Energia termoelétrica

A usina termoelétrica possui a finalidade de gerar energia elétrica por meio da queima de combustíveis.

Energia termoelétrica é aquela produzida a partir da geração de calor resultante da queima de combustíveis fósseis nas usinas termoelétricas. Dentre os principais combustíveis, líquidos ou gasosos, utilizados nas usinas termoelétricas estão o carvão mineral, o petróleo, o gás natural, a nafta e a biomassa.

Publicidade

Este tipo de energia é responsável por 80% da eletricidade produzida no mundo atualmente.

A usina termoelétrica e o seu funcionamento

Imagem: Reprodução.
Imagem: Reprodução.

A usina termoelétrica, também denominada usina térmica, é um conjunto de edificações e equipamentos cuja finalidade é a geração de energia elétrica, por meio da queima de combustíveis.
O funcionamento de uma usina termoelétrica ocorre da seguinte maneira: a primeira etapa consiste na queima de um combustível, com o objetivo de ferver a água – proveniente de um rio, lago ou mar – a alta pressão. Essa água é transformada em vapor com o calor gerado na caldeira.

A etapa seguinte consiste na condução do vapor gerado até as turbinas, fazendo-as girar. A partir daí, o processo é o mesmo das hidrelétricas: o gerador é acionado, ocorre a geração de uma corrente elétrica e a posterior distribuição da eletricidade.

Depois de utilizado, o vapor é condensado e água retorna à caldeira, podendo ser novamente utilizada.

Quaisquer produtos que sejam capazes de gerar calor podem ser empregados como combustível, incluindo o bagaço de diversas plantas e restos de madeira.

Vantagens e desvantagens

Assim como os outros tipos de energia, a geração e utilização da energia termoelétrica também apresentam vantagens e desvantagens.

Publicidade

As vantagens da energia termoelétrica

  • Em comparação com as usinas hidrelétricas, o processo de construção das termoelétricas é mais rápido, podendo suprir carências de energia de forma mais rápida;
  • As termoelétricas podem ser instaladas em áreas próximas às regiões de consumo, o que reduz o custo com a transmissão de energia;
  • Trata-se de uma alternativa para países que não possuem outros tipos de fontes de energia;
  • Ao contrário das hidrelétricas, as usinas termoelétricas não dependem da quantidade de precipitação, nem precisam de cursos d’água.

As desvantagens da energia termoelétrica

  • O fato de a energia termoelétrica ser não renovável é uma desvantagem, uma vez que o recurso utilizado se esgotará no futuro;
  • Os combustíveis fósseis utilizados na queima e geração de energia poluem a atmosfera. Tais poluentes são responsáveis pelo efeito estufa e aumento do aquecimento global. Assim sendo, este tipo de energia é bastante prejudicial ao meio ambiente;
  • O custo final da energia termoelétrica é mais elevado do que o gerado em hidroelétricas.

Referências

Energia Termoelétrica. Disponível em: http://www.feg.unesp.br/emas/vigilantes/

Energia Termoelétrica. Disponível em: http://www.epe.gov.br/

Débora Silva
Por Débora Silva

Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.

Como referenciar este conteúdo

Silva, Débora. Energia termoelétrica. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/fisica/em-construcao-energia-termoeletrica. Acesso em: 22 de July de 2024.

Teste seu conhecimento

1. [UFJF] Uma usina termoelétrica de Juiz de Fora está sendo adaptada para funcionar tanto a gás quanto a álcool. O projeto inédito promete produzir energia de forma mais limpa. O término das obras está previsto para dezembro, quando começam os testes operacionais. A termoelétrica de Juiz de Fora, que vai compor o sistema interligado nacional, será bicombustível e a primeira no mundo a usar álcool na produção de energia. O novo modelo de usina permite que o sistema de energia funcione de forma mais eficiente, afirma a Petrobrás.

Disponível em: <http://megaminas.globo.com/2009/06/25/usina-termoeletrica-de-juiz-de-fora-funcionaratanto-a-gas-quanto-a-alcool>. Acesso em: 25 jun. 2009. Adaptado.

Essa usina bicombustível tem como objetivo:

a) ampliar o Programa Luz Para Todos, que proporciona o atendimento em energia elétrica à parcela da população do meio rural brasileiro que ainda não tem acesso a esse serviço público.
b) contribuir para a redução do tráfego de caminhões que transportam combustíveis, porque o álcool é transportado através de dutos, eliminando também os riscos de armazenagem desse combustível.
c) desenvolver a implantação de um modelo industrial, adequado às condições socioculturais, econômicas
e ecológicas das regiões da Zona da Mata Mineira e Campo das Vertentes.
d) estimular o consumo de energia elétrica na cidade e região, oferecendo um kwh (quilowatt-hora) de baixo custo, se comparado ao produzido pelas centrais hidrelétricas brasileiras.
e) possibilitar a expansão do mercado de consumo do etanol produzido no Brasil, porque os países que obtêm energia, a partir de termoelétricas, teriam a opção de utilizar um combustível limpo.

2. [UDESC] Nenhum país, estado ou município passará por um processo de desenvolvimento econômico, sem contar com alguns fatores, como uma boa oferta de energia.

Em relação à energia elétrica, em Santa Catarina, é correto afirmar.

a) O Gasoduto Brasil-Bolívia é uma conquista para a indústria catarinense, que agora poderá contar com uma fonte de energia totalmente limpa, só que muito mais cara que a energia produzida a carvão.
b) A Celesc, para atender à crescente demanda de energia, foi privatizada, quando a Tractebel Sul S.A. adquiriu o controle acionário e iniciou a ampliação da rede de distribuição de energia.
c) A usina termoelétrica responsável por produzir energia elétrica no Estado é a Jorge Lacerda, e está localizada em Capivari de Baixo.
d) O Complexo Termelétrico Angra III, em Tubarão, iniciou a produção de energia elétrica, à base da fusão do átomo.
e) O carvão é uma fonte de energia que deverá crescer, e muito, na década que se inicia, pois algumas indústrias carboníferas já assinaram convênio para comprar carvão americano e queimá-lo nas termoelétricas de Criciúma e Urussanga.

1. [E]
2. [C]

Compartilhe

TOPO