Comensalismo

O comensalismo é um tipo de relação ecológica interespecífica relacionada principalmente à necessidade de obtenção de alimentos.

O comensalismo é um tipo de relação ecológica interespecífico, isto é, ocorre entre indivíduos de espécies diferentes. Essa relação ecológica está ligada, principalmente, à necessidade de obtenção de alimentos.

As relações ecológicas podem ser:

  • Relações harmônicas: Ninguém é prejudicado.
  • Relações desarmônicas: Alguém é prejudicado.
  • Relações interespecíficas: Entre espécies diferentes (como é o caso do comensalismo)
  • Relações intraespecíficas: Dentro da mesma espécie.
comensalismo
Imagem: Reprodução

Assim como já dito, o comensalismo se caracteriza por ser uma relação entre indivíduos de espécies diferentes. No comensalismo, apenas uma das espécies se beneficia sem, no entanto, prejudicar a outra espécie envolvida.

Desse modo, A espécie que obtém ganhos é denominada como comensal, e seus ganhos, como o nome da relação sugere, estão relacionados à aquisição de alimento.

Exemplos de comensalismo

Tubarões e rêmoras

Um exemplo de comensalismo ocorre entre a rêmora e o tubarão. A rêmora é um peixe que consegue se fixar ao corpo do tubarão.

Além de ser transportada por ele, a rêmora aproveita os restos de sua alimentação. O tubarão não é prejudicado pela presença da rêmora.

Anêmonas-do-mar e peixes-palhaço

Outro exemplo presente na natureza é a relação entre a anêmona-do-mar e o peixe-palhaço. Este peixe busca proteção, dos predadores, entre as anêmonas.

Imagem: Reprodução

Ao mesmo tempo em que aproveita para se alimentar de sobras deixadas pelas anêmonas. Estas, que não são prejudicadas na relação.

Hienas e leões

Exemplo de comensalismo também é a hiena, que aguarda o momento em que os leões abandonam as carcaças das presas para, só então, se alimentarem. Apesar de não habitarem exatamente o mesmo espaço, existe uma relação entre de benefício entre essas espécies distintas.

Urubus e seres humanos

Também podemos dizer que os urubus possuem uma relação de comensalismo com os seres humanos: como somos a espécie que mais gera desperdício de alimentos, os urubus se beneficiam disso e se alimentam dos restos descartados em lixões e nos aterros.

Guepardos e abutres-de-costas-brancas

Os abutres-de-costas-brancas são aves comensais de diversos felinos, e um deles é o guepardo. Os abutres ficam, à distância, acompanhando os guepardos se alimentarem de suas presas. Quando estes concluem e deixam restos de carne, os abutres se aproveitam e servem-se da carne desprezada.

Referências

Biologia dos organismos – Gilberto Rodrigues Martho, Jose Mariano Amabis

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Exercícios resolvidos

1. [UFCG]

Existem inúmeras formas de associação entre os seres vivos nas relações ecológicas e, consequentemente, uma classificação. A relação interespecífica harmônica, em que uma espécie é beneficiada e a outra nada sofre, é classificada como:

a) Mutualismo e amensalismo.

b) Comensalismo e mutualismo.

c) Mutualismo e inquilinismo.

d) Comensalismo e amensalismo.

e) Inquilinismo e comensalismo.

Resposta: E
No comensalismo, uma espécie é beneficiada, porém, a outra envolvida não é prejudicada nem beneficiada. Como o inquilinismo apresenta essas mesmas características, muitos autores consideram-no um tipo de comensalismo.

2. [UNICENTRO]

As rêmoras alimentam-se de fragmentos de comida deixados pelo seu tubarão hospedeiro, bem como de invertebrados pelágicos e pequenos peixes. Esses peixes, então, ficam com as “migalhas” que sobram quando o tubarão captura sua presa (1º caso). Porém, agora, sabe-se que algumas rêmoras também se alimentam de ectoparasitas de tubarões. O tubarão hospedeiro, portanto, pode beneficiar-se da situação quando os ectoparasitas que vivem presos à sua pele são removidos pela rêmora (2º caso). Esse texto descreve duas interações ecológicas entre seres de diferentes espécies. Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, as interações que ocorrem no 1º e 2º casos.

a) Competição e comensalismo.

b) Mutualismo e comensalismo.

c) Comensalismo e mutualismo.

d) Inquilinismo e parasitismo.

e) Parasitismo e inquilinismo.

Resposta: C
No primeiro caso, a rêmora come os restos alimentares, beneficiando-se sem causar prejuízo ou benefício ao tubarão. No segundo caso, no entanto, o tubarão é também beneficiado, constituindo, portanto, um caso de mutualismo.

3.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO