens de pensamento chegam a coexistir, exemplo disso pode ser encontrado no diálogo platônico Timeu quando, na apresentação do “mito mais verossímil”, a figura mítica do Demiurgo é introduzida para explicar a produção do mundo.
V. Tales de Mileto, um dos Sete Sábios, além de matemático e físico é considerado filósofo – o fundador da filosofia, segundo Aristóteles – porque em sua proposição “A água é a origem e a matriz de todas as coisas” está contida a proposição “Tudo é um”, ou seja, a representação de unidade.
Assinale a alternativa correta.
a) As proposições III e IV estão incorretas.
b) Somente as proposições I e II estão corretas.
c) Apenas a proposição IV está incorreta.
d) Todas as proposições estão incorretas.
e) Todas as proposições estão corretas

Resposta: e
Justificativa: os primeiros filósofos se preocuparam em dar explicações racionais para o universo se contrapondo à cosmogonia, mas ainda mantinham relações estreitas com esse conhecimento – e, de fato, não sendo eles saberes hierarquizados, podem ser complementares. A figura considerada inaugural da filosofia é Tales de Mileto.

2. [UEAP]

O VÉU E A ASA
O VOO
O ALVO
de TALES: ÁGUA
ALMA
(Herbert Emanuel, do Livro Nada ou Quase Uma Arte)
O poema faz referências explícitas a um filósofo pré-socrático. Na história da filosofia, entende-se por pré-socráticos aqueles filósofos que antecederam Sócrates. Entre as alternativas abaixo, assinale a que contém somente filósofos pré-socráticos.
a) Tales de Mileto / Santo Agostinho / Heráclito.
b) Parmênides / Anaximandro / Empédocles.
c) Parmênides / Pitágoras / Aristóteles.
d) Anaxágoras / Platão / Demócrito.
e) Anaxímenes / Xenófanes / Boécio.

Resposta: b
Justificativa: os pré-socráticos são conhecidos por se situarem em um início do conhecimento filosófico, sendo alguns exemplos Parmênides, Anaximandro e Empédocles.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO