Tigres Asiáticos

O termo Tigres Asiáticos se refere a quatro países da Ásia que apresentam grande industrialização e forte economia: Cingapura, Hong Kong, Coreia do Sul e Taiwan.

A partir de 1970, esses quatros países iniciaram uma série de investimentos em industrialização, tecnologia e adotaram políticas econômicas específicas. Assim, a partir da década de 1980 passaram por um intenso processo de industrialização, a fim de atrair o capital estrangeiro, visando um rápido crescimento econômico.

Publicidade

Mapa com a localização dos quatro Tigres Asiáticos originais. Imagem: Wikimedia commons.
Mapa com a localização dos quatro Tigres Asiáticos originais. Imagem: Wikimedia commons.

O modelo econômico baseado em forte industrialização e produção voltada para exportação foi um dos principais fatores que proporcionaram o rápido desenvolvimento desses países. Este modelo é denominado IOE (Industrialização Orientada para a Exportação) e os principais produtos destinados à exportação são os têxteis e eletrônicos.

Outro aspecto de grande importância foi o alto investimento governamental em educação e qualificação profissional, que garantiu o desenvolvimento de tecnologia, a expansão da indústria e também proporcionou ótimos indicadores educacionais e sociais.

Dessa forma, esses países desenvolveram produtos de alta tecnologia agregada e preços competitivos, graças a abundante e barata mão-de-obra disponível. Como os produtos eram direcionados a exportação para países desenvolvidos, o crescimento econômicos desses países asiáticos foi rápido. A recuperação do Japão pós Segunda Guerra Mundial foi crucial para alavancar o crescimento dos países desta região da Ásia.

O conjunto de estratégias agressivas adotadas por esses países para atrair investimentos estrangeiros, como o forte investimento em infraestrutura, a isenção de impostos, o baixo custo para instalação de empresas, a existência de mão-de-obra barata, cunharam a denominação Tigres Asiáticos.

Novos Tigres Asiáticos

Desse modo, a denominação Tigre passou a ser sinônimo de uma nação que conquistou crescimento e desenvolvimento a partir de um modelo econômico baseado em exportação. Assim, recentemente, outras nações do Sudeste asiático passaram a ser consideradas Tigres: Indonésia, Malásia, Filipinas e Tailândia. Estes são conhecidos como os Tigres Asiáticos de Segunda Geração ou os Novos Tigres Asiáticos.

Tigres Asiáticos originais (vermelho) e Novos Tigres Asiáticos (amarelo). Imagem: Wikimedia commons.
Tigres Asiáticos originais (vermelho) e Novos Tigres Asiáticos (amarelo). Imagem: Wikimedia commons.

Você sabia?

Coreia do Sul

“A dívida externa da Coréia do Sul, por exemplo, já foi maior que a do Brasil, e esse país asiático também enfrentou enormes dificuldades para colocar no mercado internacional os produtos que hoje exporta em grande quantidade: micro-computadores, especialmente chips (é o maior exportador mundial), produtos eletrônicos em geral, automóveis, aço, navios, etc.” (Vesentini, 2003, pg.125)

Publicidade

Nos anos 1960, a Coreia do Sul era um dos mais pobres países do sudeste asiático. Foi a partir da década de 1980 que, graças ao modelo que apostava na produção de bens visando exportação, que este país apresentou um dos mais impressionantes crescimentos econômicos. Atualmente apresenta elevados valores de IDH e PIB per capita, compatíveis com o de países desenvolvidos.

Referências

SENE, E.; MOREIRA, J. C. Geografia Geral e do Brasil. Espaço geográfico e globalização. Volume 2. 2ª Edição. São Paulo: Scipione. 2013.

VESENTINI, J. W. Nova Ordem, Imperialismo e Geopolítica Global. Campinas: Papirus. 2003.

Carlos Ferreira
Por Carlos Ferreira

Formado em Ciências Econômicas e Jornalismo. Possui ampla experiência editorial e redacional em conteúdos jornalísticos com foco em mídias digitais.

Como referenciar este conteúdo

Ferreira, Carlos. Tigres Asiáticos. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/geografia/tigres-asiaticos. Acesso em: 24 de July de 2024.

Teste seu conhecimento

1. (UFJF/2012) Leia o fragmento de texto a seguir.

“A partir da década de 1980, alguns territórios do Pacífico ocidental começaram a apresentar altos índices de crescimento econômico e interferência no mercado mundial, sendo por isso designados tigres asiáticos. Os termos lembram agressividade e é exatamente essa a característica fundamental das quatro economias que formam esse grupo. Eles utilizaram estratégia arrojada de atração de capital estrangeiro – apoiada na mão-de-obra barata e disciplinada, na isenção de impostos e nos baixos custos de instalação de empresas”.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tigres_asi%C3%A1ticos. Acesso em 18/01/2009.

Uma das quatro economias que formam esse grupo é:

a) Austrália.

b) Cingapura.

c) Índia.

d) Indonésia.

e) Japão

2. (UNIFEI/2012) Até meados dos anos 40, estes países possuíam economias exclusivamente agrícolas. Porém, um forte investimento do Estado na educação e no setor industrial permitiu, na década de 70, que eles se tornassem grandes exportadores, elevando o seu crescimento econômico rapidamente. Essa afirmação refere-se aos:

a) países denominados Tigres Asiáticos

b) antigos países comunistas que se tornaram independentes

c) países latino-americanos pertencentes ao Cone Sul

d) países do leste europeu apenas

 

1.[b]

2.[a]

Compartilhe

TOPO