Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa trouxe mudanças significativas aos países que falam o idioma.

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa começou a ter sua implantação no Brasil em 2008. Antes disso, o Acordo havia sido promovido e aprovado no dia 12 de outubro de 1990. Sendo assinado em 16 de dezembro do mesmo ano, o acordo foi firmado entre representantes dos países de língua portuguesa. Entre estes estavam a Academia de Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras. Ainda complementaram representantes de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Publicidade

Também houve acordo de adesão ao Acordo uma delegação representante da Galícia. Apesar de a região norte da Espanha não ter o português como idioma principal, lá fala-se o galego. Este, por sua vez, é conhecido como a língua-mãe do idioma português. Dessa forma, o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa começa a ser implementado aos poucos. O objetivo era uma maior aproximação das nações por meio do idioma que as unem.

Principais mudanças proporcionadas pelo Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

A implementação do acordo proporcionou alterações significativas na Língua Portuguesa. No Brasil, sentiu-se muito a falta de recursos e formatos de grafia em palavras que já estavam no cotidiano. A ausência do acento em “ideia”, a falta de trema em “consequência” e a agora difícil diferenciação entre pelo (preposição) e pelo (folículos). Dentre as principais alterações que o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa expôs, confira as principais:

Manutenção de Consoantes (C, P, B, G, M e T)

Por meio do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa ficam consideradas especificidades na pronúncia destas consoantes supracitadas. A pronúncia se manterá de acordo com o espaço geográfico vivido, enquanto a grafia é alterada. Ao serem pronunciadas, mantêm-se nas palavras. Ao não serem pronunciadas, sua grafia é descartada.

Esse tipo de situação ocorria muito pelos falantes oriundos de Portugal. Pensando nessa oscilação geográfica, estabeleceram-se as palavras de dupla grafia. Segundo o novo acordo, os dicionários deverão conter, a partir da implementação, o registro das duas formas.

Consoantes pronunciadas:

  • Pacto
  • Ficção
  • Aptidão

Consoantes não pronunciadas:

Publicidade

  • Afectivo
  • Óptimo
  • Exacto

Dupla grafia permitida:

  • Amígdala e amídala
  • Amnistia e anistia

Acentuação gráfica alterada

  • Some-se o acento de diferenciação de algumas palavras. Exemplos: para (verbo e flexão), pelo (folículo e preposição), pera (substantivo).
  • Deixam de ser acentuadas também palavras com ditongos abertos ‘ei’ e ‘oi’ em paroxítonas. Exemplos: assembleia, europeia, ideia, heroi
  • Vogais dobradas em palavras paroxítonas também deixam de ser acentuada. Exemplo: enjoo, voo, abençoo.

Emprego do hífen

O hífen tem seu emprego permitido no Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa em específicas formações. Quando a segunda palavra da formação se iniciar com a letra ‘h’. É empregado também quando a primeira palavra de formação inicia com letra similar a que finalizou o prefixo. Além disso, o hífen é empregado também quando a última letra da primeira palavra de formação for um ‘m’ ou ‘n’.

Exemplos:

Publicidade

  • Anti-higiênico
  • Micro-ondas
  • Pan-Americano

O hífen, no entanto, não é utilizado em casos onde consoantes ‘r’ e ‘s’ são dobradas em ‘rr’ e ‘ss’. Igualmente também não será empregado quando sufixo e prefixo iniciam com vogais diferentes nas palavras que formarão a palavra composta.

Exemplos:

  • Ecossistema
  • Aeroespacial

Referências

Novíssima Gramática da Língua Portuguesa – Domingos Paschoal Cegalla

Mateus Bunde
Por Mateus Bunde

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Especialista em Linguagens pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e Mestrando em Comunicação pela Universidade do Porto, de Portugal (UP/PT).

Como referenciar este conteúdo

Bunde, Mateus. Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/portugues/novo-acordo-ortografico-da-lingua-portuguesa. Acesso em: 29 de February de 2024.

Teste seu conhecimento

01. [FUVEST] “A ___ de uma guerra nuclear provoca uma grande ___ na humanidade e a deixa ___ quanto ao futuro.”

a) espectativa – tensão – exitante

b) espectativa – tenção – hesitante

c) expectativa – tenção – hesitante

d) expectativa – tensão – hesitante

e) espectativa – tenção – exitante

 

02. [MACK] Assinale a alternativa em que não há erro de grafia:

a) espontâneo, catorze, alisar, prazeirosamente

b) angar, ombro, harém, hexágono

c) obsessão, obsceno, deslisar, sacerdotisa

d) cansaço, atraso, tocha, pajem

e) exaurir, desonra, hesitar, rehaver

01. [D]

02. [A]

Compartilhe

TOPO