Barack Obama

Barack Obama foi um dos presidentes dos Estados Unidos, assumindo o cargo em um período bastante conturbado para o país.

Barack Hussein Obama Junior nasceu em 4 de agosto de 1961, filho de Barack Obama, queniano, e Ann Dunham, americana. Parte de sua infância, Obama viveu no Havaí e na Indonésia, este último quando seus pais se separaram e sua mãe casou novamente. Com dez anos, retornou ao Havaí para viver com seus avós maternos, e em sua adolescência, mudou-se para Nova York, onde ingressou na Universidade Columbia para estudar ciências políticas. Depois disso, cursou direito pela Universidade de Harvard, e deu início à sua carreira política em Chicago, Illinois, atuando como líder comunitário e também como professor de direito constitucional.

Imagem: Reprodução

Em 1989, foi contratado para um emprego de verão em Sidley Austin, um escritório de advocacia em Chicago, onde conheceu Michelle Robinson, formada em direito por Harvard. Michelle foi mentora de Obama na empresa, gerando aproximação dos dois, que iniciaram um relacionamento, chegando a noivado em 1991. No ano de 1992, casou-se com Michelle, com quem teve duas filhas, Malia e Sasha. Quatro anos após seu casamento, foi eleito para o órgão do poder legislativo local no Senado de Illinois, ficando até o ano de 2004. Neste meio tempo, no ano de 2000, Obama tentou eleger-se para a House of Representatives, que seria algo como a Câmara dos Deputados, mas não conseguiu. Passados quatro anos, foi eleito para o Senado dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, e assumiu o mandato em janeiro de 2005.

O destaque de Barack Obama no meio político

Barack Obama teve intensa participação, integrando comissões e se destacando, de forma que se tornou viável a sua candidatura à presidência em 2007. Para isso, ele teve que vencer Hillary Clinton, senadora do mesmo partido, em uma disputa bastante acirrada. Sua campanha baseou-se essencialmente em três principais elementos, que são o fim da guerra do Iraque, a universalização dos serviços de saúde no país e a obtenção da autossuficiência energética dos Estados Unidos. No ano seguinte, Obama era destaque internacional com sua campanha. Ele viajou pela INglaterra, França, Iraque, Afeganistão, Jordânia e Israel, além da Alemanha, onde,em Berlim, reuniu aproximadamente 200 mil pessoas para ouvirem suas ideias.

George W. Bush já estava com um governo desgastado com as evidências intensas de que a economia norte-americana estava em uma grande crise, e com isso Obama conseguiu se impor sobre John McCain, seu adversário, em pesquisas. Em novembro, foi eleito o 44º presidente dos Estados Unidos, e o primeiro negro a governar o país, questão que, para ele, é secundária. Ele afirmou, na época, que “Não há uma América Negra e uma América Branca, e uma América Latina, e uma América Asiática. Há os Estados Unidos da América”.

Imagem: Reprodução

Quando assumiu a presidência, Barack Obama encarou uma crise, e em 2009, sancionou um pacote de estímulos que aumentou os gastos Obama, em 2012, tentou se reeleger, tendo, desta vez, uma disputa bastante acirrada contra o candidato Mitt Romney, vencendo com 50% dos votos, contra 48% de Romney. Barack Obama é um político de destaque, único e estimulante e, segundo seus simpatizantes, equipara-se a John F. Kennedy, apresentando igual carisma.

Referências

Change We Can Believe In: Barack Obama’s Plan to Renew America’s Promise – Barack Obama

Por Natália Petrin
Compartilhe nas redes sociais

TOPO