Aldeídos

Os aldeídos apresentam aplicações práticas em diversas indústrias, tendo como exemplo o formol, usado para conservação de cadáveres.

Os aldeídos são compostos que apresentam carbono em sua extremidade da cadeia, e realiza dupla ligação com um oxigênio e uma ligação com um hidrogênio. Os aldeídos que apresentam baixo peso molecular apresentam um cheiro bastante forte que, entretanto, começa a tornar-se mais agradável a medida que o número de carbonos aumenta. Quando apresentam maior peso molecular, entre 8 e 12 átomos de carbono, os aldeídos são bastante aplicados à indústria de cosméticos para o processo de fabricação de perfumes sintéticos.

Publicidade

São obtidos por meio da oxidação de álcoois primários em meio ácido, ou ainda por meio da desidrogenação catalítica na forma de vapor quando em presença de metais, como é o caso do cobre, da prata e da platina quando aquecidos.

Nomenclatura dos aldeídos

Podemos dizer que os aldeídos mais simples têm sua nomenclatura determinada a partir dos ácidos carboxílicos correspondentes, de forma que o composto derivado do ácido butírico, por exemplo, recebe o nome de aldeído butírico, ou ainda butiraldeído. Segundo a nomenclatura determinada pela IUPAC, substitui-se a terminação “o” do hidrocarboneto correspondente por “al”. Quando os compostos apresentam ramificações, devemos considerar como principal a cadeia que contém o grupo funcional, iniciando-se nela a numeração. Como exemplo, podemos citar o CH3CH2COH, que é denominado propanal.

Quando não pudermos usar a forma sufixal, entretanto, teremos ainda duas alternativas para a nomenclatura. Podemos, em uma das opções, usar o sufixo -carbaldeído. Por exemplo, a substância HOC- CH2CH2CH(CHO) CH2CHO seria nomeada como butano- 1, 2, 4-tricarbaldeído. A segunda forma, seria usando o prefixo formil-. O mesmo composto poderia ser chamado de 3-(formilmetil)hexanodial, quando consideramos que a parte da cadeia principal são os dois grupos formila.

Principais aldeídos do cotidiano

Alguns dos aldeídos estão bastante presentes em nosso dia a dia,sendo usados constantemente pelas indústrias para a fabricação de diversos produtos que usamos constantemente e, inclusive, consumimos constantemente.

A aplicação dos aldeídos de maior aplicação prática é o metanal, conhecido ainda como ácido fórmico ou formaldeído. Confira sua estrutura abaixo:

Imagem: Reprodução

Além de ser o mais aplicado, é o que possui estrutura mais simples e se apresenta na forma de gás incolor quando em condições ambientes, além de apresentar um cheiro bastante característico e irritante. Quando em solução aquosa a 40%, acaba por formar o formol, que possui aplicações diversas, como a conservação de cadáveres ou ainda de peças anatômicas em laboratório. Essa substância pode ser usada ainda como desinfetante ou na fabricação de plásticos, medicamentos, explosivos e tem uso permitido pela ANVISA em alguns cosméticos capilares, desde que com concentração de apenas 2%, por se tratar de uma substância bastante forte, sendo usado apenas como um conservante para impedir a proliferação de micro-organismos nesses produtos. Muitos usam, entretanto, a concentração de 37%, aproximadamente, em produtos para alisar os cabelos, como escovas progressivas, entretanto, o procedimento é proibido por lei, já que pode colaborar para o desenvolvimento de cânceres e até mesmo levar o indivíduo à morte.

Publicidade

Referências

Química – Márcio Pugliesi, Diamantino Fernandes Trindade

Natália Petrin
Por Natália Petrin

Formada em Publicidade e Propaganda. Atualmente advogada com pós-graduação em Lei Geral de Proteção de Dados e Direito Processual Penal. Mestranda em Criminologia.

Como referenciar este conteúdo

Petrin, Natália. Aldeídos. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/quimica/aldeidos. Acesso em: 29 de February de 2024.

Teste seu conhecimento

01. [ENEM] O etanal, também denominado aldeído acético ou acetaldeído, é um líquido incolor, de odor característico, volátil, tóxico e inflamável. É empregado como solvente e na fabricação de álcool etílico, ácido acético e cloral (tricloroetano).

Em relação ao etanal, são feitas as seguintes afirmações:

I. Os aldeídos alifáticos como o etanal são mais reativos que os aldeídos aromáticos.

II. Os aldeídos mais simples como o etanal são solúveis em meio aquoso, pois estabelecem pontes de hidrogênio entre si.

III. Graças à presença do grupo carbonila, as moléculas de aldeído fazem pontes de hidrogênio entre si.

IV. Os pontos de fusão e de ebulição dos aldeídos são mais altos que os dos hidrocarbonetos e mais baixos que os dos álcoois de massa molar próxima.

V. Os aldeídos são amplamente usados como solventes, pois são pouco reativos.

Entre as afirmações acima, são corretas:

a) todas.

b) I e IV.

c) I, III e IV.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

 

02. [FUVEST] O aldeído valérico, mais conhecido por pentanal, apresenta que fórmula molecular?

a) C5H10O

b) C5H5O2

c) C5H10O2

d) C5H8O

e) C5H12O

 

 

 

 

 

01. [D]

02. [A]

Compartilhe

TOPO