Granito

O granito é uma rocha ígnea muito utilizado na construção civil devido à sua durabilidade e variedade de cores.

O granito é uma rocha ígnea, isto é, formada a partir do magma resfriado, de grão grosseiro, composta essencialmente por quartzo e feldspatos alcalinos e, devido às suas características, muito utilizado na construção civil.

Rochas ígneas

As rochas ígneas ou magmáticas são aquelas que resultam da solidificação de material rochoso parcial a totalmente fundido (magma), gerado no interior da crosta terrestre.

Distinguem-se dois tipos, conforme o local de formação:
• Plutônicas ou intrusivas: formadas em profundidade e resultantes de lentos processos de resfriamento e solidificação do magma, constituindo material cristalino geralmente de granulação grossa. Exemplo: granitos, gabros, sienitos, dioritos e outros.

• Vulcânicas ou extrusivas: formadas na superfície terrestre, ou nas suas proximidades, pelo extravasamento, explosivo ou não, de lava (material ígneo que alcança a superfície da Terra) por orifícios vulcânicos.

O rápido resfriamento, devido ao qual geralmente não há tempo suficiente para os minerais se formarem, resulta em material vítreo ou cristalino de granulação fina. Exemplo: riólitos, basaltos e outros.

Dentre as rochas ígneas, dada a sua aparência, abundância e boas características físicas e mecânicas, que favorecem o emprego em obras civis, os granitos são as mais apreciadas para uso como rocha ornamental e para revestimento, especialmente pela grande variedade de cores, definidas pelo tipo de feldspato existente e impurezas neles presentes.

granito
Imagem: Reprodução

Principais características do granito

O granito é formado por lava vulcânica ou, em linguagem técnica, magma. Isso explica a alta resistência dessa pedra.

Por ser formado por lava de vulcões, o granito é conhecido com uma rocha ígnea, ou seja, aquilo que foi produzido pela ação do fogo.

Os minerais constituintes do granito são essencialmente feldspatos, quartzo, micas (biotita e muscovita), em menor porcentagem e nem sempre presentes, ocorrem anfibólios (comumente a hornblenda) e piroxênios (aegirina, augita e hiperstênio).

Podem ocorrer como acessórios, pequenos cristais de ilmenita, zircão, magnetita, apatita, granada, topázio, cordierita e fluorita.

Ainda que as cores mais comuns sejam o granito em tons cinzentos e o granito em tons avermelhados, engana-se quem pensa que essas são as únicas opções de cor disponíveis.

Por se tratar de uma pedra extremamente versátil, há outras colorações que podem ser explorados como o granito preto, o azul, o branco, o amarelo, o verde e o granito marrom.

Além da versatilidade e da alta resistência mecânica, que suporta tráfego intenso, o granito conta com alto grau de dureza e, portanto, com alta durabilidade.

Referências

Tipos de rochas ornamentais e características tecnológicas – Maria Heloísa B. O. Frascá

Luana Bernardes
Prof. Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Exercícios resolvidos

1.

De acordo com a sua origem, as rochas podem ser classificadas em três grupos distintos: rochas ígneas ou magmáticas, metamórficas e sedimentares. Marque a alternativa que corresponda a origem das rochas ígneas ou magmáticas.

a) São formadas pelo processo de sedimentação de fragmentos rochosos e detritos orgânicos que, ao se acumularem em áreas de baixa altitude, consolidam-se e originam esse tipo de rocha.

b) São formadas por esqueletos externos de pequenos invertebrados marinhos que se acumulam continuamente ao longo do tempo, originando uma estrutura consolidada composta por calcário.

c) São formadas a partir das transformações que as rochas metamórficas e sedimentares sofrem ao longo do tempo.

d) São formadas a partir da solidificação do magma ao se resfriar.

e) São formadas a partir da solidificação de matéria orgânica.

Resposta: D
Como o próprio nome indica, as rochas magmáticas são originadas a partir da solidificação do magma, material rochoso que se encontra em ebulição no interior do planeta Terra, durante o seu processo de resfriamento.

2.

As rochas Ígneas são classificadas em dois tipos distintos: rochas Ígneas intrusivas e rochas Ígneas extrusivas. A diferença entre elas é que:

a) As rochas extrusivas são formadas na superfície do planeta e a rochas intrusivas são formadas no interior do planeta.

b) Os dois tipos de rochas são formadas na superfície terrestre, porém com minerais distintos.

c) Os dois tipos de rochas são formadas no interior do planeta, porém com minerais distintos.

d) As rochas extrusivas são formadas no interior do planeta e as rochas intrusivas são formadas na superfície terrestre.

e) As rochas Ígneas extrusivas são formadas pela acumulação de restos de rochas e detritos orgânicos e as rochas Ígneas intrusivas são formadas pela transformação das rochas em razão do aumento de pressão e temperatura.

Resposta: A
As rochas ígneas extrusivas formam-se na superfície terrestre a partir da lava expelida pelos vulcões durante uma erupção. Já as rochas ígneas intrusivas formam-se a partir do resfriamento lento do magma no interior do planeta.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO