Tipos de rochas

Conheças os principais tipos de rochas, seu processo de formação, estrutura e composição.

As rochas são agregados naturais de minerais, podendo conter em sua composição um ou mais tipos de minerais. As rochas estão dispostas na crosta terrestre, que é a camada mais externa do planeta Terra. O estudo das rochas é chamado de Petrologia, que é um ramo da Geologia, responsável pela análise da origem, estrutura e da história das rochas. As rochas são modificadas ao longo do tempo pela ação do intemperismo, que é um conjunto de fenômenos que promovem alterações físicas, químicas e biológicas nas rochas, alterando o relevo.

Publicidade

Alguns elementos que modificam as rochas são: o clima, a chuva e também o próprio relevo. O clima age nas rochas alterando o regime de chuvas e a temperatura, atingindo os minerais presentes nas rochas. O vento também é um fator modelador do relevo, a partir da alteração do formato das rochas, por meio das partículas de sedimentos que são carregados e como eles “desgastam” as rochas. O relevo é o responsável por determinar os fluxos de água, e a infiltração desta no solo. Em locais onde há deposito de água, o intemperismo será mais intenso nas rochas. A ação antrópica também modifica o relevo, com a retirada de rochas para o uso nos ramos da metalurgia, construção, dentre outros.

1. Tipos de rochas

Para entendermos mais sobre as rochas, precisamos dividi-las em 3 categorias: magmáticas, sedimentares e metamórficas.

1.1 Rochas Magmáticas ou Ígneas

Rocha magmática Basalto. Foto: Reprodução.
Rocha magmática Basalto. Foto: Reprodução.

Esse tipo de rocha é formado pela consolidação do magma dos vulcões. Magma é o material rochoso derretido a temperaturas elevadas, esse mesmo material passa a ser chamado de “lava” quando extravasa pelo vulcão.

As rochas ígneas são subdivididas em dois tipos: intrusivas/plutônicas e extrusivas/vulcânicas. Essa diferença de nomenclatura se deve a forma como a rocha consolida. As rochas plutônicas ocorrem quando o magma solidifica ainda no interior da crosta terrestre; enquanto as vulcânicas são aquelas que solidificam na superfície da crosta, em contato com o meio externo.

Existem diversas rochas plutônicas, como é o caso do granito, que é utilizado em alguns tipos de construção. As rochas plutônicas são formadas pelo lento resfriamento do magma, diferentemente das rochas vulcânicas, que são formadas mais rapidamente, com o resfriamento da lava.

Um das rochas vulcânicas mais conhecidas é o basalto, uma rocha bastante compacta, comum em toda crosta terrestre e comumente utilizada em construções.

Publicidade

1.2 Rochas Sedimentares

Rocha sedimentar Arenito. Foto: Getty Images.
Rocha sedimentar Arenito. Foto: Getty Images.

Como rochas sedimentares, são entendidas aquelas que se formam a partir de partículas de outras rochas, as quais são carregadas pela ação dos ventos ou das águas, sendo depositadas em camadas e solidificando com o passar do tempo. O intemperismo tem forte influência na formação das rochas sedimentares, por meio do desgaste de rochas já existentes, desprendendo grãos que irão formar as rochas sedimentares.

As rochas sedimentares são facilmente identificadas pelas camadas que formam no momento da sedimentação e também pela textura arenosa que apresentam. Além disso, podem conter sedimentos de outras rochas, restos de animais, plantas e fósseis.

Dentre as rochas sedimentares também existe uma classificação: rochas sedimentares clásticas e rochas sedimentares químicas/não clásticas. As primeiras são formadas por partículas preexistentes, que podem ter tamanhos variados. Já as segundas são formadas pela ação do intemperismo químico, especialmente devido aos radicais salinos.

Publicidade

1.3 Rochas Metamórficas

Rocha metamórfica Mármore. Foto: Getty Images.
Rocha metamórfica Mármore. Foto: Getty Images.

As rochas metamórficas tem origem em rochas pré-existentes, sendo formadas especialmente pela ação de altas temperaturas e pressão. A composição da nova rocha formada será diferente da rocha original, alterando os componentes minerais desta. As alterações na rocha dependem do tipo de rocha existente anteriormente.

A nova rocha pode ser originada a partir de rochas magmáticas, sedimentares e mesmo de outras rochas metamórficas. As rochas metamórficas formadas a partir de rochas sedimentares apresentam a “xistosidade”, com camadas “folheadas”. Já as rochas formadas a partir de rochas magmáticas apresentam faixas de alinhamento dos elementos que antes constituíam a rocha ígnea. Existem alguns critérios para definir as rochas metamórficas.

Os geólogos não consideram transformações metamórficas aquelas que ocorrem durante os processos de intemperismo e de litificação (TEIXEIRA; et al., 2003, p. 39).

Portanto, as rochas metamórficas são exclusivamente aquelas formadas pela ação da pressão e/ou temperatura. Os processos de intemperismo (desagregação e alteração física, química ou biológica nas rochas) e litificação (compactação/transformação dos sedimentos em rochas) são formadores das rochas sedimentares.

2. Rocha ou Mineral?

Muitas pessoas confundem minerais com rochas, por isso é importante compreender o que são os minerais.

Um mineral é um elemento ou composto químico, via de regra, resultante de processos inorgânicos, de composição química geralmente definida e encontrado naturalmente na crosta terrestre (LEINZ; AMARAL, 2005, p. 33).

Os minerais em geral são sólidos e quase todos se apresentam em estado cristalino. As rochas são formadas por minerais, mas podem conter também vidro vulcânico e matéria orgânica.

Existem classificações específicas para diferenciar os minerais e as rochas, algumas são: brilho, cor, traço, dureza, fratura, clivagem e outros.

As rochas presentes na Terra não são constituídas por massas estáticas, mas estão em constante transformação.

A atividade intempérica e erosiva externa, envolvendo os agentes atmosféricos como o calor do sol, chuvas, ventos, geleiras, também atuam sobre estas rochas, causando constantes alterações (TEIXEIRA; et al., 2003, p. 42).

Assim, com as transformações sofridas pelas rochas, a configuração das paisagens também vai se transformando gradualmente, pois o planeta Terra está em constante processo de recriação.

Referências

ERNST, W. G. Minerais e Rochas. São Paulo: Editora Edgard Blücher, 1998.
LEINZ, Viktor; AMARAL, Sérgio Estanislau do. Geologia Geral. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2003.
TEIXEIRA, Wilson; et al (Orgs.). Decifrando a Terra. São Paulo: Oficina de Textos, 2003.

Luana Caroline
Por Luana Caroline

Mestre em Geografia (UNIOESTE); Licenciada em Geografia (UNIOESTE), Especialista em Neuropedagogia (ALFA-UMUARAMA) e Educação Profissional e Tecnológica (FACULDADE SÃO BRAZ).

Como referenciar este conteúdo

Künast Polon, Luana Caroline. Tipos de rochas. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/geografia/tipos-de-rochas. Acesso em: 22 de July de 2024.

Teste seu conhecimento

1. [ENEM/2010] O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis de animais do Período Jurássico. As rochas em que se encontram esses fósseis são:

a) magmáticas, pois a ação de vulcões causou as maiores extinções desses animais já conhecidas ao longo da história terrestre.
b) sedimentares, pois os restos podem ter sido soterrados e litificados com o restante dos sedimentos.
c) magmáticas, pois são as rochas mais facilmente erodidas, possibilitando a formação de tocas que foram posteriormente lacradas.
d) sedimentares, já que cada uma das camadas encontradas na figura simboliza um evento de erosão dessa área representada.
e) metamórficas, pois os animais representados precisavam estar perto de locais quentes.

2. [UEM/2006] Sobre as rochas que compõem a crosta terrestre, assinale a alternativa correta:

a) As rochas sedimentares formaram-se pelo resfriamento e pela solidificação de minerais da crosta terrestre, isto é, o magma.
b) As rochas metamórficas formaram-se a partir das transformações sofridas pelas rochas magmáticas e sedimentares quando submetidas ao calor e à pressão do interior da Terra.
c) As rochas magmáticas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas.
d) O arenito e o calcário são exemplos de rochas metamórficas.
e) O gnaisse e o mármore são exemplos de rochas sedimentares.

1. [B]

As rochas sedimentares são formadas por sedimentos depositados ao longo dos anos, podendo conter restos de animais e vegetais. Os fósseis podem ser encontrados entre as camadas que se formam nas rochas sedimentares, tendo sido compactados pela pressão dos sedimentos.

2. [B]

A formação das rochas metamórficas acontece por dois fatores: pressão e calor. Podendo ser originadas a partir de rochas sedimentares ou magmáticas.

 

Compartilhe

TOPO