Sistema digestório

O sistema digestório, ou sistema digestivo, é constituído pelo trato digestório e órgãos anexos. Transforma os alimentos ingeridos em compostos absorvíveis pelo organismo através do processo de digestão.

Os órgãos do sistema digestório permitem a absorção de nutrientes e a eliminação de partículas não utilizáveis pelo organismo. Nos seres humanos, o sistema digestório tem os seguintes componentes, os quais compõem a porção denominada de trato digestório, – também chamada de canal alimentar ou de trato gastrointestinal:

  • Boca
  • Faringe
  • Esôfago
  • Estômago
  • Intestino delgado
  • Intestino grosso
  • Ânus

Outros componentes que também fazem parte do sistema digestório são denominados órgãos anexos:

  • glândulas salivares
  • pâncreas
  • fígado
  • vesícula biliar
  • dentes
  • língua
Componentes do sistema digestório humano. Imagem: http://portalbrasil10.com.br/sistema-digestorio-resumo/
Componentes do sistema digestório humano. Imagem: http://portalbrasil10.com.br/sistema-digestorio-resumo/

Funções dos componentes do sistema digestório

O processo de digestão envolve transformações físicas e químicas sofridas pelo alimento, resultantes da ação dos órgãos do sistema digestório desde o momento da ingestão, ou seja, o momento de entrada do alimento no organismo.

Boca

A cavidade oral é o local de entrada no alimento no organismo. Os processos de mastigação (através dos dentes) e salivação (promovido pelas glândulas salivares e com o auxílio da língua) transformam o alimento ingerido em um bolo alimentar. Este bolo alimentar será preparado para o processo final de digestão no estômago e intestino delgado. Carboidratos tem seu processo de digestão propriamente dito iniciado na cavidade oral, pela ação da enzima amilase, presente na saliva.

Composição da saliva

“A saliva é 99,5% água e 0,5% de solutos. Um deles é a enzima digestiva amilase salivar, que inicia a digestão do alimento na boca. A água na saliva fornece um meio para dissolver os alimentos, de modo que eles possam ser degustados, e para iniciar as reações digestivas.” (p. 436-437)

Faringe

Tubo que conduz o alimento da boca até o estômago por meio de um processo denominado deglutição.

Esôfago

Tem a função de dar continuidade ao processo de movimentação do alimento até o estômago. Este processo é facilitado pela ação dos movimentos peristálticos, que são contrações involuntárias que permitem que o alimento passe pelo trato gastrointestinal até o local de digestão.

Divisões anatômicas do estômago humano. Imagem: Wikimedia Commons.
Divisões anatômicas do estômago humano. Imagem: Wikimedia Commons.

Estômago

É um órgão muscular que liga o esôfago ao intestino delgado. No estômago, o bolo alimentar recebe a ação do suco gástrico, líquido ácido produzido pelo próprio estômago e que realiza a digestão de proteínas. É o local do trato digestório onde o bolo alimentar permanece por mais tempo, sendo também o segmento mais dilatado do sistema digestório.

Intestino delgado

O intestino delgado é dividido em três partes: duodeno, jejuno e íleo. O duodeno é a primeira porção do intestino delgado, onde é recebido o bolo alimentar predominantemente ácido (denominado quimo) que vem do estômago.

Partes do intestino delgado. Imagem: Wikimedia Commons.
Partes do intestino delgado. Imagem: Wikimedia Commons.

Devido a esta acidez do bolo alimentar, o duodeno recebe secreções antiácidas produzidas no pâncreas (suco pancreático) e fígado (bile, produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar). Ao final deste processo, o bolo alimentar se transforma em uma substância pastosa, denominada quilo, que contém os produtos finais do processo de digestão.

O jejuno e o íleo são formados por um longo canal onde ocorre a absorção dos nutrientes. O que não é absorvido na porção final do intestino delgado, ou seja, parte da água e fibras da massa alimentar, passa para o intestino grosso.

Intestino grosso

O intestino grosso também é dividido em três partes: cólon, ceco e reto. É nessa porção do trato digestório que ocorre a absorção da água e sais minerais presentes nos resíduos alimentares. O ceco, a primeira porção, recebe a substância alimentar vinda do intestino delgado e inicia o processo de reabsorção de água e sais minerais.

Intestino grosso (em destaque). Imagem: Wikimedia Commons.
Intestino grosso (em destaque). Imagem: Wikimedia Commons.

Por meio de movimentos peristálticos, o produto da digestão é transportado do ceco para o cólon. Neste, a água é continuamente reabsorvida das fezes, que são formadas pelo material que não pôde ser digerido – sendo acumuladas no reto para serem posteriormente eliminadas pelo ânus, finalizando assim o processo de digestão.

Processos digestórios

Tratam-se dos processos que preparam o alimento para ser utilizado pelas células por meio de de cinco atividades fundamentais:

  • Ingestão: captação do alimento pela boca – é o próprio ato de comer;
  • Movimentação do alimento: contrações musculares responsáveis pelo transporte do alimento através do trato digestório;
  • Digestão: degradação do alimento por processos físicos e químicos;
  • Absorção: processo pelo qual os nutrientes digeridos passam para o sistema sanguíneo e linfático, a fim de serem distribuídos para as células; e
  • Defecação: é a eliminação de resíduos, substâncias que não foram digeridas pelo trato digestório.

Você sabia?

O intestino delgado de uma pessoa adulta mede cerca de 7 metros de comprimento e tem em torno de 2,5 centímetros de diâmetro. Portanto, a área de superfície do intestino delgado é de cerca de 250 metros quadrados! E pode suportar até 50 toneladas de comida durante a vida de uma pessoa.

Referências

PAULINO, W. R. Biologia Atual, Ed. Ática, 1996.

TORTORA, G. J. Corpo Humano: Fundamentos de Anatomia e Fisiologia, 4° Edição. São Paulo: ArtMed, 2004.

Por Carlos Ferreira
Teste seu conhecimento

1. (UEL/2009) Ao ingerir um lanche composto de pão e carne,

a) a digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da tripsina, e a da carne inicia-se do duodeno, onde as proteínas são quebradas com a ação da bile.

b) a digestão química do pão inicia-se no estômago, onde o amido é quebrado pela ação do suco gástrico, e a da carne inicia-se na boca, com a ação pepsina.

c) a digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da pepsina, e a da carne inicia-se no intestino delgado, com a ação da bile, que é produzida no fígado.

d) a digestão química do pão e da carne inicia-se no estômago pela ação da bile e da ptialina, respectivamente; a enzima pepsina, no duodeno, completa a digestão.

e) a digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da ptialina, e a da carne inicia-se no estômago, onde as proteínas são quebradas pela ação do suco gástrico.

2. (UFRGS/2008) Assinale a afirmação correta a respeito do sistema digestório dos vertebrados.

a) Nas aves, o papo, segmento do esôfago, é responsável pela trituração do alimento.

b) Nos humanos, a digestão da celulose auxilia a eliminação do bolo fecal.

c) Nos humanos, o piloro é a válvula que separa o estômago do intestino.

d) Nos ruminantes, o intestino delgado é dividido em quatro compartimentos que otimizam a absorção de celulose.

e) Nos humanos, o fígado é o órgão responsável pela produção da bile, que atua na digestão de carboidratos.

 

 

1. [e]

 

2.[c]

a) O papo, ou inglúvio, é uma dilatação do esôfago em aves. Sua função é armazenar o alimento. A moela, chamada também de estômago mecânico, é responsável pela trituração do alimento, com o auxílio de pequenas pedrinhas que são engolidas pelas aves.

b) Não há, no organismo humano, uma enzima que faça a digestão da celulose.

c) Piloro é uma constrição musculosa no final do estômago, ligando-o ao intestino.

d) O estômago dos ruminantes é dividido em quatro segmentos: rumén, retículo, omaso e abomaso.

e) A bile atua na digestão de lipídio

Compartilhe nas redes sociais

TOPO