Estrutura da Terra

Podemos dividir a estrutura do planeta Terra em três camadas: crosta, manto e núcleo.

A estrutura da Terra tem uma formação considerada ideal. Na superfície terrestre, estão as principais condições para o desenvolvimento da vida, como a água, gases, rochas e minerais.

Essa superfície é irregular, ou seja, é constituída por áreas planas, áreas montanhosas, vales e outras formas de relevo.

Podemos dizer que a superfície da Terra é um imenso espaço geográfico, pois, é o espaço no qual os seres humanos ocupam e transformam continuamente.

Estrutura da Terra

Costumamos dividir a estrutura do planeta Terra em três camadas: crosta, manto e núcleo.

Crosta

A crosta é a parte sólida da Terra, formada por rochas e minerais. Possui de 30 a 70 km de espessura e subdivide-se em crosta continental (Sial – silício e alumínio) e crosta oceânica (Sima – silício e magnésio).

A crosta continental refere-se às terras emersas (continentes e ilhas), e a costa oceânica é a parte que fica submersa, abaixo de oceanos e mares.

estrutura da terra
Imagem: Reprodução

Manto

O manto se localiza logo abaixo da crosta. Essa camada tem entre 70 e 2.900 km de espessura.

É constituído principalmente por material pastoso e magmático. Os terremotos e o vulcanismo originam-se da pressão que a crosta exerce sobre o magma.

Núcleo

Também conhecido como Nife, por causa de sua composição química (níquel e ferro), é o centro da Terra.

As temperaturas nessa camada são elevadíssimas, podendo chegar a 4.800ºC.

Estrutura geológica

Na estrutura da Terra, a parte geológica é o conjunto de rochas que formam a crosta terrestre.

Apresentam três grandes unidades: os escudos cristalinos, as bacias sedimentares e os desdobramentos modernos.

Sobre essas estruturas, podemos encontrar diferentes formas de relevo.

Escudos cristalinos

Os escudos cristalinos são estruturas geológicas muito antigas, com superfícies arredondadas ou com algumas cristas, mas que apresentam um nível geral de aplainamento decorrente dos longos períodos de erosão a que foram submetidas.

São exemplos os escudos Brasileiro, das Guianas, Canadense e Siberiano.

Os escudos cristalinos são áreas estáveis com pequena ou nenhuma ocorrência de vulcanismo ou terremotos e que apresentam importantes jazidas de minerais metálicos.

Bacias sedimentares

As bacias sedimentares são áreas mais baixas encontradas nos escudos ou em seu redor.

Essas bacias são formas por detritos ou sedimentos resultantes do desgaste das rochas magmáticas e metamórficas ou por detritos orgânicos que se acumularam.

As bacias sedimentares estão associadas à ocorrência de combustíveis fósseis.

Exemplos de bacias sedimentares: Bacia Amazônica e chapada do Araripe, no Ceará.

Dobramentos modernos

São formados por antigas camadas de rochas sedimentares dos fundos marinhos, que foram soerguidas, dobradas ou enrugadas, apresentando grandes altitudes, vertentes escarpadas e abruptas, picos pontiagudos e alinhamentos de cristas.

A esse tipo de relevo pertencem as montanhas rochosas, os Andes sul-americanos, os Alpes europeus, os Apeninos, os Cárpatos, os Bálcãs e outras montanhas.

Os dobramentos modernos foram formados durante o período Terciário, dando a forma, assim, à estrutura da Terra.

Referências

Manual de Geografia Geral – Equipe Rideel

Geografia Geral e do Brasil  – João Carlos Moreira, Eustáquio de Sene

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Como referenciar este conteúdo

Bernardes, Luana. Estrutura da Terra. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/geografia/estrutura-da-terra. Acesso em: 26 de August de 2021.

Teste seu conhecimento

01. [UFJF]:

Leia o fragmento de texto a seguir:

Tais mudanças nas partes superficiais do globo pareciam, para mim, improváveis de acontecer se a Terra fosse sólida até o centro. Desse modo, imaginei que as partes internas poderiam ser um fluido mais denso e de densidade específica maior que qualquer outro sólido que conhecemos, que assim poderia nadar no ou sobre aquele fluido. Desse modo, a superfície da Terra seria uma casca capaz de ser quebrada e desordenada pelos movimentos violentos do fluido sobre o qual repousa.

(Benjamin Franklin, 1782, em uma carta para o geólogo francês Abbé J. L. Giraud-Soulavie in PRESS, frank et al. Para entender a Terra. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006).

Sobre a estrutura interna da Terra, pode-se afirmar que:

a) a crosta é uma camada única constituída de uma placa tectônica dividida em duas seções.

b) a litosfera é a camada mais densa e se mantém em movimento devido às correntes convectivas.

c) as camadas da Terra são separadas umas das outras por áreas denominadas “descontinuidades”.

d) ela é formada por camadas alternadas, de densidades semelhantes, que diminuem da superfície para o centro.

e) o núcleo divide-se em duas partes: superior e inferior e seu material é o magma.

 

02. [PUC]: Sobre o manto terrestre, julgue as afirmações a seguir:

I. É a mais extensa dentre as camadas da Terra;

II. Sua composição é homogênea, basicamente de rochas ultrabásicas;

III. Sua constituição predominante é de Silicatos de ferro e de magnésio;

IV. A movimentação do magma é responsável por movimentar as placas tectônicas.

Sobre as afirmações acima, conclui-se que:

a) Somente I e II estão corretas.

b) Somente III e IV estão corretas.

c) Somente I, II e IV estão corretas.

d) Somente II e III estão corretas.

e) Todas estão corretas.

01. [UFJF]

Resposta: C

a) Incorreto – A crosta não é uma camada única, sendo dividida em inferior e exterior e também continental e oceânica. Além disso, ela é constituída por várias placas tectônicas.

b) Incorreto – A litosfera mantém em movimento devido às correntes de convecção, porém ela não é a mais densa camada terrestre.

c) Correto – As descontinuidades mais evidentes são a de Mohorovicic (entre a crosta e o manto) e a de Wiechert-Gutenberg (entre o manto e o núcleo externo).

d) Incorreto – As densidades das camadas terrestres são bem distintas uma das outras.

e) Incorreto – o material do núcleo não é magma, pois sua elevada pressão o torna solidificado, tendo o níquel e o ferro como as composições predominantes.

 

02. [PUC]

Resposta: E

I. Correto – O manto é a mais extensa das camadas terrestres, compondo cerca de 80% do volume total da Terra;

II. Correto – O manto é uma camada relativamente homogênea composta por rochas de caráter ultrabásico;

III. Correto – O manto, assim como a porção inferior da crosta terrestre, é composto quimicamente por silicatos de ferro e de magnésio (Sima);

IV. Correto – A movimentação do magma obedece ao comportamento das células de convecção, responsável pelos movimentos da crosta terrestre.

Compartilhe

TOPO