Química orgânica

A química orgânica passou por muitos estudos durante os anos, passando a ser considerada aquela parte da química responsável por estudar os compostos do carbono.

Chamamos de química orgânica a área da química que foi proposta no ano de 1777 por Torbern Olof Bergman, um químico sueco. Trata-se de um ramo que é responsável por estudar os compostos que são extraídos dos organismos vivos. Alguns anos depois de sua proposta, em 1807, Jöns Jacob Berzelius formulou a Teoria da Força Vital, que se baseava na ideia de que os compostos orgânicos necessitam de uma força maior, que seria a vida, para que fossem sintetizados. Essa obtenção ficou conhecida como síntese de Wöhler, e a partir de 1854, Pierre Eugene Marcellin Berthelot realizou experiências para, em 1862, sintetizar o acetileno. Quatro anos depois, por meio de aquecimento, obteve a polimerização do acetileno em benzeno, o que derrubou a Teoria da Força Vital.

A definição de Bergman, portanto, para a química orgânica, era inadequada, de forma que Friedrich August Kekulé, cientista alemão, propôs uma nova definição, que é aceita até os dias atuais. “Química Orgânica é o ramo da química que estuda os compostos do carbono”. Entretanto, é importante frisar que nem todos os compostos que contêm carbono são orgânicos, mas todos os compostos orgânicos contêm carbono.

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Compostos orgânicos, inorgânicos e de transição

Os compostos orgânicos são aqueles que contêm em sua composição o carbono e o hidrogênio, e os que contêm carbono, mas não têm hidrogênio, são chamados de compostos de transição. Por fim, aqueles que não contêm carbono, são os inorgânicos.

Características do Carbono

O carbono possui algumas características que devem ser conhecidas. Apresenta estado fundamental bivalente, número de massa igual a 12, número de prótons, elétrons e nêutrons igual a 6. É ametal, tetravalente (podendo, portanto, realizar até quatro ligações de elétrons), geometria tetraédrica (em forma de pirâmide) apresentando ângulos de 109° e 29’ entre as quatro ligações, é anfótero, podendo, portanto, realizar ligações com átomos eletropositivos e eletronegativos (o que significa que pode receber e doar elétrons), NOX entre -4 e 4, e capacidade de formar cadeias.

Nomenclatura dos compostos orgânicos

Os compostos orgânicos, na química orgânica, são nomeados de acordo com os prefixos, infixos e sufixos. Os prefixos são adotados de acordo com o número de carbonos na cadeia principal.
1 carbono: Met-
2 carbonos: Et-
3 carbonos: Prop-
4 carbonos: But-
5 carbonos: Pent-
6 carbonos: Hex-
7 carbonos: Hept-
8 carbonos: Oct-
9 carbonos: Non-
10 carbonos: Dec-
11 carbonos: Undec-
12 carbonos: Dodec-
13 carbonos: Tridec-
14 carbonos: Tetradec-
15 carbonos: Pentadec-
16 carbonos: Hexadec-
17 carbonos: Heptadec-
18 carbonos: Octadec-
19 carbonos: Nonadec-
20 carbonos: Eicos-

Os infixos são indicados pela classificação da cadeia quanto à saturação. As saturadas possuem apenas ligações simples entre os carbonos, enquanto as insaturadas apresentam ligações duplas ou triplas entre carbonos.
Apenas ligações simples: -an-
Ligação dupla: -en-
Duas ligações duplas: -dien-
Três ligações duplas: -trien-
Ligação tripla: -in-
Duas ligações triplas: -diin-
Três ligações triplas: -triin-
Uma ligação dupla e uma tripla: -enin-

Os sufixos são colocados conforme a função orgânica de cada composto.
Hidrocarbonetos: -o
Alcanos: -ano
Alcenos/Alquenos: -eno
Alcinos/Alquinos: -ino
Ácidos Carboxílicos: ácido + -óico
Cetonas: -ona
Aldeídos: -al
Álcoois ou fenóis: -ol
Ésteres: -oato de -ila, onde -ila é o sufixo adotado para o radical
Éteres: radical menor + -oxi- + radical maior
Aminas: radical + -amina
Amidas: radical + -amida

Referências

Química para o ensino médio – EF Mortimer, AH Machado

Por Natália Petrin
Como referenciar este conteúdo

Petrin, Natália. Química orgânica. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/quimica/quimica-organica. Acesso em: 12 de July de 2020.

Teste seu conhecimento

01. [PUC-RS] A “fluoxetina”, presente na composição química do Prozac®, apresenta fórmula estrutural:
qoex1

Com relação a esse composto, é correto afirmar que ele apresenta:
a) cadeia carbônica cíclica e saturada
b) cadeia carbônica aromática e homogênea
c) cadeia carbônica mista e heterogênea
d) somente átomos de carbonos primários e secundários
e) fórmula molecular C17H16ONF

02. [] Na fabricação de tecidos de algodão, a adição de compostos do tipo N-haloamina confere a eles propriedades biocidas, matando até bactérias que produzem mau cheiro. O grande responsável por tal efeito é o cloro presente nesses compostos.
qoex2

A cadeia carbônica da N-haloamina acima representada pode ser classificada como:
a) homogênea, saturada, normal
b) heterogênea, insaturada, normal
c) heterogênea, saturada, ramificada
d) homogênea, insaturada, ramificada

01. [C]
02. [C]

Compartilhe

TOPO