Oxiurose (Enterobiose)

A oxiurose é uma infecção parasitária causada pelo Enterobius vermiculares, seu principal sintoma é o prurido retal.

A enterobiose ou oxiurose é nome da infecção por oxiúros (Enterobius vermiculures), que são vermes nematódeos com menos de 15 milímetros de comprimento.

Esses vírus parasitam o intestino dos mamíferos, principalmente primatas, incluindo o homem e atingem particularmente as crianças em países em desenvolvimento.

Como se dá a infecção por oxiúros

O Enterobius vermiculares é um parasita com grande poder de infecção, pois seus ovos necessitam de apenas 6 horas para se tornar infectantes.

Após o acasalamento, o macho morre e é eliminado pelas fezes. As fêmeas grávidas permanecem no ceco e, à noite, se movem através do intestino em direção ao ânus, local onde costumam implantar seus ovos. (Cada fêmea pode colocar até 10.000 ovos.)

Esse processo pode ser extremamente irritante para o hospedeiro, pois, ao contrário da mucosa do intestino, a mucosa anal e a pele são muito sensíveis, fazendo com que os movimentos da fêmea parasita seja entendido como prurido anal, isto é, sensação de irritação intensa.

As escoriações provocadas pelo ato de coçar podem resultar em infecções secundárias em torno do ânus, com congestão na região anal, ocasionando inflamação com pontos hemorrágicos, onde se encontram freqüentemente fêmeas adultas e ovos.

Imagem: Reprodução

Modos de transmissão da oxiurose

São diversos os modos de transmissão, entre eles:

  • Auto-infecção externa ou Direta: Do ânus para a cavidade oral, através dos dedos, principalmente nas crianças e adultos com hábitos de higiene precários;
  • Indireta – Ovos presentes na poeira ou alimentos atingem o mesmo hospedeiro que os eliminou;
  • Heteroinfecção: Os ovos presentes na poeira ou alimentos atingem um novo hospedeiro;
  • Retroinfestação: Migração das larvas da região anal para as regiões superiores do intestino grosso chegando até o ceco, onde se tornam adultas;
  • Auto-infecção interna: Processo raro no qual as larvas eclodem ainda dentro do reto e depois migrariam até o ceco, transformando-se em vermes adultos

    Para evitar esta doença é importante lavar bem as mãos depois de ir ao banheiro e antes das refeições, usar os talheres na alimentação, evitando levar a mão à boca. Além disso, é importante não dividir as peças íntimas também.

    Tratamento para oxiurose

    A taxa de cura com estes esquemas é elevadíssima, acima de 95%. Entretanto, se as pessoas que moram na mesma casa não forem também tratadas, o risco de reinfecção é alto.

    O tratamento clínico é geralmente feito com remédios tais como Albendazol,Mebendazol e Pamoato de pirantel.

    Prevenção da oxiurose

    Pra prevenir a oxiurose é necessário orientar a população sobre os hábitos de higiene pessoal, particularmente o de lavar as mãos antes das refeições, após o uso do sanitário, após o ato de se coçar e quando for manipular alimentos.

    Manter as unhas aparadas rente ao dedo para evitar acúmulo de material contaminado, evitando coçar a região anal e levar as mãos à boca.

    É importante também eliminar as fontes de infecção através do tratamento do paciente e de todos os membros da família.

    Nesse aspecto, a troca de roupas de cama, de roupa íntimas e toalhas de banho, diariamente, para evitar a aquisição de novas infecções pelos ovos depositados nos tecidos é fundamental, assim como manter limpas as instalações sanitárias.

    Referências

    Principais doenças causadas por helmintos – Susana S. Muñoz, Ana Paula M. Fernades
    Doenças infecciosas e parasitárias – Ministério da Saúde.

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Exercícios resolvidos

1. [PUC]

Com relação aos parasitas e às doenças que causam, pode-se afirmar que:

I. A larva cercária do Schistosoma mansoni penetra no homem pela pele, causando-lhe a esquistossomose.

II. A teníase é a doença causada pela Taenia solium ou pela Taenia saginata.

III. A cisticercose é a doença causada pela larva da Taenia solium.

IV. A lombriga ou ascaridíase é a doença causada pelo Ascaris lumbricoides.

V. A opilação ou amarelão é a doença causada pelo Necator americanus ou pelo Ancylostoma duodenale.

VI. A filariose, que pode originar a elefantíase, é causada pela Wuchereria bancrofti.

Estão corretas:

a) Todas.

b) Apenas I, II, III, IV e V.

c) Apenas I, II, IV, V e VI.

d) Apenas II, III, IV e VI.

e) Apenas I, III, V e VI.

Resposta: A
Todos os parasitas citados estão relacionados corretamente com a doença que causam.

2. [UECE]

A lombriga é um verme que infesta os organismos humanos, provocando a ascaridíase. Caracteriza-se por ser um organismo pseudocelomado e apresentar respiração cutânea. Trata-se de um:

a) Platelminto.

b) Celenterado.

c) Nematelminto.

d) Anelídeo.

Resposta: C
Os nematelmintos são animais de corpo alongado, fino, cilíndrico e recoberto por uma cutícula. Apresentam respiração cutânea, digestão extra e intracelular, pseudoceloma e cordões nervosos.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO