Sangue

O sangue é um tecido que contém uma fase sólida, que compreende os elementos celulares, e uma fase líquida, que corresponde ao plasma.

O sangue é o meio líquido que flui pelo sistema circulatório entre os diversos órgãos, transportando nutrientes, hormônios, eletrólitos, água, resíduos do metabolismo celular e diversas outras substâncias.

Os elementos celulares do sangue e suas funções

Os elementos celulares do sangue são as hemácias, os leucócitos e as plaquetas.

sangue
Imagem: Reprodução

Hemácias

A principal função das hemácias é transportar oxigênio dos pulmões para os tecidos e o dióxido de carbono, dos tecidos para os pulmões.

O transporte do oxigênio é feito pela hemoglobina, através de ligações químicas.

As hemácias, glóbulos vermelhos ou eritrócitos, são as células mais numerosas no sangue.

Possuem de um disco bicôncavo, com um excesso de membrana, em relação ao conteúdo celular.

A membrana em excesso permite à hemácia alterar a sua forma na passagem pelos capilares, sem sofrer distensão.

A quantidade de hemácias no sangue varia conforme o sexo.

No homem adulto normal, sua concentração é de aproximadamente 5.200.000 por mililitro de sangue, enquanto na mulher normal é de 4.800.000.

Com efeito, a altitude em que a pessoa vive também afeta o número de hemácias em circulação.

Dessa maneira, as populações que vivem em grandes altitudes, onde a pressão parcial de oxigênio no ar é mais baixa, tem necessidade de uma maior quantidade de hemácias na circulação, para manter a oxigenação dos tecidos adequada.

Leucócitos

O nosso organismo possui um eficiente sistema de combate aos diferentes agentes agressores, tóxicos ou infecciosos como bactérias, fungos, vírus e parasitas.

Este sistema inclui as células brancas ou leucócitos, os macrófagos dos tecidos e o sistema linfoide.

Os leucócitos são considerados as unidades móveis do sistema protetor do organismo.

Isto porque podem deixar a corrente sanguínea e migrar para locais onde sua ação seja necessária.

Após a sua formação, as células brancas são lançadas no sangue onde circulam, até que sejam necessárias em algum ponto do organismo.

Quando isso ocorre, os leucócitos migram para o local necessário, especificamente as áreas de inflamação, fazendo uma defesa rápida contra os agentes infecciosos.

Isto é, na eventualidade de invasão do organismo por bactérias, os leucócitos são lançados na circulação em grandes quantidades.

Existem normalmente no sangue periférico de 6.000 a 8.000 leucócitos por mililitro de sangue.

Os leucócitos se dividem em cinco tipos: neutrófilos, eosinófilos, basófilos, monócitos e linfócitos.

Plaquetas

As plaquetas são corpúsculos ou fragmentos de células gigantes, os megacariócitos, formadas na medula óssea.

Elas tem a forma de discos diminutos arredondados, e na realidade,não representam células e sim corpúsculos celulares.

Os magacariócitos se fragmentam em plaquetas, que são liberadas na circulação sanguínea.

As plaquetas não tem núcleo. Seu diâmetro médio é de 1,5 (micron) e a espessura varia de 0,5 a 1.

As plaquetas são de fundamental importância nos processos de hemostasia e coagulação do sangue.

Quando ocorre lesão de um vaso sanguíneo, as plaquetas são ativadas, aderem ao local da lesão e aglutinam-se umas às outras.

Ao mesmo tempo em que liberam substâncias que ativam outras plaquetas promovendo a formação de grumos plaquetários.

Estes grumos que se forma obstruem o local da lesão do vaso e promovem a interrupção da perda sanguínea.

Essa é a principal função das plaquetas no fenômeno da hemostasia.

Além disso, as plaquetas participam ativamente da cascata da coagulação do sangue.

Pois, liberam várias proteínas e lipoproteínas que ativam determinados fatores da coagulação.

Referências

Fisiologia do Sangue – Maria Helena

Hematopoese –  Archangelo P. Fernandes, Alessandra Barone

Luana Bernardes
Por Luana Bernardes

Graduada em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós-graduada em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela mesma Universidade.

Teste seu conhecimento

01. [CESGRANRIO]: Encontram-se listadas abaixo algumas propriedades, características ou funções dos elementos figurados do sangue humano. Associe um número a cada uma, utilizando o seguinte código:

a-  Referente a hemácias

b- Referente a leucócitos

c- Referente a plaquetas

– Transporte de oxigênio

– Defesa fagocitária e imunitária

– Coagulação do sangue

– Riqueza em hemoglobina

– Capacidade de atravessar a parede dos capilares intactos para atingir uma região infectada do organismo.

Escolha dentre as possibilidades abaixo a que contiver a sequência numérica correta:

a) I, II, III, I, II

b) II, II, III, I, I

c) III, I, III, I, II

d) I, II, II, I, III

e) I, II, III, II, III

 

02. [UNIFOR]: O sangue é constituído por plasma e três tipos de elementos celulares. As hemácias realizam (1), os (2) são especializados na defesa do organismo e as plaquetas atuam no processo de (3). Para completar corretamente a frase acima, 1, 2 e 3 devem ser substituídos, respectivamente, por:

a) Osmose, dendritos e fagocitose.

b) Sínteses, monócitos e fosforilação.

c) Respiração celular, glóbulos vermelhos e absorção.

d) Coagulação, amebócitos e transporte de gás carbônico.

e) Transporte de oxigênio, leucócitos e coagulação.

 

01. [CESGRANRIO]

Resposta: A

As hemácias são células que contêm hemoglobina, uma proteína responsável pelo transporte de oxigênio. Já os leucócitos são células responsáveis pela proteção do organismo contra seres invasores, sendo capazes de atravessar vasos sanguíneos para agirem em um determinado tecido  processo conhecido como diapedese. Por fim, temos as plaquetas, também chamadas de trombócitos, que são fragmentos de megacariócitos relacionados à função de coagulação sanguínea.

 

02. [UNIFOR]

Resposta: E

As hemácias são células responsáveis pelo transporte de oxigênio, graças à presença de hemoglobina em seu interior. Os leucócitos estão relacionados à defesa. Já as plaquetas, que são fragmentos celulares, estão relacionadas ao processo de coagulação sanguínea.

Compartilhe nas redes sociais

TOPO