Quimiossíntese

A quimiossíntese é a definição de uma espécie de “fotossíntese bacteriana”.

A quimiossíntese é o conceito similar à fotossíntese, mas nas bactérias. De forma resumida, trata-se da produção de matéria orgânica, através de oxidação de minerais, sem necessidade de luz solar.

As reações de quimiossíntese fazem parte do processo metabólico de bactérias autótrofas, definidas como quimiossintetizantes. A grande característica destas bactérias é a capacidade de iniciar reações sem necessidade de matéria orgânica ou luz.

Isso se deve ao fato de as bactérias obterem energia para manutenção de sua vida através de oxidações inorgânicas. Essas oxidações constantes resultam em produção de matéria orgânica através da oxidação de minerais.

quimiossintese
(Imagem: Reprodução)

O fenômeno da quimiossíntese geralmente ocorre por meio de bactérias do tipo:

  • Ferrobactérias: oxidantes de ferro;
  • Nitrobactérias: oxidantes de nitrogênio;
  • Sulfobactérias: oxidantes de enxofre;

É importante perceber que o processo quimiossintetizante ocorre a partir da produção de matéria inorgânica, gás carbônico e água, gerando material orgânico.

Diferentemente da fotossíntese – antes em comparação básica –, é possível considerar a quimiossíntese muito mais reduzida, e, de certa forma, resumida.

O processo, no entanto, é fundamental, sobretudo durante o ciclo do nitrogênio. O elemento é imprescindível na fixação ao solo ou nas plantas. Sua importância é crucial para a manutenção dos seres vivos.

Como ocorre a quimiossíntese?

A quimiossíntese ocorre por etapas diferentes, compreendendo duas diferentes. Assim, teremos:

Primeira etapa

Há a liberação de prótons e elétrons a partir da oxidação das substâncias inorgânicas. As partículas liberadas promovem a fosforilação do ADP, transformando em ATP, e reduzindo o NADP+ em NADPH.

Este, em segunda etapa, aproveitará a energia para determinadas reações, já que haverá produção de energia com a oxirredução, que ocorre entre fases.

Composto Inorgânico + O2 → Compostos Inorgânicos oxidados + Energia Química

Segunda etapa

É a chamada fase escura, onde há a redução de CO2, a qual determina a síntese de substâncias inorgânicas, através da oxidação de inorgânicos.

A segunda etapa será crucial no momento em que a energia obtida pelas bactérias reduz o gás carbônico através de fabricação de matéria orgânica. Estas podem (e serão) utilizadas para produzir compostos ou ordenar o metabolismo.

Exemplos de bactérias quimiossintetizantes

  • Nitrosomonas e Nitrobacter: são comumente encontradas no solo, reciclando o nitrogênio encontrado;
  • Beggiatoa e Thiobacillus: a partir de oxidação de enxofre, realizam seu metabolismo;

Referências

SALVADOR, Edgard e USBERCO, João. Química, volume único. 1ª edição, Editora Saraiva, São Paulo-SP, 2006. 672 p.

Mateus Bunde
Prof. Mateus Bunde

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Especialista em Linguagens pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e Mestrando em Comunicação pela Universidade do Porto, de Portugal (UP/PT).

Compartilhe nas redes sociais

TOPO