História dos partidos Democrata e Republicano

A história do partido Democrata e Republicano dos Estados Unidos remonta ao século XIX.

O Partido Republicano e Partido Democrata têm suas origens nos antecessores do século XIX e dominam totalmente o processo eleitoral dos Estados Unidos da América.

Com raras exceções, são os dois partidos que controlam a presidência, o congresso, a câmara dos deputados, os governos dos estados.

Por exemplo, desde 1852 todos os presidentes foram eleitos ou pelo Partido Republicano, ou pelo Democrata.

Há possibilidade da participação de outros partidos? Legalmente sim. Eles podem e têm seus candidatos.

Mas a máquina dos dois partidos é tão poderosa que, na prática, é impossível a eleição por meio de um terceiro partido.

Origem dos partidos dos partidos democrata e republicano

O Partido Republicano que elegeu Abraham Lincoln em 1860 descendia do “Partido Federalista/Whig”. Nasceu com base de uma plataforma reformista, progressista, antiescravista e favorável a taxas que protegessem as indústrias e manufaturas.

Durante a ausência dos democratas no Congresso (na Guerra Civil 1861-1865), o Partido Republicano implementou leis favoráveis aos negócios e aos agricultores do Norte: com altas tarifas, ferrovia transcontinental, assentamentos
de agricultores no Oeste (homesteads).

A vitória do Norte na Guerra Civil garantiu o domínio dos republicanos até 1913 (exceção feita a dois mandatos de Grover Cleveland, em 1885-1889 e 1893- 1897).

Em grande parte,graças à Guerra Civil,consolidou-se como um dos dois partidos que dominam o cenário político americano.

partido democrata e republicano
Imagem: Reprodução

Partido Democrata

O Partido Democrata, por outro lado, originou-se no “Partido Republicano Jeffersoniano”, por volta de 1790, para opor-se ao “Partido Federalista/Whigs”.

De Jefferson, o partido recebeu os fundamentos de um governo mínimo — opondo-se aos impostos que os Federalistas
defendiam — e o apoio aos interesses agrários,em especial os do Sul.

Nos anos 1830, o Partido Populista de Andrew Jackson (apoiado por pequenos agricultores) reforçou as fileiras do Partido Democrata,transformando-o.

Com a Guerra Civil,o Partido Democrata, por ter iniciado a secessão, ficou associado aos sulistas, ao
racismo e ao reacionarismo.

Os herdeiros políticos democratas-jacksonianos-populistas renasceram no final do século XIX com uma plataforma de defesa dos interesses dos pequenos sitiantes (farmers) e de trabalhadores em geral.

Esse grupo acabou por se fundir aos progressistas de Theodore Roosevelt, representado também pelos partidários de Wilson do Partido Democrata.

Nos anos 1920, muitos membros do Partido Democrata — que haviam ficado fora do poder por muitos anos — fundiram-se
aos conservadores do Partido Republicano.

Foi aproximadamente nesse período que os dois partidos começaram a mudar de sinal.

Isto é, a bandeira de conservadorismo passou para o Partido Republicano, e a bandeira do liberalismo (na concepção americana), mais progressista, passou para o Partido Democrata, que finalmente se livrou do estigma de escravista.

Mas foi somente com Franklin Delano Roosevelt (depois de 1933) que o Partido Democrata foi transformado em verdadeiro agente de uma revolução democrática,que reviveu as reformas wilsonianas (e também do primeiro Roosevelt), radicalizando-as.

Veja abaixo uma lista dos presidentes do Estados Unidos durante do século XX

1897 – 1901: Willian McKinley, republicano
1901 – 1909: Theodore Roosevelt, republicano
1913 – 1921: Woodrow Taft, democrata
1921 – 1923: Warren Harding, republicano
1923 – 1929: Calvin Coolidge, republicano
1929 – 1933: Herbert Hoover, republicano
1933 – 1945: Franklin Roosevelt, democrata
1945 – 1953: Harry Truman, democrata
1953 – 1961: Dwight Eisenhower, republicano
1961 – 1963: John F. Kennedy, democrata
1963 – 1969: Lyndon Johson, democrata
1969 – 1974: Richard Nixon, republicano
1974 – 1977: Gerard Ford, republicano
1977 – 1981: Jimmy Carter, democrata
1981 – 1989: Ronald Regan, republicano
1989 – 1993 – George Bush, republicano
1993 – 2000 – Bill Clinton, democrata
2001 – 2008 – George W. Bush, republicano
2009 – 2017 – Barack Obama
2017 – Presente – Donald Trump

Referências

História – Divalte Garcia Figueira

Origens do bipartidarismo: uma tentativa de entender as eleições norte-americanas – Antonio Pedro tota

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Como referenciar este conteúdo

Bernardes, Luana. História dos partidos Democrata e Republicano. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/historia/historia-partido-democrata-e-republicano. Acesso em: 26 de January de 2021.

Teste seu conhecimento

01. [FUVEST]: “Uma casa dividida contra si mesma não subsistirá. Acredito que esse governo, meio escravista e meio livre, não poderá durar para sempre. Não espero que a União se dissolva; não espero que a casa caia. Mas espero que deixe de ser dividida. Ela se transformará só numa coisa ou só na outra.” [Abraham Lincoln, em 1858].

Esse texto expressa a:

a) posição política autoritária do presidente Lincoln.

b) perspectiva dos representantes do sul dos EUA.

c) proposta de Lincoln para abolir a escravidão.

d) proposição nortista para impedir a expansão para o Oeste.

e) preocupação de Lincoln com uma possível guerra civil.

 

02. [UFPI]: A crise de 1929, iniciada nos Estados Unidos, deve ser entendida como:

a) decorrente da dependência econômica da economia norte-americana em relação à economia mundial.

b) consequência do mal planejamento dos economistas adeptos do liberalismo.

c) uma crise do sistema capitalista, que, produzindo para o lucro, sem que os consumidores tivessem condições de consumir, provocou uma crise de superprodução.

d) uma crise advinda do fato de os produtos serem produzidos em pequena escala e de o poder aquisitivo do consumidor ser muito grande, em face do que as mercadorias começam a faltar no mercado.

e) um erro da tentativa de recuperação econômica idealizada por Roosevelt e seus assessores diretos.

01. [FUVEST]

Resposta: E

A frase dita por Abraham Lincoln (presidente americano de 1861 a 1865) evidencia a tensão que existia entre nortistas e sulistas por conta da questão da manutenção e extensão do trabalho escravo (ou sua abolição) para os novos territórios conquistados no oeste. Essas tensões já haviam originado pequenos conflitos entre milícias dos dois lados na região do Kansas e, durante esse período, fortaleceu-se o discurso separatista dos sulistas. A declaração de secessão dos estados sulistas deu início ao conflito em 1861.

 

02. [UFPI]

Resposta: C

A crise de 1929 foi, acima de tudo, uma consequência do sistema capitalista.

Compartilhe

TOPO