Números Decimais

Os números decimais, assim como quaisquer outros, podem ter as operações realizadas com eles, mas é preciso atentar a algumas regras.

Viète, matemático Francês que viveu entre 1540 e 1603, desenvolveu uma forma para que as frações decimais fossem escritas. O método, bastante simples, consistia em escrever esses números com vírgulas. O método, que foi adaptado e modernizado, é o que aprendemos nas escolas nos dias de hoje.

0,1; 0,01; 0,001 são números decimais, por exemplo, assim como 13,4. A vírgula é responsável por separar a parte inteira da decimal. Por exemplo, em 0,001, o 0 que está antes da vírgula é a parte inteira, e tudo que vier após, nesse caso, 001, é a parte decimal.

Operações com números decimais

Assim como com números inteiros, é possível realizar operações com números decimais, sejam elas de soma, subtração, multiplicação ou divisão. É preciso, entretanto, ter conhecimento de algumas regrinhas, caso contrário as contas podem dar muito errado.

Podemos, para isso, usar o algoritmo de cada uma das operações, mas é preciso se lembrar sempre de realizar as operações entre partes inteiras, e entre partes decimais. Não se pode, jamais, por exemplo, somar a parte decimal de um dos números com a parte inteira de outro. Para evitar problemas, podemos sempre colocar vírgula embaixo de vírgula, como na imagem abaixo:

Imagem: Reprodução

Você pode ver que alguns dos zeros estão em vermelho, e isso se dá pelo fato de que nem sempre os números decimais têm a mesma quantidade de casas. Isso serve apenas para facilitar o processo de cálculo. Na multiplicação, entretanto, não precisamos fazer o mesmo. Mas é preciso, antes de multiplicar da forma tradicional, unir a quantidade de casas decimais. Ao multiplicarmos, por exemplo, 3,67 . 1,5, faremos a conta normalmente, e somente depois colocaremos a vírgula. Para definir onde irá a vírgula conte quantos números, juntos, os dois decimais têm após a vírgula, como demonstrado na imagem abaixo:

Imagem: Reprodução

A divisão, por sua vez, pode acontecer de três formas. A primeira, quando é entre números inteiros e decimais. Nesse caso, o dividendo também deverá se tornar um decimal, colocando uma vírgula e um número 0 em seguida, ou quantos forem necessários para deixar ambos com a mesma quantidade de números após a vírgula. Depois disso, basta desconsiderar a vírgula e dividir normalmente, conforme imagem abaixo.

Imagem: Reprodução

A segunda forma é quando o dividendo é decimal e o divisor é inteiro. Como no caso anterior, é preciso fazer com que o divisor se torne um número decimal. Para isso, colocamos uma vírgula depois dele, e quantos zeros fossem necessários para igualar e depois dividir normalmente, como demonstrado abaixo:

Imagem: Reprodução

Por fim, para realizar a divisão entre números decimais é preciso que eles tenham a mesma quantidade de números após a vírgula. Acrescentamos, portanto, zeros após a vírgula para igualar, e depois fazemos a divisão normalmente.

Imagem: Reprodução

Referências

Matemática no Ensino Fundamental – John A. Van de Walle

Por Natália Petrin
Teste seu conhecimento

01. Qual é o resultado da expressão numérica abaixo?

41,32 + 56,4 – 81,932 + 5

a) 102,72

b) 20,8

c) 20,7

d) 20

e) 20,788

 

02. Uma empresa utiliza um índice de massa corporal inventado por ela própria, no qual divide por dois a soma entre altura e peso dos funcionários. Qual é o índice de massa corporal de Rhuan, sabendo que sua altura é 1,78 m e seu peso é 72,3 kg?

a) 74,08

b) 31,15

c) 37,04

d) 37,4

e) 37

01. [E]

02. [C]

Compartilhe nas redes sociais

TOPO