Tipos de floresta

Os tipos de floresta variam de acordo com as condições de umidade e temperatura de cada região do planeta. São divididas em: Florestas Tropicais, Equatoriais, Boreais, Temperadas e Savanas.

Existem diferentes tipos de floresta espalhados pelo globo. Elas são vitais para a vida do ser humano, devido a muitos fatores principalmente de ordem climática. As florestas podem ser de formação natural ou artificial.

A floresta mais conhecida é a Floresta Pluvial Amazônica, maior que alguns países.

No planeta Terra existe uma grande variedade de florestas, com características diferentes segundo as condições de umidade e temperatura de cada região.

Os principais tipos são: Equatoriais, Tropicais, Boreais, Temperadas e Savanas.

Tipos de floresta

Equatoriais e Tropicais

São tipos de floresta onde predominam climas quentes (equatorial e tropical) com chuvas superiores a 2.000 mm anuais e estação seca e curta. É uma vegetação exuberante, constituída de árvores muito altas, algumas alcançando mais de 60 metros de altura.

Dividem-se em andares ou estratos, ou seja, vários níveis de vegetação. Apresentam a maior biodiversidade do planeta, com grande de espécies animais e vegetais. essas formações vegetais tem sido bastante devastadas pela ação humana, com a ação da agricultura, pecuária e mineração.

tipos de floresta
Imagem: Reprodução

Florestas Boreais ou Taiga

Ocorrem nas extremidades das zonas temperadas setentrionais, nas latitudes acima de 50ºC até bem próximas do Círculo Polar, onde predominam os climas frios.

São tipos de floresta com formações homogêneas, constituídas de coníferas (pinheiros) adaptadas aos solos gelados do rigoroso inverno setentrional, com suas folhas, em forma de agulha, que regulam a transpiração vegetal.

Imagem: Reprodução

Florestas Temperadas

Localizam-se nas regiões de climas temperados, com invernos não prolongados e estações bem definidas. São chamadas de de florestas decíduas, porque no inverno, quando a temperatura chega abaixo do ponto de congelamento, em geral as folhas caem para reduzir a perda de água.

São áreas florestais praticamente em vias de desaparecimento pela destruição provocada pelo ser humano, estando quase restrita à parques e reservas.

Imagem: Reprodução

Savanas

São formações vegetais de pouca altura, não excedendo três ou quatro metros, compondo-se basicamente de arbusto e gramíneas. Ocorrem nos climas quentes, com uma estação seca bem definida.

Florescem e ficam viçosas na estação chuvosa e secas da ausência das chuvas. No Brasil, as savanas são representadas pelas caatingas; sua área de maior ocorrência no entanto, é a África.

Imagens: Reprodução

Pradarias

São domínios vegetais em que predominam espécies herbáceas e baixas, formando campos. Ocorrem nos climas temperados secos e nos subtropicais. São as pradarias norte-americanas, os pampas sul-americanos, as estepes europeias e russas.

Imagem: Reprodução

Tundra

Vegetação que cresce nos solos gelados dos climas frios durante o curto verão. São espécies rasteiras de líquens, algas e musgos. Ocorre nas extremidades setentrionais dos continentes e nas bordas da Antártida, onde a temperatura média média do mês mais quente não ultrapassa 10ºC.

Imagem: Reprodução

Desertos

Em razão da escassez de água, pouquíssimas espécies conseguem viver nos desertos, como as que eliminam folhas (caducifólias) ou que possuem capacidade de armazenar água (xerófitas).

Algumas plantas de pequeno porte, como o cacto, com poucas folhas ou espinhos, também se adaptam ao ambiente. Nos oásis, pela presença de água, crescem algumas palmeiras como a tamareira.

Imagem: Reprodução

Referências

Ipef.br

Manual Compacto de Geografia Geral – Equipe Rideel

Luana Bernardes
Prof. Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Teste seu conhecimento

01. [PUC]: Em relação às florestas tropicais úmidas, é correto afirmar que:

a) se localizam nas mais altas latitudes do planeta.

b) são constituídas de baixa a média biodiversidade.

c) são os ecossistemas mais bem preservados da Terra.

d) têm uma composição de flora dominantemente latifoliada.

e) reduzem a umidade do ar através da evapotranspiração.

 

02. [UFSC]: Sobre as formações fitogeográficas ou Biomas existentes no Brasil, assinale a(s) proposição (ões) correta(s).

a) O Cerrado é uma formação fitogeográfica caracterizada por uma floresta tropical que cobre cerca de 40% do território brasileiro, ocorrendo na Região Norte.

b) A Caatinga é caracterizada por ser uma floresta úmida da região litorânea do Brasil, hoje muito devastada.

c) O Mangue ocorre desde o Amapá até Santa Catarina e desenvolve-se em estuários, sendo utilizados por vários animais marinhos para reprodução.

d) O Pampa ocorre na Região Centro-Oeste onde o clima é quente e seco. A flora e a fauna dessa região são extremamente diversificadas.

e) A Floresta Amazônica está localizada nos estados do Maranhão e do Piauí e as árvores típicas dessa formação são as palmeiras e os pinheiros.

f) O Pantanal ocorre nos estados do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso, caracterizando-se como uma região plana que é alagada nos meses de cheias dos rios.

g) A Mata Atlântica é uma formação que se estende de São Paulo ao Sul do país, onde predominam árvores como o babaçu e a carnaúba, e está muito bem preservada.

01. [PUC]

Resposta: D

As florestas tropicais são encontradas em baixas e médias latitudes, possuem elevada biodiversidade, têm sua preservação ameaçada pela ação humana, elevam a umidade do ar por sua alta evapotranspiração e apresentam flora predominantemente latifoliada.

 

02. [UFSC]

Resposta:

a) Falso – O cerrado não é uma floresta tropical. Apesar da ocorrência desse tipo de vegetação em várias regiões brasileiras, o cerrado é predominante no Centro-Oeste.

b) Falso – A caatinga é um bioma típico do sertão nordestino, onde prevalece uma vegetação característica de regiões semiáridas.

c) Verdadeiro – Os mangues estão presentes em vários pontos da costa brasileira, abrangendo áreas que vão do Amapá até Santa Catarina. O manguezal é de fundamental importância para o equilíbrio ambiental, pois esse ecossistema apresenta grande biodiversidade e consiste em um berçário natural para as espécies marinhas, onde vários peixes, moluscos e crustáceos realizam a reprodução.

d) Falso – O pampa é o tipo de cobertura vegetal predominante no Rio Grande do Sul. Na Região Centro-Oeste, prevalece o bioma cerrado.

e) Falso – A Floresta Amazônica cobre toda a região Norte do Brasil. As palmeiras e os pinheiros não são árvores típicas desse bioma.

f) Verdadeiro – O Pantanal está localizado no sudoeste de Mato Grosso e oeste de Mato Grosso do Sul. Esse bioma é uma das maiores planícies inundáveis do planeta. Durante os períodos chuvosos (outubro a abril), o nível dos rios na bacia do Paraguai aumenta e inunda a planície, cobrindo até dois terços da área pantaneira.

g) Falso – A Mata Atlântica está presente na porção leste do território nacional, estendendo-se do Piauí ao Rio Grande do Sul. O babaçu e a carnaúba são árvores típicas do bioma Mata dos Cocais. A Mata Atlântica é o bioma mais devastado do Brasil.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO