Linguagem Verbal e Não-Verbal

Linguagem Verbal e Não-Verbal implica na utilização de recursos escritos ou falados e imagéticos para explicitação de um significado, respectivamente.

A Linguagem Verbal e Não-Verbal utiliza de recursos diferentes para referenciar-se a uma mensagem. Enquanto a linguagem verbal utiliza de palavras para inferir significado, a não-verbal usufrui de imagens. De uma forma bastante básica, o conceito é esse. Apesar de essa ser uma definição bastante simplória, a conceitualização que pondera a linguagem verbal e não-verbal segue uma ordem.

Publicidade

A linguagem verbal, como o próprio nome pressupõe, abrange as palavras, sejam elas escritas ou faladas. Assim sendo, resume-se em linguagem verbalizada; aquela em que há uma mensagem sendo representada por palavras. Enquanto isso, a linguagem não-verbal usufrui de signos visuais. Um exemplo são placas de trânsito, de avisos ou com separação de cores da reciclagem, além de outras.

Linguagem Verbal e Não-Verbal
(Imagem: Reprodução)

Linguagem Verbal e Não-Verbal: decifrando cada uma

É imprescindível ressaltar, antes, que a linguagem verbal e não-verbal abrange tipos de modalidades comunicativas. Sendo assim, a comunicação será percebida quando houver entendimento entre emissor e receptor; ou seja, uma troca de informações com significado e sentido. A finalidade será a de transmissão da mensagem pelo emissor. A finalidade será a recepção e compreensão desta pelo receptor. Desta forma, seja a linguagem verbal ou não-verbal a ser utilizada, o importante será a compreensão.

Ambas as modalidades comunicativas são essenciais e comumente utilizadas no cotidiano. Contudo, a linguagem verbal costuma ser muito mais empregada. Isso se deve ao fato de estabelecer e delimitar a mensagem a ser passada. Seja em uma conversa entre amigos, uma reunião ou ainda quando se escreve um email. De todas as formas, a linguagem verbal está sendo empregada. Expressa constantemente, seja por escrita, seja por fala.

linguagem não-verbal
(Imagem: Reprodução)

No entanto, a linguagem não-verbal não fica para trás. Por diversos momentos ao longo do dia elas são essenciais, sem que sequer seja percebida. Quando paramos em um semáforo, por exemplo, há o emprego de uma linguagem não-verbal. Isso porque cada cor possui seu significado, sem que haja a necessidade da escrita para compreensão.

Em suma, é fundamental ressaltar: quando há transmissão de mensagem por meio de palavras, temos um discurso verbalizado. Em contrapartida, quando a mensagem utiliza de discurso imagético e sem qualquer uso de palavras, tem-se a linguagem não-verbal.

Linguagem Mista

Além da linguagem verbal e não-verbal, existe também a chamada linguagem mista ou também chamada de híbrida. Esse tipo de mecanismo comunicativo usufrui de uma combinação de ambas as modalidades representadas. Dessa maneira, combina a linguagem verbal e não-verbal em uma única forma de emissão de mensagem. Exemplo claro são as histórias em quadrinhos. Além de emitirem a linguagem não-verbal com a expressão das personagens, há o acompanhamento de uma linguagem verbal com as falas.

Publicidade

linguagem mista
(Imagem: Reprodução)

A partir disso, a linguagem se forma. Seja em qualquer tipo de situação, será lançado mão de um dos tipos de linguagem. Seja para interpelação de signos imagéticos ou de uma mensagem oriunda de um interlocutor. A linguagem verbal e não-verbal faz parte do cotidiano. Sua interpretação apenas é despercebida em grande parte dos casos. Afinal, o processo chega a ser sintomático mediante observação da mensagem emitida e, consequentemente, recebida.

Referências

Novíssima Gramática da Língua Portuguesa – Domingos Paschoal Cegalla

Mateus Bunde
Por Mateus Bunde

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Especialista em Linguagens pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e Mestrando em Comunicação pela Universidade do Porto, de Portugal (UP/PT).

Como referenciar este conteúdo

Bunde, Mateus. Linguagem Verbal e Não-Verbal. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/portugues/linguagem-verbal-e-nao-verbal. Acesso em: 12 de August de 2022.

Teste seu conhecimento

01. [UERJ]

Mineiro de Araguari, o cartunista Caulos já publicou seus trabalhos em diversos jornais, entre eles o Jornal do Brasil e o The New York Times
Mineiro de Araguari, o cartunista Caulos já publicou seus trabalhos em diversos jornais, entre eles o Jornal do Brasil e o The New York Times

No cartum apresentado, o significado da palavra escrita é reforçado pelos elementos visuais, próprios da linguagem não verbal. A separação das letras da palavra em balões distintos contribui para expressar principalmente a seguinte ideia:

a) dificuldade de conexão entre as pessoas

b) aceleração da vida na contemporaneidade

c) desconhecimento das possibilidades de diálogo

d) desencontro de pensamentos sobre um assunto

01. [A]

Compartilhe

TOPO