Mitose

A mitose é um processo de divisão celular que garante a formação de duas novas células.

A mitose é um tipo de divisão celular, assim como a meiose. Para fins mais didáticos, ambos os processos de divisão celular serão divididos. Aqui, a mitose será a protagonista. Sendo um processo contínuo de divisão celular, a mitose costuma ser dividida em fases. Estas, por sua vez, serão vistas com maior profundidade na sequência do material.

Basicamente, a mitose é um tipo de processo de divisão celular que ocorre desde a primeira célula até a morte. Tal processo tem início desde o momento em que o ser humano é um zigoto. O que mais impressiona, entretanto, é que essa divisão celular se dará até o fim da vida, na velhice. Ou seja, é uma sucessão contínua de longa duração.

Assim, a mitose é o processo de divisão celular que resulta duas novas células, formando um novo ser. Esta divisão inicia-se com uma célula diplóide (2n), contendo o número total de cromossomos, 46, no caso dos humanos.

A mitose, apesar de ser um processo contínuo, é dividida em quatro fases diferentes: prófase, metáfase, anáfase e telófase. Essas fases de divisão celular ocorrem após a chamada interfase. A interfase, por sua vez, abrange o momento entre as duas fases de divisão celular. Entenda!

Imagem: Todo Estudo

O que é a interfase?

Mesmo que a célula não esteja se dividindo no período da interfase, há grande atividade sendo realizada. É nesse momento que há a preparação para o início da divisão celular. A interfase, dessa forma, é dividida em três fases. Entre elas estão:

  • G1 (G refere-se a gap, em PT/BR significa intervalo): Na fase G1 ocorre a transcrição do RNA e também a síntese de proteínas. É nesta fase que acontece o aumento gradual da célula, pequena em demasia após o processo de divisão.
  • S (significa síntese): Na fase S ocorre a duplicação (ou também replicação) do DNA. A etapa é fundamental para a manutenção da quantidade de cromossomos a serem produzidos após a divisão da célula. Além disso, é na fase S que ocorre a duplicação dos centríolos (organelas citoplasmáticas presentes nas células eucariontes).
  • G2: No último período da interfase há a certificação de que o DNA está replicado, e este cresce um pouco mais. É na G2 também que a produção de RNA é reiniciada.

É importante, contudo, ressaltar que células que não iniciarão divisão permanecem numa fase denominada G0.

Quais as fases da mitose?

Ocorrendo em todas as células eucarióticas, a mitose garante a formação de duas células novas. O processo tem grande importância para o crescimento, regeneração e manutenção de organismos multicelulares. Além do mais, também são fundamentais para a reprodução assexuada e organismos unicelulares.

A mitose possui quatro fases distintas que abrangerão etapas básicas:

  • Prófase: É a etapa mais longa da mitose. Nela, nota-se a condensação do DNA duplicado durante a interfase. Há, ainda, a desorganização da membrana que envolve o núcleo da célula. Através disso, formam-se vesículas que se mantém no citoplasma até o fim da mitose. Esse momento é que o revestimento do núcleo é reconstituído. Por fim, o nucléolo se desintegrará. Contudo, antes, uma dupla de centríolos irá migrar em direção aos pólos da célula – um em cada pólo. Microtúbulos, então, surgirão, juntando-se aos centríolos, formando o chamado fuso mitótico.
  • Metáfase: É a etapa da mitose em que os cromossomos migrarão para a região da placa equatorial da célula. Os cromossomos possuem duas cromátides, em que elas se prendem ao microtúbulo através da região chamada de cinetócoro (disco protéico). É na metáfase que os cromossomos terão atingido o maior grau de compactação.
  • Anáfase: Há a separação dos cromossomos. Cada cromátide seguirá em direção, assim, ao pólo da célula. O encurtamento das denominadas fibras do fuso provocam essa migração das cromátides.
  • Telófase: Nesta fase ocorrem três fundamentais ações: dissolução dos cromossomos condensados, reconstrução do nucléolo e a reconstrução do revestimento do núcleo.

A divisão celular por meio da mitose

Dentro das fases da mitose, mais especificamente da anáfase a telófase, ocorre a chamada citocinese. Este processo abrange a divisão do citoplasma e a origem de duas novas células. Fundamental, assim, considerar que o processo se dá continuadamente, apesar de ocorrer em fases.

Mas muito mais do que isso, é verificar também o processo de divisão celular por meiose. Através da ciência dos dois processos de divisão celular é possível verificar as diferenças, as ações e as etapas. Seja, portanto, numa célula procariótica, seja numa célula eucariótica, haverá variação.

Referências

JUNQUEIRA, C. Luiz e CARNEIRO, José. Biologia Celular e Molecular, Editora Guanabara/Koogan, 8ª edição. 2005, 332 p.

Mateus Bunde
Prof. Mateus Bunde

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Especialista em Linguagens pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e Mestrando em Comunicação pela Universidade do Porto, de Portugal (UP/PT).

Teste seu conhecimento

01. [UFSM-RS] Um bioquímico mediu a quantidade de DNA em células cultivadas em laboratório e verificou que a quantidade de DNA na célula duplicou:

a) entre as fases G1 e G2 do ciclo celular.

b) entre a prófase e a anáfase da mitose.

c) durante a metáfase do ciclo celular.

d) entre a prófase I e a prófase II da meiose.

e) entre a anáfase e a telófase da mitose.

 

2. [CES/JF-MG] Entre as frases a seguir, em relação à divisão celular por mitose, uma é incorreta. Aponte-a.

a) É um processo muito importante para o crescimento dos organismos.

b) Ocorre nas células somáticas tanto de animais como de vegetais.

c) A célula-mãe dá origem a duas células-filhas com metade do número de cromossomos.

d) Na metáfase, todos os cromossomos, cada um com duas cromátides, encontram-se no equador da célula em maior grau de condensação.

e) As células-filhas são idênticas às células-mãe.

01. [A] A duplicação de DNA ocorre na fase S, entre G1 e G2 durante a interfase.

02. [C] Ao fim, as células-filhas sempre permanecerão com o mesmo número de cromossomos que a célula-mãe.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO