Rochas Sedimentares

As rochas sedimentares são formadas pela deposição, acumulação e a consolidação de materiais sedimentares, os quais podem ser também de origem orgânica.

1. Rochas

As rochas são agregados de minerais consolidados. As quais são classificadas de acordo com sua origem, bem como em relação às transformações ocorridas pela ação do meio. Sendo elas: magmáticas, metamórficas e sedimentares.

2. Rochas sedimentares

As rochas sedimentares são constituídas a partir de sedimentos desprendidos de outras rochas.

“Os sedimentos transportados pelo vento ou pela água, são depositados e depois solidificados, dando origem a uma rocha sedimentar.” (SILVA, 2013, p. 130)

As rochas sedimentares são formadas a partir de material muito antigo, podendo conter importantes informações em sua composição, como elementos que mostram características dos climas passados, bem como dos seres que habitavam o planeta anteriormente. Assim, podem ser encontradas compactadas plantas e fósseis, os quais revelam elementos do passado da Terra.

O processo formador de uma rocha sedimentar é extremamente lento, e os sedimentos formados são derivados de fragmentos soltos pela ação dos ventos, das águas e do gelo, mas também de partículas animais e vegetais. Portanto, as rochas sedimentares são formadas a partir de rochas já existentes.

“Uma rocha magmática exposta, por exemplo, na superfície da Terra sofre a ação do tempo e vai sendo decomposta. Os sedimentos, por sua vez, depositam-se aos poucos no fundo de lago, fundo de vale, planície ou oceano. Nesse local, vão sendo comprimidos em camadas que, depois de muito tempo, formam rochas sedimentares, como o arenito.” (LUCCI, 2012, p. 92)

Outra rocha sedimentar bastante conhecida é o calcário, o qual se forma pela acumulação de conchas e carapaças de animais. Este tipo de rocha é formado nos fundos de pântanos, em lagos e nos oceanos.

Dentre os tipos de sedimentos, é possível destacar os detríticos (argila, areia, arenito etc), os de origem química (calcário, gesso, sal-gema etc) e os de origem biogênica (carvão, petróleo etc).

As rochas sedimentares detríticas são constituídas por meio dos detritos de outras rochas, os quais são resultantes da “meteorização” de rochas pré-existentes. As rochas sedimentares detríticas podem ser não consolidadas ou consolidadas. Já as rochas sedimentares quimiogênicas são originadas a partir do processo de precipitação de minerais em solução. Enquanto as rochas sedimentares biogênicas são constituídas com base nos sedimentos de origem biológica, os quais resultam dos restos físicos de seres vivos ou das suas atividades, um exemplo clássico desse tipo de rocha é o carvão.

Existem alguns elementos que permitem reconhecer as rochas sedimentares, os mais relevantes são conterem camadas e estratos, além da possibilidade de existirem fósseis. Os sedimentos são depositados ao longo do tempo, formando camadas.

Dentre as rochas sedimentares, pode-se citar: o Arenito, o Calcário, o Conglomerado, o Diamictito, a Dolomita, Folhelho, Siltito, Travertino, Tilito e Varvito.

Um processo importante relacionado com a formação das rochas sedimentares é o intemperismo. Este é caracterizado por processos mecânicos, químicos e também biológicos, os quais ocasionam o desgaste nas rochas, transformando-as em sedimentos.

Ilustração: UFRJ
Ilustração: UFRJ

Alguns passos são essenciais para formação das rochas sedimentares, são eles:

  1. A existência de rochas;
  2. Presença de agentes que promovam a desagregação ou desintegração das rochas já existentes;
  3. Presença de agente transportador dos sedimentos, como ventos e chuvas;
  4. Deposição do material desagregado em bacias;
  5. Consolidação dos sedimentos;
  6. Diagênese: que é o processo de transformação do material sedimentado em rochas definitivas.

Veja um breve esquema da formação de rochas sedimentares:

Ilustração: Reprodução
Ilustração: Reprodução

Referências

LUCCI, Elian Alabi (Org.). Geografia: homem e espaço. 6º ano. 24ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2012.
MENEZES, Paulo Roberto. Geografia I. Coleção ENEM e Vestibulares. São Paulo: Gold Editora, 2014.
SILVA, Edilson Adão Cândido da (Org.). Geografia em rede. 1º ano. São Paulo: FTD, 2013.
TAMDJIAN, James Onnig (Org.). Geografia: estudos para a compreensão do espaço. Como funciona o mundo. 6º ano. São Paulo: FTD, 2012.

Luana Caroline
Por Luana Caroline

Mestre em Geografia (UNIOESTE); Licenciada em Geografia (UNIOESTE), Especialista em Neuropedagogia (ALFA-UMUARAMA) e Educação Profissional e Tecnológica (FACULDADE SÃO BRAZ).

Como referenciar este conteúdo

Künast Polon, Luana Caroline. Rochas Sedimentares. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/geografia/rochas-sedimentares. Acesso em: 26 de August de 2021.

Teste seu conhecimento

1) [ENEM/2010]

O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis de animais do Período Jurássico. As rochas em que se encontram esses fósseis são
a) magmáticas, pois a ação de vulcões causou as maiores extinções desses animais já conhecidas ao longo da história terrestre.
b) sedimentares, pois os restos podem ter sido soterrados e litificados com o restante dos sedimentos.
c) magmáticas, pois são as rochas mais facilmente erodidas, possibilitando a formação de tocas que foram posteriormente lacradas.
d) sedimentares, já que cada uma das camadas encontradas na figura simboliza um evento de erosão dessa área representada.
e) metamórficas, pois os animais representados precisavam estar perto de locais quentes.

2) [UFV/2007] Observe a figura abaixo:

No decorrer do tempo geológico, as rochas sofrem diversas modificações e se transformam. Com base na figura acima e nos conhecimentos sobre dinâmica da crosta terrestre, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) As rochas metamórficas resultam da transformação de rochas antigas, que sofreram pressão ou elevação de temperaturas, como é caso do gnaisse.
b) As rochas ígneas são formadas a partir do resfriamento do magma, levando à formação de rochas como o granito.
c) As rochas metamórficas são mais resistentes ao intemperismo do que as rochas sedimentares, permitindo o uso dessas na construção civil.
d) As rochas sedimentares são formadas pelo processo de compactação do material oriundo do intemperismo e do transporte das rochas ígneas ou metamórficas.
e) O intemperismo transforma as rochas ígneas em metamórficas, como ocorreu com a formação do calcário na região de Sete Lagoas (MG).

1. [B]

A imagem ilustra rochas sedimentares, as quais são formadas pela deposição de material proveniente de rochas já existentes, além de restos de material orgânico, como restos de animais e vegetais. Esse processo de formação envolve processos como litificação, compactação do material, cimentação do mesmo, formando assim as rochas sedimentares, reconhecidas por suas camadas.

2. [E]

O intemperismo não transforma as rochas ígneas em metamórficas, mas sim as altas temperaturas e a pressão. Além disso, o calcário é uma rocha sedimentar.

Compartilhe

TOPO