Modal Verbs

Os modal verbs são verbos auxiliares que podem expressar capacidade, possibilidade, obrigação entre outras situações na língua inglesa.

Modal Verbs

Os modal verbs – ou verbos modais – são verbos auxiliares que são capazes de mudar o sentido do verbo principal da oração.

Entre suas variações, eles podem expressar capacidade, desejo, proibição, obrigação, possibilidade e até dar conselhos!

Quer descobrir como usar os verbos modais na língua inglesa? Então prossiga com a leitura!

Índice do conteúdo:

Exemplos de Modal Verbs

Se você assiste a séries ou a filmes legendados com certa frequência, com certeza já teve contato com os modal verbs. Can, should, may… soa familiar? Então entenda por que motivo esses verbos auxiliares são tão importante na língua inglesa!

Can

O can expressa uma capacidade, ou seja, uma habilidade que você tenha. Também é muito usado para pedir ou conceder permissão, mas somente em situações informais, ok?

Afirmação:

  • I can swim very well. Eu consigo nadar muito bem.
  • She can study for a long time. Ela pode estudar por muito tempo.

Negação:

  • I can’t play the piano. Eu não consigo tocar piano.
  • He can’t answer the phone right now. Ele não pode atender o telefone agora.

Interrogação:

  • Can you draw? Você sabe desenhar?
  • Can we go to the gym? Nós podemos ir à academia?

Notou que os verbos principais não são conjugados quando estão sendo auxiliados pelo can? Dica: isso ocorre com todos os modal verbs!

Could

O could indica uma habilidade passada. Ainda, pode expressar uma possibilidade remota, com uma chance mínima de acontecer, e pode ser usado para fazer um pedido mais formal.

Afirmação:

  • I could sleep until late when I was a child. Eu podia dormir até tarde quando criança.
  • Maybe he could give you a ride. Talvez ele possa te dar uma carona.

Negação:

  • I couldn’t drive, but now I can! Eu não podia dirigir, mas agora eu posso!
  • We couldn’t extend the deadline. Nós não podíamos estender o prazo.

Interrogação:

  • Could I arrive a little later? Eu posso chegar um pouco atrasada?
  • Could you play soccer when you were younger? Você podia jogar futebol quando era mais novo(a)?

Outro detalhe importante que você já deve ter notado: para uma afirmativa se tornar uma interrogativa, basta mudar a posição dos verbos. Já para virar uma negativa, é preciso do not, ou, de forma suprimida, n’t.

May

O may é um modal verb que indica forte possibilidade – algo muito possível de acontecer – e para pedir permissão.

Afirmação:

  • I may travel with my family this weekend. É possível que eu viaje com minha família este fim de semana.
  • She may call me tonight. Pode ser que ela me ligue hoje à noite.

Negação:

  • I may not be able to write this article. Eu posso não conseguir escrever este artigo.
  • He may not go to the party. Ele não pode ir à festa.

Interrogação:

  • Teacher, may I go to the bathroom, please? Professor(a), eu posso ir ao banheiro, por favor?
  • May I talk to you? Eu posso conversar com você?

Atenção: com os modal verbs, nós nunca usamos o to diante de um verbo no infinitivo. Ou seja, falar “He may not to go” é errado!

Might

Use o might apenas se sua intenção for expressar uma possibilidade remota, ou seja, algo que pode ou não acontecer.

Afirmação:

  • He is busy, but he might show up later. Ele está ocupado, mas pode ser que apareça mais tarde.
  • Pam might be pregnant. Pam pode estar grávida.

Negação:

  • Her baby might not be a boy. O bebê dela pode não ser um menino.
  • I might not be here tomorrow. Pode ser que eu não esteja aqui amanhã.

Interrogação:

O might não é comumente usado em sentenças interrogativas, mas pode aparecer de modo indireto em questões.

  • Do you believe he might be guilty? Você acredita que ele pode ser culpado?

É importante reforçar que o sentido atribuído às sentenças com modal verbs depende muito do contexto. Não se firme em traduções, ok? Procure entender o sentido da frase para identificar o caminho que aquele verbo modal está indicando.

Must

Usa-se o must para insinuar obrigações em frases afirmativas e proibições em frases negativas.

Afirmação:

  • I must study for the exam. Eu preciso estudar para o exame.
  • We must pay our bills. Nós devemos pagar nossas contas.

Negação:

  • I must not fail. Eu não posso falhar.
  • She mustn’t quit her job. Ela não pode largar seu trabalho.

Interrogação:

  • Must you act like that? Você precisa agir dessa forma?
  • Mustn’t I wash the dishes right now? Eu não devo lavar a louça agora?

Nas frases afirmativas, ou seja, que expressam uma obrigação, você também pode optar por usar o have to: I have to study for the exam.

Should

O should é usado quando queremos dar conselhos ou fazer recomendações.

Afirmação:

  • I think you should talk to him. Eu acho que você deveria conversar com ele.
  • Everybody should read more books. Todo mundo deveria ler mais livros.

Negação:

  • You shouldn’t go to that meeting. Você não deveria ir àquele encontro.
  • We shouldn’t have done that. Nós não deveríamos ter feito aquilo.

Interrogação:

  • Should I write a book? Eu deveria escrever um livro?
  • Shouldn’t you take your medicines? Você não deveria tomar seus remédios?

Shouldn’t é a forma contraída de “should not”. Você pode optar por qualquer uma das duas, mas é mais comum que se use a primeira.

Reforçando: analise o contexto da frase para apreender, exatamente, o que ela está querendo te dizer.

Aprenda mais sobre o assunto

Que tal ver na prática como funcionam os modal verbs? Aqui, há algumas opções de vídeos bem bacanas para você assistir e colocar os ensinamentos em prática:

May e Might

Não ficou clara a diferença entre o may e o might? No vídeo acima, a teacher explica inclusive quando é melhor usar o can em vez do may e vice-versa.

Ought to

O ought to é também um modal verb que tem caído cada vez mais em desuso. Ele tem o mesmo significado que o should! Saiba mais a respeito nesse vídeo.

Shall

Outro modal verb que, hoje, é pouco usado no inglês americano é o shall. Ele é mais comum no inglês britânico e tem algumas regrinhas específicas. Confira no vídeo!

Will e Would

Sabia que o will e o would também são considerados verbos modais? Eles expressam situações diferentes das vistas acima, mas as regras são bem parecidas.

Os modal verbs são capazes de mudar completamente a intenção de uma frase. Por isso, é preciso que saibamos exatamente qual usar em determinados momentos. Ninguém aqui quer ter de explicar um mal-entendido, né?!

Referências

BARRETO, Sérgio. Language Guide. Wise Up – Skopos. ISBN: 978-85-8187-049-6

Helena Montemezzo
Por Helena Montemezzo

Apaixonada pelas letras e defensora da educação. Às vezes professora, às vezes teacher, aluna pra sempre. Formada em Letras - Português/Inglês pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Exercícios resolvidos

1. [UNESP]

“One never builds something finished”:

the brilliance of architect Paulo Mendes da Rocha

Oliver Wainwright

February 4, 2017

“All space is public,” says Paulo Mendes da Rocha. “The only private space that you can imagine is in the human mind.” It is an optimistic statement from the 88-year-old Brazilian architect, given he is a resident of São Paulo, a city where the triumph of the private realm over the public could not be more stark. The sprawling megalopolis is a place of such marked inequality that its superrich hop between their rooftop helipads because they are too scared of street crime to come down from the clouds.

But for Mendes da Rocha, who received the 2017 gold medal from the Royal Institute of British Architects this week – an accolade previously bestowed on such luminaries as Le Corbusier and Frank Lloyd Wright – the ground is everything. He has spent his 60-year career lifting his massive concrete buildings up, in gravity-defying balancing acts, or else burying them below ground in an attempt to liberate the Earth’s surface as a continuous democratic public realm. “The city has to be for everybody,” he says, “not just for the very few.”
(www.theguardian.com. Adaptado.)

No trecho do segundo parágrafo “The city has to be for everybody”, a expressão em destaque pode ser substituída, sem alteração de sentido, por:

a) must

b) could

c) may

d) used to

e) going to

Resposta: A

O has to está indicando uma obrigação, um dever. Por isso, o must não causaria alterações de sentido na frase.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO