Oceania

Também conhecida como "Novíssimo Mundo", a Oceania está localizada entre os oceanos Índico e Pacífico e é formada por milhares de ilhas.

A Oceania é um continente diferente dos demais, pois é formado por aproximadamente 400 mil ilhas, grande parte de origem vulcânica, dos mais variados tamanhos e por três massas de maior vulto: Austrália, Nova Zelândia e Nova Guiné.

A Oceania também o menor dos continentes, com uma área territorial de 8.480.354 quilômetros quadrados.

oceania
Imagem: Mapa

Os climas na região insular, exceto na Nova Zelândia, são considerados climas quentes e tropicais. O clima que abrange a maioria das ilhas e uma pequena parte ao norte da Austrália é o de floresta tropical pluvial, com temperaturas altas e pouca variação.

A economia do continente se baseia quase que exclusivamente na agricultura e no turismo e as regiões desenvolvidas encontram-se na Austrália (Sydney e Melbourne, principais cidades australianas).

Países que constituem a Oceania

  • Austrália
  • Fiji
  • Ilhas Marshall
  • Ilhas Salomão
  • Kiribati
  • Micronésia
  • Nauru
  • Nova Zelândia
  • Paulu
  • Papua Nova Guiné
  • Samoa Ocidental
  • Tonga
  • Tuvalu
  • Vanuatu

As ilhas do continente oceânico podem ser agrupadas em três grandes conjuntos:

  • Melanésia: conjunto de ilhas localizadas a nordeste da Austrália;
  • Micronésia: são pequenas ilhas localizadas a sudeste do Japão entre a linha do Equador e o Trópico de Capricórnio;
  • Polinésia: corresponde ao maior número de ilhas, localizadas entre a ilha do Equador e o Trópico de Capricórnio.
oceania cultura
Imagem: Reprodução

Uma curiosidade sobre a Oceania é sua variedade linguística. São 18 idiomas falados no pequeno continente como o bislamá, castelhano, chamorro, fidjiano, francês, gilbertês, havaiano, indonésio, inglês, língua de sinais da Nova Zelândia, maori, marquesano, marshalês, nauruano, palauense, Rapanui, taitiano e o toquelauano.

Breve história da Oceania

A Oceania é também conhecida como “Novíssimo Mundo” por ter sido descoberta apenas em 1770, pelo inglês James Cook.

A colonização da Oceania foi feita pelos europeus a partir do século XVIII. Os povos que habitavam a região foram praticamente exterminados nesse processo civilizatório.

Hoje, os nativos aborígenes representam 1% da população da Austrália e os maoris, da Nova Zelândia, 10%. Apesar disso, as ilhas do Pacífico contam com um número maior de nativos.

A Oceania é o continente mais populoso do mundo, com cerca de 38 milhões de habitantes sendo que 80% dessa população se divide entre a Austrália e Nova Zelândia que tem sofrido sérios problemas ambientais por causa da presença de toneladas de resíduos tóxicos nos mares da região.

Outro problema ambiental, é o efeito estufa sobre a região. Com o aumento da temperatura global, ocorre o derretimento das calotas polares e a elevação dos níveis dos oceanos que poderão futuramente submergir muitos atóis e ilhas de corais.

Desde o final da Segunda Guerra Mundial, o continente oceânico vem sendo alvo de centenas de testes nucleares. Os países que mais investiram e realizaram testes radioativos na área foram os Estados Unidos e a França.

A França, por exemplo, mesmo contra a opinião mundial, até 1996, realizou dezenas de testes no arquipélago da Nova Caledônia e no atol de Mururoa, quando foram definitivamente suspensas e posteriormente proibidas.

Paralelamente, há um movimento do sentido de se recuperar os locais contaminados pela radioatividade.

Referências

Manual de Geografia Geral – Equipe Rideel

Luana Bernardes
Prof. Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Teste seu conhecimento

01. [FGV]: O termo Oceania costuma ser usado para identificar as terras emersas localizadas entre os oceanos Índico e Pacífico. Sobre elas pode-se afirmar que:

a) As ilhas da Polinésia, Micronésia e Melanésia são constituídas, predominantemente por países que completaram sua independência política na década de 1950.

b) A Polinésia tem sido a área mais utilizada pelos EUA para a realização de testes atômicos, como os da década de 1970, que destruíram o atol de Mururoa.

c) Um traço cultural comum na Oceania é a completa adaptação das comunidades nativas aos padrões europeus e norte-americanos estabelecidos com a ocupação colonial a partir do século XVI.

d) Austrália, Nova Zelândia e Papua-Nova Guiné são considerados países independentes, apesar de terem como chefe de Estado a Rainha Elizabeth II, do Reino Unido, ou alguém indicado por ela.

e) Em comparação com outros continentes, a Oceania apresenta o maior número de possessões do tipo colonial, a exemplo do Havaí, Taiti e Tonga, controlados pelos Estados Unidos.

02. [VUNESP]: A Austrália é formada por um bloco continental maciço correspondente a um planalto antigo de baixas altitudes. Contudo, a rede de drenagem e o desenvolvimento agrícola no interior do continente são dificultados pelo predomínio de climas:

a) áridos

b) de monções

c) mediterrâneos

d) chuvosos

e) frios

01. [FGV]

Resposta: D

A Oceania é constituída por um enorme arquipélago, dividido em sub-regiões, nas quais os países mais importantes possuem uma vassalagem formal  para com o Reino Unido. O chefe do Estado é indicado pela rainha da Inglaterra, mas seu poder é apenas formal. Quem governa de fato é o primeiro-ministro, que é um deputado eleito pelo povo e membro do Parlamento.

 

02. [VUNESP]

Resposta: A

O desenvolvimento da agricultura no interior da Oceania são dificultados pelo predomínio de climas áridos.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO