Tendões

Os tendões são constituídos por um cordão fibroso formado por tecido conjuntivo. Através dos tendões os músculos se inserem nos ossos ou em outros órgãos.

Os tendões estabelecem a ligação entre músculos e ossos e transferem a força para o esqueleto e são compostos por fibras de tecido conjuntivo de colagênio, as quais têm pregas quando não estão em esforço e permitem um amortecimento da transferência de força para os ossos.

Esse tipo de tecido é rico em fibras colágenas, o que confere aos tendões a cor branca e a resistência à tração, sendo de extrema importância para a realização de movimentos.

As bainhas tendinosas são tubos lubrificantes cheios de líquido. Estão situadas onde os tendões dobram sobre ressaltos dos ossos. Desta forma se evita a fricção dos tendões com os tecidos adjacentes.

Função dos tendões

Os tendões possuem a função de manter o equilíbrio estático e dinâmico do corpo, através da transmissão do exercício muscular aos ossos e articulações.

tendões
Imagem: Reprodução

Também possuem capacidade regenerativa a partir da proliferação de células do tecido conjuntivo que os envolve e determinados tendões ainda possuem alguns pequenos ossos associados, como por exemplo os ossos sesamoides, que servem como uma espécie de “roldana” para que o tendão deslize.

Tendinites

A maior parte das tendinites surgem em pessoas de meia-idade ou idade avançada, dado que com a idade os tendões são mais propensos às lesões.

Contudo, também aparecem em jovens que praticam exercícios intensos e em pessoas que realizam tarefas repetitivas.

Certos tendões, especialmente os da mão, são particularmente propensos a inflamação. A inflamação do tendão que estende o polegar da mão para fora denomina-se doença De Quervain.

A inflamação pode fazer com que os tendões que fazem fechar os outros dedos da mão fiquem presos, produzindo-se uma sensação de estalido (dedo em gatilho).

A tendinite do bíceps, na parte superior do braço, causa dor quando se dobra o cotovelo ou se roda o antebraço. É frequente que se inflamem o tendão de Aquiles no calcanhar e o tendão que percorre a parte superior do pé também.

As doenças articulares, como é o caso da artrite reumatoide, a esclerodermia, a gota e a síndrome de Reiter, também podem afetar as bainhas dos tendões.

Nos adultos jovens que contraem gonorreia, especialmente em mulheres, a bactéria (gonococo) pode causar tenossinovite, afetando habitualmente os tendões dos ombros, pulsos, dedos, quadris, tornozelos e pés.

Sintomas da tendinite

Os tendões inflamados costumam causar dor quando se movem ou se tocam (mover as articulações próximas do tendão, ainda que seja ligeiramente, pode causar uma dor intensa).

As bainhas dos tendões também podem inchar visivelmente pelo acúmulo de líquido e pela inflamação e são recidivantes, isto é, voltam a aparecer com frequência.

Referências

Cidmed – Tendões e Ligamentos

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Exercícios resolvidos

1. [UNIRIO]

É constituído por células uninucleadas que possuem núcleos centrais. Em seu citoplasma encontramos miofibrilas, formando discos claros e escuros. Para formar o tecido, essas células se colocam em continuidade umas com as outras, sendo que a adesão entre elas, feita pelos discos intercalares, apresenta contrações rápidas e involuntárias.

Essa é a descrição do tecido:

a) epitelial

b) conjuntivo

c) muscular estriado cardíaco

d) muscular não estriado

e) muscular estriado esquelético

Resposta: C
O tecido muscular estriado cardíaco pode ser diferenciado dos outros tipos por apresentar contrações involuntárias rápidas, discos intercalares e células mononucleadas com núcleos centrais. No tecido muscular estriado esquelético, por exemplo, os núcleos estão na periferia da célula e suas contrações são voluntárias. Já no tecido muscular não estriado, observa-se um núcleo também central, porém a contração involuntária é lenta.

2. [UFPI]

Que tipo de músculo é responsável pela peristalse ao longo do trato digestório?

a) Cardíaco

b) Voluntário

c) Liso

d) Estriado

e) Esquelético

Resposta: C
O tecido muscular liso ou não estriado apresenta contrações involuntárias e é encontrado no esôfago, estômago e intestinos. Nesses órgãos, o músculo é responsável pelos movimentos peristálticos que deslocam o alimento pelo trato digestório.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO