Geocentrismo

Segundo o Geocentrismo, a Terra está no centro do Sistema Solar, e os demais astros orbitam ao redor dela.

O Geocentrismo provém do interesse sobre a ordenação do Sistema Solar proporcionou muitos anos de observações, estudos e debates.

Ao longo da história, as duas teorias mais conhecidas são: a do Geocentrismo, desenvolvida pelo astrônomo grego Cláudio Ptolomeu; e a teoria do Heliocentrismo, formulada por Nicolau Copérnico.

geocentrismo e heliocentrismo
Diferença entre Geocentrismo e Heliocentrismo. (Imagem: Reprodução)

O Geocentrismo

O Geocentrismo foi elaborado pelo astrônomo grego Claudio Ptolomeu no início da Era Cristã e defendido em seu livro intitulado Almagesto.

Conforme essa teoria, a Terra está no centro do Sistema Solar, e os demais astros orbitam ao redor dela.

Ptolomeu afirmava que o Sol, a Lua e os planetas giravam entorno da Terra na seguinte ordem: Lua, Mercúrio, Vênus, Sol, Marte, Júpiter e Saturno.

Dessa forma, o Geocentrismo foi defendido pela Igreja Católica, pois apresentava aspectos de passagens bíblicas.

O modelo geocêntrico

Ptolomeu aperfeiçoou uma ideia já existente, de Hiparco, na qual existiam vários círculos em torno da terra, chamados de deferente, e que em cada um dos círculos havia um planeta orbitando, e nesses deferentes os planetas estariam orbitando epiciclos.

O centro dos deferentes ao redor da Terra, segundo Ptolomeu, não seria a Terra em si e que esta estaria um pouco ao lado deste.

A novidade teoria de Ptolomeu seria o ponto chamado Equante, que fica do lado oposto ao da Terra, também um pouco ao lado do centro, e que um centro de epiciclo sempre parece se mover na mesma velocidade.

A velocidade angular é constante em relação a outro ponto chamado “Equante”. O sistema de esferas giratórias torna-se mais complexo como também mais preciso com a adição do Equante:

geocentrismo significado
Imagem: Reprodução

O Modelo de Ptolomeu explica porque os planetas exteriores são mais brilhantes durante o movimento retrógrado, descreve a órbita de planetas interiores (Mercúrio e Vênus) e também as mudanças de posição (a ocorrência do movimento retrógrado no Zodíaco).

Desse modo, o modelo de Ptolomeu durou cerca de 1300 anos, pois ele tinha a melhor precisão ao prever os movimentos dos astros.

Apesar de trazer muitas explicações sobre a Astronomia de sua época, Ptolomeu cometeu erros que foram corrigidos por Nicolau Copérnico e a teoria do Heliocentrismo.

Para Ptolomeu, a resposta para a pergunta “por que os planetas se tornavam cada vez maiores, mais brilhantes, ao longo de sua trajetória?” Eram os epiciclos.

Porém a partir de cálculos de Copérnico para ficarem tão perto da Terra quanto era observado, eles estariam saindo dos epiciclos onde deveriam permanecer.

Assumindo então a não existência de epiciclos era preciso renunciar à ideia das órbitas circulares perfeitas defendida no Geocentrismo.

Referências

Ptolomeu e o modelo geocêntrico – Davyson Borba

Luana Bernardes
Prof. Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Teste seu conhecimento

01. [UDESC]: Analise as proposições a seguir sobre as principais características dos modelos de sistemas astronômicos.

I. Sistema dos gregos: a Terra, os planetas, o Sol e as estrelas estavam incrustados em esferas que giravam em torno da Lua.

II. Ptolomeu supunha que a Terra encontrava-se no centro do Universo e os planetas moviam-se em círculos, cujos centros giravam em torno da Terra.

III. Copérnico defendia a ideia de que o Sol estava em repouso no centro do sistema e que os planetas (inclusive a Terra) giravam em torno dele em órbitas circulares.

IV. Kepler defendia a ideia de que os planetas giravam em torno do Sol, descrevendo trajetórias elípticas, e o Sol estava situado em um dos focos dessas elipses.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

b) Somente a afirmativa II é verdadeira.

c) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

 

02. [UNIR]: Em 1609, Galileu Galilei, pela primeira vez na história, apontou um telescópio para o céu. Em comemoração aos quatrocentos anos desse feito, o ano de 2009 foi considerado pela ONU o Ano Internacional da Astronomia. Entre suas importantes observações astronômicas, Galileu descobriu que o planeta Júpiter tem satélites. Qual a importância histórica dessa descoberta?

a) Existem corpos celestes que não orbitam a Terra, o que implica que a Terra poderia não ser o centro do Universo.

b) Comprovou a veracidade da Lei da Gravitação Universal de Isaac Newton.

c) Permitiu a Johannes Kepler formular suas leis da mecânica celeste.

d) Existem corpos esféricos maiores que o Planeta Terra, o que implica que a Terra não é o único corpo sólido do Universo.

e) Mostrou que as Leis de Newton são válidas também para a interação gravitacional.

01. [UDESC]

Resposta: C

I – Falso. O sistema dos gregos era o modelo geocêntrico, segundo o qual os planetas e o Sol giravam em torno da Terra.

II – Verdadeiro.

III – Verdadeiro.

IV – Verdadeiro.

 

02. [UNIR]

Resposta: A

O fato da existência de corpos celestes que não orbitam a Terra colocou em xeque a posição do planeta como centro do Universo. O que Galileu viu foram os corpos de menor massa girando ao redor do corpo mais massivo.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO