Ligações metálicas

As ligações metálicas estão muito presentes no cotidiano humano, sendo aplicadas a produções de peças, utensílios domésticos e até mesmo joias.

Chamamos de ligações metálicas aquelas que ocorrem entre os metais, formando estruturas cristalinas denominadas “ligas metálicas”, que nada mais são do que a união entre dois ou mais metais. Antes de nos aprofundarmos no assunto, precisamos conhecer as propriedades dos metais.

Publicidade

Ligações Metálicas e as propriedades dos Metais

Os metais são, na tabela periódica, os elementos da família IA e IIA, denominados metais alcalinos e metais alcalinos-terrosos. No bloco B, temos ainda a categoria dos metais de transição, e os metais representativos, que são o alumínio, gálio, índio, estanho, tálio, chumbo e bismuto. Os metais podem ser encontrados na natureza no estado sólido, de forma geral, com exceção do mercúrio, que é encontrado no estado líquido. Apresentam um brilho bastante característico, e têm facilidade em perder elétrons.

São considerados, quimicamente falando, como bons condutores elétricos e térmicos, contendo, ainda, ductibilidade, maleabilidade, altos pontos de fusão e ebulição, bem como densidade elevada.

ligações metálicas
Imagem: Reprodução

A “Idade dos Metais”, como ficou conhecida a última fase da pre-história, foi caracterizada, justamente, pela descoberta dos metais pelos homens, bem como pela sua dominação, passando a ser usado para a confecção de armas, ferramentas e artefatos. Seu conhecimento foi expandido, posteriormente, quando passaram a dominar as técnicas de fundição, passando, estes, então, a serem elementos essenciais para o desenvolvimento da sociedade.

Teoria da Nuvem Elétrica

A teoria da nuvem elétrica, também conhecida como a teoria do mar de elétrons, é quem determina o fluxo de elétrons, ocorrendo, durante as ligações metálicas, as liberações de elétrons, formando os cátions, que são os elétrons livres. Os elétrons mais distantes do núcleo do átomo, portanto, movimentam-se de forma mais livre, formando a “nuvem” de elétrons. São estes, mais distantes e mais livres, que formam as ligações metálicas, que mantêm os átomos unidos a partir de um retículo cristalino.

Constituídas por dois ou mais tipos de metais, as ligas metálicas, que se formam a partir das ligações metálicas, podem ser usadas na confecção de diversos produtos. Dentre as mais significativas e mais aplicadas para a produção, temos:

  • o bronze, formado por cobre e estanho, usado na fabricação de estátuas, sinos, moedas, entre outras coisas;
  • o latão, constituído por cobre e zinco, que é bastante usado para a fabricação de torneiras e armas;
  • o aço comum, composto por ferro e carbono, usado para construções de pontes, bem como fabricação de fogões e geladeiras; o aço inoxidável, composto por ferro, carbono, cromo e níquel, e que não enferruja, sendo bastante aplicado o seu uso para a construção de talheres, pias, fogões, utensílios cirúrgicos, peças automotivas e até mesmo para a construção de vagões de metrôs e de trens;
  • o ouro, que ainda que receba o mesmo nome de como é encontrado na natureza, usado para a fabricação de jóias passa por uma liga metálica, composta de ouro e cobre, ou ouro e prata.

Publicidade

Referências

Ligas Metálicas – Investigação e Conservação – Armando Coelho Ferreira da Silva

Natália Petrin
Por Natália Petrin

Formada em Publicidade e Propaganda. Atualmente advogada com pós-graduação em Lei Geral de Proteção de Dados e Direito Processual Penal. Mestranda em Criminologia.

Como referenciar este conteúdo

Petrin, Natália. Ligações metálicas. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/quimica/ligacoes-metalicas. Acesso em: 29 de February de 2024.

Teste seu conhecimento

01. [CEP] O ouro simboliza a perfeição da matéria, pois não sofre corrosão, não é atacado por quase nenhuma substância e não perde o brilho com o tempo – representa, pois, a imortalidade. O ouro puro é chamado de ouro 24 quilates (24 ct). O número de quilates indica o número de partes de ouro puro em 24 partes da liga. Dessa forma, o ouro 18 quilates, muito usado na confecção de joias, tem 18 partes de ouro em 27 pares de liga, o que corresponde a 75% de ouro na liga. Em relação a esse assunto indique:

a) O ouro 18 quilates é uma liga metálica homogênea, heterogênea ou um composto intermediário? Justifique.

b)O ouro 14 quilates tem uma tonalidade mais avermelhada que o ouro 18 quilates. A que você atribui essa coloração?

 

02. [UFCE] O aço comum é uma liga de:

a) C + Zn.

b) Cu + Zn.

c) Fe + Aℓ.

d) Fe + C.

e) Fe + Cu.

01. [a)Homogênea. Visto que todos os metais que compõem essa liga (Cu, Ag e Au) são da mesma família na tabela periódica (família 11), todos formam retículos cristalinos muito semelhantes.

b)O ouro 14 quilates (58,33 % de ouro) apresenta uma coloração avermelhada devido a uma maior porcentagem de cobre na liga.]

02. [D]

Compartilhe

TOPO