Moluscos

O corpo de todos os moluscos é mole, mas muitos deles secretam um exoesqueleto calcário, a concha, que abriga e protege o animal.

O filo Mollusca recebe tal denominação porque os seus representantes possuem o corpo mole (mollis = mole). Os moluscos possuem representantes no mar, na água doce e no ambiente terrestre, incluindo, por exemplo, as lesmas, as ostras, as lulas e os caracóis.

São animais de simetria bilateral, triblásticos e celomados.

Estrutura corporal

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Embora exista grande variedade dentro do filo, os moluscos apresentam um padrão básico de estrutura corporal. O corpo é dividido em três regiões: cabeça, pé e massa visceral.

O corpo de todos os moluscos é mole, porém muitos deles secretam um exoesqueleto calcário, denominado concha, que tem a função de abrigar e proteger o animal. A concha é produzida pelo manto ou pálio que, em muitos moluscos, estende-se como uma ou duas pregas.

Respiração

O pulmão (relaciona-se com a respiração aérea) ou uma ou mais brânquias (relacionam-se com a respiração em ambiente aquático) são as estruturas responsáveis pelas trocas gasosas. Existem ainda certas lesmas que realizam as trocas gasosas através da superfície do corpo.

Sistema circulatório

Os animais pertencentes ao filo Mollusca apresentam, na maioria dos casos, sistema circulatório aberto, ou seja, o sangue não circula sempre dentro dos vasos. Neste tipo de sistema circulatório, o sangue sai do coração em vasos que terminam em lacunas nos tecidos e retorna ao coração também através de vasos.

Nos cefalópodes o sistema circulatório é do tipo fechado, isto é, o sangue sempre circula no interior dos vasos.

Excreção

A excreção é feita por metanefrídios, sendo que cada um deles é formado por um duto que possui duas aberturas. Uma é um funil ciliado, responsável por filtrar o líquido da cavidade celomática; a outra, uma abertura simples na cavidade palial, por onde a excreção é eliminada do corpo do molusco.

Sistema digestório

A digestão dos moluscos é inicialmente extracelular, no estômago, e termina intracelularmente, nas glândulas digestivas. No entanto, há exceções: a digestão é exclusivamente extracelular nos polvos e nas lulas.

Na cavidade bucal dos moluscos está presente uma estrutura chamada de rádula, que raspa o substrato e contribui para a ingestão do alimento.

Reprodução

Os animais do filo Mollusca podem ser de sexos separados ou hermafroditas.

Sistema nervoso

O sistema nervoso dos moluscos é ganglionar, com pares de gânglios unidos por cordões nervosos ventrais.

As principais classes de moluscos

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Os moluscos são classificados em quatro principais classes: Polyplacophora, Gastropoda, Cephalopoda e Bivalvia.

  • Polyplacophora: Representada pelos quítons, que vivem nos costões rochosos dos mares. Possuem uma concha formada por oito placas dorsais.
  • Gastropoda: Classe mais numerosa, possuindo representantes marinhos, de água doce e terrestres. Os caramujos e as lesmas são exemplos.
  • Cephalopoda: Moluscos marinhos que possuem a cabeça bem desenvolvida e pés modificados em tentáculos. Possuem representantes sem concha (polvo), com concha interna (lula) e com concha externa (Nautilus)
  • Bivalves: Aparecem em água doce ou no mar. Possuem o corpo achatado lateralmente e possuem concha externa formada por duas valvas. Algumas espécies podem produzir pérolas de valor comercial. Também são denominados pelecípodes, devido ao pé volumoso e achatado. Os bivalves não possuem cabeça diferenciada, mas apresentam boca na região anterior.

Referências

LOPES, S. Bio: Volume Único. 1 Edição. São Paulo: Saraiva, 2004.

Por Débora Silva
Como referenciar este conteúdo

Silva, Débora. Moluscos. Todo Estudo. Disponível em: https://www.todoestudo.com.br/biologia/moluscos. Acesso em: 15 de August de 2020.

Teste seu conhecimento

1. [UNISA] A respiração dos moluscos é:
a) exclusivamente branquial;
b) cutânea, branquial e pulmonar;
c) traqueal e pulmonar;
d) apenas cutânea e branquial;
e) apenas cutânea.

2. [U.F. Ouro Preto-MG] A rádula, presente em certos moluscos, tem por função
a) defendê-los do ataque de outros animais.
b) digerir quimicamente os alimentos.
c) favorecer a locomoção.
d) ralar os alimentos.
e) secretar a concha.

1. [B]
2. [D]

Compartilhe

TOPO