Verbos Irregulares

Um verbo irregular é o verbo que, não segue o modelo da conjugação a que pertence por apresentar alguma modificação no radical ou flexão.

Os verbos irregulares dividem-se em fortes e fracos.

Publicidade

Os verbos irregulares fracos apresentam um radical do infinitivo que não se modifica no no pretérito: sentir-senti; perder-perdi.

Também apresentam formas iguais tanto no infinitivo flexionado quanto no futuro do subjuntivo, como no exemplo a seguir:

 

Infinitivo                    Futuro do Subjuntivo

Sentir                          Sentir

Sentires                       Sentires

Sentir                          Sentir

Publicidade

Sentirmos                   Sentirmos

Sentirdes                    Sentirdes

Sentirem                     Sentirem

Publicidade

 

Já os ditos verbos irregulares fortes apresentam radical que se modifica no pretérito perfeito: caber-coube; fazer-fiz. No caso dos verbos irregulares fortes, não existe identidade de formas entre o infinitivo flexionado e o futuro do subjuntivo:

 

Infinitivo flexionado              Futuro do Subjuntivo

Caber                                      Couber

Caberes                                  Couberes

Caber (…)                               Couber (…)

 

Verbos anômalos

Um verbo denominado anômalo é um verbo irregular que apresenta radicais primários diferentes em sua conjugação. Os exemplos mais clássicos são os verbos ser e ir. O verbo ser reúne dois radicais, os verbos latinos sedēre e ĕsse. Já o verbo ir reúne três radicais, os verbos latinos ire, vadēre e ĕsse.

 

Lista dos Verbos Irregulares

Os verbos irregulares em língua portuguesa são os seguintes:

  • Primeira conjugação: averiguar, dar, estar, passear.
  • Segunda conjugação: caber, crer, fazer, ler, poder, pôr, querer, saber.
  • Terceira conjugação: agredir, cobrir, ir, medir, pedir, polir, rir, sair.

 

Verbos defectivos

São verbos que não têm conjugação completa. Em alguns modos ou pessoas, não aparece uma ou mais das formas de conjugação. Exemplos:

chover, nevar, trovejar: são impessoais, assim não aparecem na primeira pessoa: “trovejo”, “nevo”, “chovemos”.

abolir, falir: não apresentam a primeira pessoa do singular do presente do indicativo.

 

Verbos abundantes

Apresentam mais de um tipo de conjugação. É o caso de aceitar, acender, corrigir, etc. Esses verbos apresentam duas formas de conjugação no particípio. A regular e a irregular (ver Tabela 1).

 

Infinitivo Particípio regular Particípio irregular
Aceitar Aceitado Aceito
Acender Acendido Aceso
Assentar Assentado Assento
Corrigir Corrigido Correto
Encher Enchido Cheio
Entregar Entregado Entregue
Expressar Expressado Expresso
Extinguir Extinguido Extinto
Fixar Fixado Fixo
Fritar Fritado Frito
Limpar Limpado Limpo
Misturar Misturado Misto
Morrer Morrido Morto
Pagar Pagado Pago
Suspender Suspendido Suspenso
Tingir Tingido Tinto
Vagar Vagado Vago

Tabela 1. Lista de verbos abundantes e suas conjugações.

 

Você sabia?

Não são considerados como verbos irregulares aqueles que sofrem alteração na grafia, mas conservam a pronúncia. Exemplos:

carregar – carregue – carreguei – carregues

ficar – fico – fiquei – fique

Dessa forma, não existem verbos irregulares gráficos.

Referências

BECHARA, E. Moderna Gramática Portuguesa. 37ª Edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 2009.

Carlos Ferreira
Por Carlos Ferreira

Formado em Ciências Econômicas e Jornalismo. Possui ampla experiência editorial e redacional em conteúdos jornalísticos com foco em mídias digitais.

Como referenciar este conteúdo

Ferreira, Carlos. Verbos Irregulares. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/portugues/2601. Acesso em: 24 de July de 2024.

Teste seu conhecimento

1. (CESGRANRIO) “Acesas” é particípio adjetivo de “acender”, verbo chamado abundante, porque possui dupla forma de particípio (acendido e aceso). Em abundância, que é geralmente do particípio, em alguns verbos ocorre em outras formas. Assim, por exemplo, é o caso de:

a) coser

b) olhar

c) haver

d) vir

e) dançar

2. (TCE-RJ) Todos os verbos apresentam uma irregularidade no futuro do subjuntivo em:

a) pôr – ver – rir

b) dar – saber – ouvir

c) dizer – equivaler – medir

d) fazer – dispor – vir

e) incendiar – caber – intervir

1.[c]

2.[d]

Compartilhe

TOPO