Sistema cardiovascular

Trata-se de um sistema que promove o transporte de oxigênio e de nutrientes através do organismo de animais vertebrados superiores, sendo também atuante no sistema imunológico e no controle da temperatura corporal.

O sistema cardiovascular, também chamado por alguns autores de sistema circulatório, é responsável pela circulação de sangue e linfa nos organismos de animais vertebrados. Envolve tanto o sistema sanguíneo quanto o sistema linfático. O sistema sanguíneo é composto pelo sangue, coração e vasos sanguíneos, enquanto que o sistema linfático comporta a linfa, os linfonodos e também os vasos linfáticos.

Publicidade

Sistema circulatório ou cardiovascular. Imagem: Wikimedia Commons (BodyParts3D/Anatomography).
Sistema circulatório ou cardiovascular. Imagem: Wikimedia Commons (BodyParts3D/Anatomography).

Sistema linfático

O sistema linfático é parte importante do sistema imunológico, removendo agentes infecciosos do organismo. É constituído de uma complexa rede de estruturas que produzem e transportam o fluido linfático dos tecidos para o sistema circulatório.

Componentes do sistema linfático

Linfa: é o líquido presente nos espaços intercelulares de vários tecidos, para onde as substâncias do plasma sanguineo são transferidas para serem posteriormente absorvidas pelas células.

Relacionadas

Angiospermas
Grupo mais evoluído entre os vegetais, as angiospermas são amplamente distribuídas nas regiões tropicais e temperadas. Abrangem os mais diversos representantes, como o milho, o feijão, a rosa, etc.

Linfonodos: são órgãos distribuídos pelo corpo, ao longo dos vasos linfáticos. Funcionam como filtros, retendo e destruindoagentes causadores de doenças, impedindo-os de chegar até a corrente sanguínea.

Vasos linfáticos: são os vasos por onde a linfa entra e sai do linfonodo. A linfa entra no linfonodo pelos vasos linfáticos aferentes e sai pelos vasos linfáticos eferentes. A contração muscular e consequente compressão dos vasos linfáticos permite o bombeamento e circulação da linfa.

Funções do sistema linfático

O sistema linfático tem importante papel nas respostas imunológicas do organismo. Também tem como função drenar o excesso de líquido intersticial e manter o equilíbrio de fluidos no corpo, além de fazer o transporte de vitaminas e lipídios até o sangue.

Sistema sanguíneo

Faz o transporte de elementos essenciais para o funcionamento do organismo, tais como gás oxigênio e gás carbônico, hormônios e células de defesa.

Publicidade

Componentes do sistema sanguíneo

Sangue: é o tecido líquido formado por células (hemácias e leucócitos), fragmentos celulares (plaquetas) e plasma sanguíneo.

“O corpo de uma pessoa adulta tem, em média, 5 litros de sangue circulando continuamente. ” (Lopes, 2004, pg 395).

Artéria humana mostrada em corte transversal. Imagem: Wikimedia Commons.
Artéria humana mostrada em corte transversal. Imagem: Wikimedia Commons.

Vasos sanguíneos: são nomeados conforme o calibre (tamanho) e características anatômicas. Enquanto as artérias são responsáveis por levar o sangue do coração para o restante do corpo, cabe às veias trazer o sangue do resto do corpo de volta ao coração.

Publicidade

Coração: é um órgão localizado no tórax, entre os pulmões. Constituído por músculo estriado cardíaco (miocárdio). Possui quatro cavidades, sendo dois átrios (superiores) e dois ventrículos (inferiores).

Circulação sanguínea

Circulação é o nome atribuído ao movimento do sangue pelos vasos sanguíneos devido ao impulso gerado pelas batidas do coração. Quando estão em sístole (contração), os átrios bombeiam sangue para os ventrículos, que estão em diástole (relaxamento). Em outras palavras, enquanto a musculatura dos átrios se contrai, a musculatura dos ventrículos relaxa e se enche de sangue.Já enquanto os ventrículos estão em sístole, ou seja, quando ocorre o esvaziamento ventricular, os átrios estarão em diástole, recebendo sangue proveniente do corpo (átrio direito) e dos pulmões (átrio esquerdo).

“Ciclo cardíaco consiste no período de relaxamento, chamado diástole,durante o qual o coração se enche de sangue, seguido pelo período de contração, chamado sístole”. (GUYTON & HALL, 2006, pg 106).

Circulação dupla

O sangue passa duas vezes pelo coração em uma forma de circulação dupla. Uma é denominada pequena circulação, quando o sangue sai do coração pelas artérias pulmonares, é oxigenado no pulmão e volta para o coração pelas veias pulmonares. A grande circulação, ou circulação sistêmica, ocorre quando o sangue sai do coração pela artéria aorta e é distribuído por todo o corpo, retornando pelas veias cavas. Em aves e mamíferos, como o coração possui câmaras separadas (dois átrios e dois ventrículos), não ocorre mistura de sangue. Esta forma de circulação é dita completa – sendo denominada incompleta para o caso dos demais vertebrados.

Publicidade

Pressão arterial

Durante a contração (sístole) ventricular, a pressão exercida nos vasos arteriais é chamada pressão sistólica arterial, sendo, em um indivíduo adulto saudável, próxima a 120mmHg (milímetros de mercúrio). Quando a musculatura ventricular relaxa, a pressão diminuiu, quando passa a ser chamada de pressão diastólica arterial, com valores próximos a 80mmHg (milímetros de mercúrio).

Coração humano retratado em seus movimentos de sístole e diástole. Imagem: Wikimedia Commons.
Coração humano retratado em seus movimentos de sístole e diástole. Imagem: Wikimedia Commons.

Frequência cardíaca

O número de contrações realizadas pelo coração por minuto caracteriza a frequência cardíaca. Em um indivíduo adulto, em repouso, oscila por volta de setenta contrações por minuto, variando conforme a natureza da atividade desempenhada pelo corpo.

“Quando uma pessoa se encontra em repouso, o coração bombeia de 4 a 6 litros de sangue por minuto. Durante o exercício intenso, pode ser necessário que esse coração bombeie de quatro a sete vezes essa quantidade.” (GUYTON & HALL, 2006, pg 111).

Você sabia?

Efeito da temperatura no funcionamento cardíaco: Quando uma pessoa tem sua temperatura corporal aumentada, no caso de febre, por exemplo, a frequência cardíaca também sofre um aumento significativo, chegando mesmo a dobrar o seu valor normal em alguns casos.

Também a queda de temperatura afeta a frequência cardíaca, reduzindo o número de batimentos por minuto. Um pessoa com temperatura corporal abaixo de 21° C, está com os batimentos cardíacos tão reduzidos em número, que encontra-se próxima a uma condição de morte por hipotermia.

Isso ocorre porque o calor aumentaa permeabilidade das membranas do músculo cardíaco aos íons que controlam a frequência dos batimentos. Assim, a força contrátil do coração – e consequentemente a circulação sanguínea -é temporariamente “melhorada” durante aumentos moderados de temperatura, como durante o exercício físico.

Referências

GUYTON, A.C.; HALL, J.E. Tratado de Fisiologia Médica. 11ª ed. Rio de Janeiro, Elsevier Ed., 2006.

LOPES, SÔNIA. Bio1.São Paulo, Ed. Saraiva, 2002

Carlos Ferreira
Por Carlos Ferreira

Formado em Ciências Econômicas e Jornalismo. Possui ampla experiência editorial e redacional em conteúdos jornalísticos com foco em mídias digitais.

Como referenciar este conteúdo

Ferreira, Carlos. Sistema cardiovascular. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/sistema-cardiovascular. Acesso em: 12 de August de 2022.

Teste seu conhecimento

1. [UNESP/1997] Num exame de Biologia foi formulada uma questão em que se solicitava uma descrição da circulação de sangue nos mamíferos. Em uma das provas constava a seguinte resposta: “A parede do coração possui uma musculatura que se contrai com força considerável, lançando o sangue para a pequena e grande circulação (1). Cada metade do coração é uma bomba com dois compartimentos: o átrio, de paredes relativamente grossas, e o ventrículo, de paredes finas (2). O sangue proveniente dos tecidos entra no átrio direito, passa para o ventrículo direito, sendo bombeado através das artérias pulmonares aos pulmões, onde o gás carbônico é eliminado e o oxigênio apreendido (3). Os tecidos usam o oxigênio, cedendo o gás carbônico ao sangue, que retorna, pelas artérias, ao lado direito do coração (4)”.

O número entre parênteses, ao final de cada período, facilitará a resposta a ser dada. Em relação ao texto, pode-se afirmar que:

a) todos os períodos são certos.

b) apenas o período (4) é errado.

c) apenas os períodos (2) e (4) são errados.

d) apenas os períodos (1) e (3) são errados.

e) apenas os períodos (1), (2) e (3) são errados.

 

2. [UNICENTRO/2008] Sobre o sistema circulatório humano é correto afirmar que:

a) As artérias possuem uma camada muscular mais espessa, pois nelas o sangue circula em alta pressão.

b) As veias são vasos sanguíneos que pulsam, por isso num exame médico é sentida a sua pulsação.

c) Os capilares possuem válvulas para impulsionar o sangue das artérias e veias para os tecidos.

d) As varizes ocorrem devido à ruptura das artérias, principalmente dos membros inferiores.

e) Os vasos venosos sempre conduzem sangue no sentido do coração para os tecidos.

1. [c]

Itens errados: 2) O átrio possui paredes mais finas em relação aos ventrículos que, para bombearem o sangue, são dotados de paredes mais grossas e musculosas; 4)O sangue retorna ao coração pelas veias, não pelas artérias.

2. [a]

Itens errados: b) A pulsação arterial é o ciclo de expansão e relaxamento das artérias; c) Capilares são vasos microscópicos situados nos tecidos que fazem a comunicação entre veias e artérias. São as veias que possuem vávulas para impulsionar o sangue, não os capilares; d)Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas, não artérias; e) Os vasos venosos trazem de volta para o coração o sangue que circulou nos tecidos.

Compartilhe

TOPO