A Origem dos Algarismos

Os algarismos nem sempre foram como conhecemos nos dias atuais, e surgiram junto com a necessidade de os seres humanos contarem suas conquistas, entre outras coisas.

O processo histórico pelo qual a matemática vem passando desde os primórdios da existência do homem envolvem a necessidade dos seres humanos em cada época, com relação aos números e a contagem. Os homens da caverna, há milhares de anos, precisavam contar objetos, além de suas conquistas, levando, portanto, um pedaço de madeira ou de osso para usar como se fosse um bloco de anotações, quando iam à caça. À medida que iam caçando mais animais, iam adicionando traços aos seus “blocos de anotação”. Diante disso, mesmo que não houvesse ainda a ideia de números, conseguiriam ter uma noção de quantos animais haviam conseguido.

Ao deixar de ser nômade, o homem se estabeleceu de forma fixa em um determinado lugar, passando a viver de rebanhos e plantações. Havia, a partir de então, a necessidade de controlar os animais que eram criados, verificando se todos haviam retornado do pasto, e quantos haviam se perdido. Os pastores passaram então a contar da seguinte forma: cada animal que saia para pastar era contabilizado por meio de uma pedra que era colocada dentro de um saco, e ao retornar, essas pedras eram tiradas de lá, havendo, portanto, um controle das perdas.

Os primeiros sistemas numéricos

Ao que se sabe até os dias atuais, os primeiros povos que produziram um sistema numérico, foram os egípcios, que representavam números por meio de traços e símbolos, usados para, de alguma forma, tornar o comércio mais fácil.

Imagem: Reprodução

Depois disso, em Roma, foi criado um novo sistema que era bastante mais complexo que o dos egípcios e que, até os dias atuais, é usado em algumas situações. É um exemplo bastante prático, os relógios, que em alguns casos são marcados pela numeração romana, assim como o número dos séculos, por exemplo.

Imagem: Reprodução

Em seguida, podemos mencionar também os algarismos indo-arábicos, que são usados até os dias atuais. O que muitos não sabem, entretanto, é que se trata de números criados pelos indianos durante o século V na Era Cristã. Estes somente foram difundidos algum tempo depois pelos árabes, motivo pelo qual recebem este nome. Essa forma de representação dos números ficou bastante conhecida a partir da publicação do livro “Sobre a Arte Hindú de Calcular”, de al-Khowarizmi, que bastante interessado pelo assunto, estudou os números mais a fundo.

Referências

A História da Matemática – Anne Rooney

Por Natália Petrin
Teste seu conhecimento

01.  Usando o sistema romano de numeração, você deve escrever os seguintes
números:
a) 26 ______________
b) 102 ____________
c) 830  _____________
d) 77  ______________
e) 409 _____________
f) 1050 ________________
g) 91 _______________
h) 365 _______________
i) 3012 __________________

02.  Estou lendo o capitulo LVII de um livro. Usando os nossos símbolos, escreva o
número correspondente ao capítulo que estou lendo.   ______________

01. [a)XXVI

b)CII

c)DCCCXXX

d)LXXVII

e)CDIX

f)ML

g)XCI

h)CCCLXV

i)MMMXII]

02. [Em algarismos arábicos – 57]

Compartilhe nas redes sociais

TOPO