Fundo Amazônia

O Fundo Amazônia é um investimento criado como forma de captar doações não-reembolsáveis destinados à preservação e combate ao desmatamento.

O Fundo Amazônia é uma forma de investimento internacional de outros países, cujo intuito é captar doações não-reembolsáveis.

De forma básica, nações estrangeiras investem na recuperação e manutenção da Floresta Amazônica, a fim de amenizar os impactos ambientais gerados com a exploração de recursos naturais terrestres.

Dessa forma, esses investimentos são destinados para ações de monitoramento da floresta, prevenção dos recursos (fauna, flora, minério e etc) e no combate ao desmatamento.

Além disso, o Fundo Amazônia ainda prevê a promoção da conservação e do uso sustentável da floresta. Dentro do Bioma Amazônia, segundo Decreto número 6.527, de 1º de agosto de 2008, o desmatamento deve ser controlado, não ultrapassando uma metragem a ser, posteriormente, recuperada.

fundo amazônia
(Imagem: Reprodução)

Projetos financiados pelo Fundo Amazônia

Dessa forma, os investimentos angariados pelo Fundo Amazônia são destinados a determinados projetos, sendo:

  • Gestão das Floretas Públicas e Proteção de Áreas Protegidas;
  • Monitoramento, fiscalização e controle do Bioma Amazônia;
  • Atividades de cunho econômico desenvolvido através de uma utilização sustentável da floresta;
  • Manejo sustentável da floresta;
  • Zoneamento de áreas ecológicas e econômicas;
  • Ordenamento e repartição territorial a fim de regulamentação fundiária;
  • Uso sustentável da biodiversidade e conservação do bioma;
  • Recuperação de áreas desmatadas;

Uso do investimento

O Fundo Amazônia tem como possibilidade usufruir de 20% dos recursos angariados para o suporte a desenvolvimento de sistemas de monitoramento e verificação do desmatamento em demais biomas, além da Amazônia.

Outro ponto de grande importância do Fundo é contribuir para as áreas de estudo que visam a redução das emissões de gases responsáveis pelo efeito estufa. As propostas podem ser utilizadas e coordenadas de modo a auxiliar no combate ao desmatamento e na promoção da conservação da sustentabilidade da floresta.

A gestão do Fundo Amazônia se dá pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). É também de responsabilidade da organização a captação dos recursos, contratação de pessoal e a fiscalização dos projetos adotados.

Noruega e a majoritária quantia

A Noruega é o país que mais contribui para o Fundo Amazônia. Por ser uma economia dependente do petróleo, e com pouca reserva florestal, o país investe no Fundo do Brasil, a fim de diminuir os danos causados pela extração do petróleo norueguês.

Os investimentos que já chegaram aos R$ 2 bilhões, recentemente foram cortados pela metade. Com o desmatamento descontrolado da Floresta Amazônica, o presidente Michel Temer até tentou, após uma visita ao Rei da Noruega, a manutenção do acordo.

O Fundo Amazônia, entretanto, corre grande risco, sobretudo porque o desmatamento no Bioma cresce exponencialmente, o que faz com que o Brasil seja mal visto no exterior, por não utilizar o fundo mantido por nações estrangeiras.

 

Referências

Informações via FundoAmazonia.gov

Embaixador da Noruega responde críticas de Onyx sobre preservação da Amazônia – Jornal Extra

Mateus Bunde
Prof. Mateus Bunde

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Especialista em Linguagens pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e Mestrando em Comunicação pela Universidade do Porto, de Portugal (UP/PT).

Exercícios resolvidos

1. [FUVEST]

Considere as afirmativas abaixo para responder à questão:

I – A Amazônia é o pulmão do mundo, tendo em vista a intensa atividade biológica da floresta que recobre a região.

II – A Amazônia concentra grande quantidade de calor, contribuindo para ativar a circulação atmosférica.

III – A crescente poluição das águas fluviais da Amazônia, sobretudo nas áreas de garimpo de ouro, contribui para a diminuição de piscosidade dos rios. Sobre a questão ambiental da Amazônia somente:

a) I está correta.

b) I e II estão corretas.

c) II está correta.

d) III está correta.

e) II e III estão corretas.

Resposta: E

2. [ENEM]

Floresta Amazônica, com toda a sua imensidão, não vai estar aí para sempre. Foi preciso alcançar toda essa taxa de desmatamento de quase 20 mil quilômetros quadrados ao ano, na última década do século XX, para que uma pequena parcela de brasileiros se desse conta de que o maior patrimônio natural do país está sendo torrado.

AB’SABER, A. Amazônia: do discurso à práxis. São Paulo: EdUSP, 1996.

Um processo econômico que tem contribuído na atualidade para acelerar o problema ambiental descrito é:

a) Expansão do Projeto Grande Carajás, com incentivos à chegada de novas empresas mineradoras.

b) Difusão do cultivo da soja com a implantação de monoculturas mecanizadas.

c) Construção da rodovia Transamazônica, com o objetivo de interligar a região Norte ao restante do país.

d) Criação de áreas extrativistas do látex das seringueiras para os chamados povos da floresta.

e) Ampliação do polo industrial da Zona Franca de Manaus, visando atrair empresas nacionais e estrangeiras.

Resposta: B

Compartilhe nas redes sociais

TOPO