República Velha

A república velha foi um período da história brasileira em que houve o revezamento entre políticos oriundos de Minas Gerais e São Paulo no cargo da presidência.

É denominado República Velha o período da primeira fase da República Brasileira, seguida da Era Vargas ou República Nova, que vai de 1930 a 1945, e República Contemporânea, sendo que esta última começou no ano de 1945 e corre até os dias atuais.

Primeiro período da República Velha

Chamamos de república velha o período situado entre os anos de 1889 e 1930, quando havia o revezamento entre a elite cafeeira paulistana e mineira no cargo da presidência da república. Marechal Deodoro da Fonseca, que no dia 15 de Novembro de 1889 proclamou a República, foi o primeiro presidente, que conquistou seu mandato por meio de governo provisório. Foi, este, inclusive, responsável por acabar com a mediação da Igreja nos interesses políticos, havendo por parte deste presidente uma separação entre Estado e Igreja, além da determinação do fim do padroado. Foi ele, também, quem fez com que o casamento se tornasse um registro civil obrigatório.

Imagem: Reprodução

No ano de 1891, baseada no texto constitucional dos Estados Unidos, foi criada a primeira Constituição da República no Brasil, estabelecendo um rompimento com o sistema monárquico e a divisão dos três poderes, independentes entre si, em Legislativo, Executivo e Judiciário. Além disso, ficou determinado ainda que haveria alternância da presidência com eleições diretas a cada quatro anos, e a obrigatoriedade dos homens, acima de 21 anos e letrados, de votar. No dia seguinte à promulgação da Constituição por parte do Congresso Constituinte, foi eleito pelo mesmo congresso o Marechal Deodoro da Fonseca como primeiro presidente do Brasil, tendo como vice Floriano Peixoto.

Nesse governo, diversas divergências entre militares e civis ocorreram, havendo no congresso uma forte oposição à Deodoro da Fonseca, que dissolveu o Congresso, sendo organizado, de imediato, um contragolpe. O presidente, entretanto, renunciou após o fracasso da política do encilhamento, que foi empreendida por Rui Barbosa, então Ministro da Fazenda. Essa política permitia que fossem realizadas emissões em grandes quantidades de dinheiro, o que gerou um período inflacionário bastante severo. A partir de então, Floriano Peixoto seria o novo presidente, recebendo apoio de grande parte dos militares. Suspendeu a dissolução do congresso e ficou conhecido como Marechal de Ferro, tendo usado da força para governar.

Segundo Período da República Velha

Conhecido como República das Oligarquias, o segundo período foi marcado pela dominação da aristocracia dos fazendeiros. Alternavam-se, neste período, presidentes paulistas e mineiros, sendo que durante este período somente três presidentes não eram de Minas Gerais ou de São Paulo, sendo eles Hermes da Fonseca, Epitácio Pessoa e Washington Luís. O segundo período foi de 1894 a 1930.

Presidentes da República Velha

Foram presidentes durante a república velha Prudente de Moraes, Campos Sales, Afonso Pena, Nilo Peçanha, Hermes da Fonseca, Venceslau Brás, Epitácio Pessoa, Artur Bernardes, Washington Luís.

Referências

História do Brasil – Claudio Vicentino, Gianpaolo Dorigo

Por Natália Petrin
Teste seu conhecimento

01. [UDESC] Tradicionalmente o termo República Velha foi cunhado para identificar o período que vai de 1889 a 1930. Sobre as características deste período e outras questões subjacentes, assinale V (verdadeiro) para as proposições verdadeiras e F (falso) para as falsas.

(  ) Os dois primeiros governos da recém inaugurada República brasileira eram militares.

(  ) Com o novo regime, surgiram divergências tanto no meio militar quanto no civil. No meio civil, as disputas ocorriam, sobretudo, no campo ideológico entre três correntes: liberalismo, jacobinismo e positivismo.

(  ) Pode-se afirmar que os governos do período conhecido como República Velha implementaram medidas sociais de grande alcance, beneficiando a sociedade brasileira como um todo e visando acabar com as desigualdades sociais do país.

(  ) O Brasil da chamada República Velha era um país, sobretudo, rural; a agricultura permanecia como principal atividade econômica.

(  ) Durante o período denominado República Velha, paulistas e mineiros se alternaram na Presidência da República; este revezamento ficou conhecido como “política do café com leite”.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) F-V-V-F-V

b) V-V-F-V-V

c) V-F-F-V-V

d) V-V-F-V-F

e) V-V-V-V-V

 

 

02. [FUVEST] Em um balanço sobre a Primeira República no Brasil, Júlio de Mesquita Filho escreveu:

“… a política se orienta não mais pela vontade popular livremente manifesta, mas pelos caprichos de um número limitado de indivíduos sob cuja proteção se acolhem todos quantos pretendem um lugar nas assembléias estaduais e federais”. (A crise nacional, 1925.)

De acordo com o texto, o autor:

a) Critica a autonomia excessiva do poder legislativo

b) Propõe limites ao federalismo

c) Defende o regime parlamentarista

d) Critica o poder oligárquico

e) Defende a supremacia política do sul do país

1. [B]

2. [D]

Compartilhe nas redes sociais
Discussão

TOPO